Namoro entre ouvintes e surdos

*depoimento de uma leitora

Sou ouvinte, mas tenho um depoimento para fazer. Namorei com uma pessoa que tem problemas de audição, e até hoje somos amigos. Não sei exatamente qual seria o nome correto para o grau de surdez que ele tem. Sei que ele já tinha uma deficiência causada por meningite que se agravou durante a infância com alguns incidentes ocorridos (otites, tímpano perfurado), e que o ouvido direito praticamente não capta som. No esquerdo tem um nível auditivo melhor, e é nesse ouvido que ele usa o aparelhinho dele.

O conheci há oito anos. Estava numa festa e ele chegou, começamos a conversar e acabamos ficando. Notei que ele tinha algum problema de dicção, mas não consegui identificar o porque. Depois que ele foi embora, foi que me falaram – e eu nem tinha notado o aparelho dele. Nosso relacionamento acabou vingando, passamos um tempo juntos, e acabamos quando fui morar longe para estudar. Até hoje somos bons amigos, e sempre saímos, conversamos bastante… com ele aprendi a ser mais tolerante com as pessoas e a ler lábios.

Uma das coisas que mais me irrita é a falta de paciência das pessoas. Os ouvintes, que nunca tiveram contato com uma pessoa com deficiência, acham que o surdo é  deficiente mental. Nesses oito anos de convivência, vi amigos ‘brincando’ com ele porque ele não consegue escutar direito; gente falando com a mão na frente da boca em local barulhento só para ele nao conseguir ler os lábios e entender corretamente; pessoas próximas fazendo comentários maldosos sobre o jeito que ele fala (como aconteceu com você também…). No post em que você comentou que a surdez irrita, consegui te entender completamente. Me irrito com a ignorância das pessoas em relação a ele.  A parte mais legal disso tudo é que ele mesmo nunca se irritou com nada disso, ele nem se preocupa… mas me dói ver quanto tem gente ignorante nesse mundo.

A experiência que tive (e ainda tenho) com ele me fez entender esse mundo; me fez repetir várias vezes a mesma coisa, para que ele pudesse entender; me fez dirigir o carro na maioria das vezes, para que ele pudesse sentar no banco do passageiro e entender aquilo que eu conversava com ele; na natação, ele sem o aparelho, me fez aprender a conversar com os lábios e o olhar, explicando o que está acontecendo sem que nenhuma outra pessoa entendesse. Também houve esforço da parte dele, que foi para peças de teatro comigo (mesmo sem entender nada), que ri das piadas dos amigos, às vezes sem entender, que trata todo mundo bem de maneira igual – até mesmo os que são cruéis com ele.

Vi alguns depoimentos de pessoas com deficiência auditiva que tiveram relacionamentos com ouvintes, e em alguns, foi dito que os ouvintes não têm paciência com o outro e acabaram o relacionamento. Acredito que se o seu companheiro não tem paciencia para repetir o que foi dito, essa pessoa não é para você. Até hoje escuto comentários, as pessoas perguntam como eu aguentei ficar com ele. Tenho um carinho muito grande por ele, e nada disso parece ser um esforço sobrenatural pra mim; pelo contrário, é tudo muito natural quando estamos juntos. (E não, hoje nao temos mais nenhum relacionamento, somos amigos mesmo :P)

Vamos incluse viajar agora no fim do ano, passar reveillon na casa de um amigo nosso em outro país, e as pessoas me perguntam como vai ser isso, e eu digo: “Vai ser a mesma coisa de sempre!”

Então, acho que todo ouvinte que se relaciona com deficientes auditivos deve avaliar qual o seu grau de paciência, procurar entender o lado do outro, e tentar crescer em conjunto.

Acabei escrevendo demais, mas é porque ando chateada com as pessoas preocupadas com besteira, como “ah ele usa aparelho auditivo, né? Ele tem alguma limitação de lugar que nao pode ir por causa disso?”. Que chato!!!!

Um beijo enorme! E adoro seu blog!!!”

14 amaram.

57 comentários em “Namoro entre ouvintes e surdos”

  1. Lak Lobato

    Eu sempre namorei ouvintes… Verdade, que é preciso paciência e jogo de cintura para comentários maldosos. Mas, nunca vi isso como um bicho de 7 cabeças e, tampouco, acredito que eles vissem. Meus relacionamentos sempre foram bons e meus namorados sempre foram pessoas que até esqueciam que eu não ouvia. Tenho carinho por eles até hoje e, me perdoem, não vejo nada de estranho ou que necessite de ‘dons especiais’ para se relacionar com um surdo oralizado. Qualquer relacionamento exige paciência, boa vontade e dar de ombro com intromissões. Não vejo tanta diferença assim… Quem quer viver, faz mágica e amar supera tudo. Frases prontas, mas realistas.
    Acho que o segredo é não colocar a surdez no centro da vida, do relacionamento, das amizades. Cada experiencia de vida é única e se vc tira a surdez de foco e simplesmente vive a vida, começa a notar que a sua particularidade não é tão diferente das outras particularidades assim. No máximo, vc tem histórias diferentes pra contar…
    E, quem não tem?
    Beijinhos

  2. Marcela Cordeiro

    Tbm sempre namorei ouvintes, mais pelo motivo de conviver com eles. Gostei da paciência e da naturalidade no qual a leitora conviveu com um surdo sem grandes neuras. Todo namoro deveria ser assim, seja com surdo, ouvinte, cego, cadeirante etc.
    Por que uma deficiência iria nos limitar a conviver em harmonia com outro ser humano sem deficiência? As pessoas ignorantes deviam rever seus conceitos, preconceito irrita realmente.

    Paula, tenho uma sugestão de post: surdos que fizeram concurso público e foram aprovados junto com as cotas de deficientes. Queria saber mais sobre essas experiências. Vc foi concursada? Como foi essa jornada? Vi muitos casos de def. que não entraram junto com os não deficientes para as vagas.

    Bjos e até mais!

  3. Denise de Salles

    Novamente escrevo neste espaço sobre o mesmo tema: irritação. Concordo com o depoimento. Sou casada com um deficiente auditivo que tem implante coclear. Se um simples aparelho auditivo parece causar nas pessoas um interesse, imaginem um aparelho “grudado” na cabeça. É essa a sensação, porque as pessoas não sabem que a fixação do implante é feita por um imã e não introduzida no crânio.
    Quando há 3 anos soubemos que seria necessário o implante, imediatamente entrei no maravilhoso e esclarecedor site do Centro de Implante Coclear do Hospital das Clínicas, copiei e colei as fotos do aparelho e todas as informações técnicas dispóníveis e, para que todos tentassem entender do que se tratava, mandei para todos os que fazem parte da nossa vida (familiares, parentes etc). Quando ele fez a ativação do aparelho, ou seja, 30 dias depois da cirurgia é que se começa a utilizar a parte externa do aparelho, tirei fotos dele e mandei novamente para todos, para que ninguém se surpreendesse com a “cena”, já explicando que não dói (rsrsrs).
    No início meu marido se sentia constrangido em usar o aparelho, hoje, é como calçar um sapato ou qualquer coisa assim.
    Não tem lugar que não vamos que alguém que esteja ao lado dele e que perceba o aparelho que não arregale os olhos. No elevador, se a pessoa está atrás dele e percebe, é capaz de esquecer de descer no andar que tinha marcado. Alguns (poucos) perguntam, outros não.
    O mais interessante são as crianças e quando elas ficam olhando e querendo perguntar eu já me adianto e explico do que se trata: é um presente do Papai do Céu que permite que ele ouça de outra forma, e não esqueço de imediatamente acrescentar: não dói ;-).
    Felizmente meu marido e eu nunca passamos por situações de incompreensão. Se aconteceu era porque a pessoa não sabia da deficiência dele, mas eu sempre digo para ele que se posicione diante de qualquer dificuldade explique: sou deficiente auditivo mas tenho condições de entender, desde que você não fale rápido demais (o implante coclear tem um “delay” (atraso) de 3 segundos – se a pessoa desembesta a falar o aparelho não consegue processar o som e enviar ao cérebro). Se eu não entender, peço que que me ajude repetindo o que disse.
    Até nossos familiares e amigos, muitas vezes, preciso lembrá-los de que falem um pouco mais pausadamente a fim de permitir que ele entenda melhor.
    Essa postura faz com que você mostre ao outro que tem necessidades diferentes dos demais, mas apenas isso, no mais, é uma pessoa como outra qualquer.
    É um gesto tão pequeno, não é mesmo?
    Abraço,
    Denise

  4. Ju Queiroz BsB

    Interessante o depoimento. Eu namorei com um deficiente auditivo e jamais tive problemas. Aliás, jamais vi o meu ex-namorado como se ele tivesse uma peculiaridade que o diferenciasse por conta da audição. A única coisa que eu me lembrava sempre e que já era automática, era não falar com ele do lado esquerdo. A única peculiaridade que eu via nele, era o fato dele ser insuportavelmente fofo. Uma pessoa maravilhosa. Só. Pena que o namoro acabou, mas era só isso que o diferenciava para mim!
    Beijos

  5. Greize

    Muito interessante ler depoimentos de ouvintes que tiveram ou tem relacionamento com DA.Queria ver um depoimento de um homem(ouvinte) que teve ou tem com alguém com algum tipo de surdez.Pq mtos dizem que , mulher tem mais paciência, mas pelo que vi pelo depoimento da Lak não.Bom se alguém se manifestar seria mto interessante também.Ótimo relato.É paciência.. me lembrou um trecho de uma música do Lenine:
    “O mundo vai girando
    Cada vez mais veloz
    A gente espera do mundo
    E o mundo espera de nós
    Um pouco mais de paciência…”
    Bjuss

  6. ANA

    Eu namoro com um AD naum vejo problema algum nisso, até pq aprendi libras so pra poder ficar com ele, muitas pessoas acham a situação comica + querem saber eu acho maravilhoso, podemos conversar com sinais sem que ninguem q naum conheça a linguagem entenda, e com isso nos divertimos. Sei que irrita mais assim como nós ouvites nos incomodamos com surdos se comunicando, eles tbm se incomodam com a nossa conversa. Então se voce namora com um AD naum sinta vergonha, aprenda libras e viva…

  7. José Ismar

    Sou surdo e sempre usei aparelho auditivo. Não tenho grandes problemas quanto a namoro, amizade e outros relacionamentos. Mesmo porque a surdez nunca foi o foco, nem para os meus amigos, nem para as namoradas. Era quase como se eu não fosse surdo.
    Mas há situações em que é preciso muita paciência, porque as necessidades do surdo são sutis. É difícil para os ouvintes entenderem porque temos dificuldade em coisas “banais” como ouvir alguém falando um monte de coisas ao telefone, assistir a um filme dublado, conversar num lugar barulhento etc. Algumas pessoas sacaneiam mesmo. Eu tive problemas com isso na infância, principalmente pela dificuldade de identificar pelo tom da frase se é uma piada, uma observação, um xingamento… Com o tempo, fui aprendendo a diferenciar isto (e a minha vida social melhorou 100%). Os meus amigos também aprenderam a me ajudar em algumas coisas (por exemplo, quando vou à praia e tiro o aparelho porque ele não pode molhar).
    Também não tenho problema com a curiosidade das crianças. Quando uma me pergunta sobre o aparelho, respondo pacientemente (mesmo se o pai ficar constrangido e pedindo desculpas). Acho que você está certa, Lak. O importante é viver a vida e compartilhar as experiências diferentes de cada um de nós.
    Abraço!

    1. Bruna Huxley

      Olá, José!

      Gostei muito o seu comentário! ^_^

      Abraço,
      Bruna Huxley

  8. Maria Lucia

    OLÁ, sou deficiente auditiva, mas utilizo um aparelho auditivo, atualmente namoro um deficiente auditivo mas que nao utiliza o aparelho auditivo, começei a aprender libras exatamente há um ano, eu adoro falar em libras pois acho muito importante essa comunicação, e também muito bonita….
    Já namorei gente ouvinte, muito dos meus relacionamentos, envolveu certos preconceitos ou até mesmo zoadeira… mas nunca liguei muito,pelo contrário, sempre disse para meus exs, que as pessoas que zoavam de mim, tinha inveja,rs….mas quase sempre, algum ex se incomodavam com o fato….Hj, eu trabalho com crianças, e quase sempre me perguntam o que é que tenho dentro do ouvido,rs….eu explico, digo que é um aparelho que me possibilita a ouvir eles, pq senao, se eles chorarem eu nao vou ouvir mesmo,rs….
    E antes que eu me esqueça, a todas as pessoas surdas ou ouvintes, vivam a vida intensamente…..pois estamos aqui, pra ser feliz….

  9. Flavio Fidelis

    Olá!le comentarios interessantesaqui, minha história começou com 30 anos, casado pai de um lindo filho, vida normal.descubri uma enfermidade q após 3 cirurgias , me deixou surdo,, fui perdendo audição, e hoje com 38 anos, não escuto nada, perdi minha familia, sem trabalho, sem estima, perdi tudo,. recomeçei com meu trabalho , a me adpatar como surdo, e em muitas vezes consigo me passar como q escutasse. é em fazer coisas comun,tamanha eé a habilidade de fazer leitura labial, o que é estranho pras pessoas , é que falo normalmente, e as minhas maiores dificuldades é falar com pessoas sem antes dizer q não escuto. mas ha muito preconceito e desinformação, das pessoas,e isso frustra bastante, mas nada inpede de vivermos normalmente, e graças a Deus hoje vivo, dirigo, trabalho, vou ao cinema com meu filho, janto fora , viajo bastante, ou seja vivo muito bem..hoje estou pronto para colocar o implante de tronco, e voltar a ouvir, mas isso nada impede de viver, surdo ou não! abraços a todos….

  10. Nuno

    Ola a todos.

    Sou portugues e por acaso acabei caindo neste blog onde comentam o namoro entre pessoas surdas e ouvintes.
    Vou deixar o meu testemunho porque pode ser que seja inspirador para alguém.
    Namoro há quase dois anos com um rapaz surdo. Tem sido a melhor experiência e a melhor relação de todas até agora na minha vida. SInto que encontrei a minha alma gémea. Não é por ser surdo que dificulta a comunicação, porque quando a pessoa ama, mas ama de coração, tudo é ultrapassado. Lógico que no inicio existiam dificuldades de comunicação, porque sendo eu ouvinte e nunca tendo tido nenhum contacto com este “mundo” tudo era estranho para mim. Como comunicar ?
    No inicio era por gestos, escrever em papéis, leitura de lábios. Mas não chegava. Inscrevi-me num curso de lingua gestual portuguesa e durante um ano andei a aprender a comunicar por gestos. Graças ao meu namorado, passei a conhecer melhor esta comunidade, com uma cultura própria totalmente desconhecida pelos ouvintes. E ao fim de quase dois anos de namoro posso dizer que sinto que é a pessoa que quero ao meu lado até ao fim da vida.
    Portanto se tiveres um/a namorado/a surdo tem paciência e o mesmo se passando ao contrário.

    Espero que este pequeno testemunho sirva de exemplo para alguém.

    Não é por as pessoas serem diferentes que não nos podem fazer felizes. è precisamente pela diferença que as coisas podem partir, ou seja, a descoberta de dois mundos diferentes é tão bela.

    Abraços para todos.

    Nuno

  11. ana apula flores souto

    meu nome é ana paula, sou ouvinte e namoro uma pessoa surda a 2 meses nos conhecemos numa danceteria e ficamos quando fiquei com ele não sabia da sua deficiencia auditiva,afinal ele estava ali se divertindo como todo mundo e eu nem persebi começamos a namorar mais eu nunca liguei para isso pois pra mim ele é normal,de vez en quando temos alguma dificuldade de comunicação porque passamos pouco tempo juntos porque nós dois trabalhamos mais nada que venha atrapalhar nosso relacionamento gostaria de aprender mais pra poder me comunicar com ele e com seus amigos tambem pois gosto muito dele e me apaioxonei p~ela pessoa que ele é e não pelo seu problema.

  12. Renan

    Olá Povo!!!

    Me chamo Renan e sou deficiente auditivo ( consigo falar normalmente como ouvinte) , eu aprendi muitas libras e agora estou esquecendo muitos pq eu agora só falo, tenho apenas 15 anos e nunca namorei (só apenas fiquei com uma garota que estudou cmg)…Queria ter uma namorada e só que eu ás vezes percebo que as garotas nem gostam de mim..mas nem sei qual e o motivo disto? Preciso ser bunitu? NÃO! Preciso ser ouvinte? NÃO! Preciso ir no inferno? NÃO! Preciso ser normalmente com as garotas e as outras pessoas? SIM! Nem queria ser surdo,mas nem tenho como ser ouvinte,isso acontece!! Curto algumas musicas pra sentir o meu coração, é disto que eu gosto…xD. A minha vida era um infernão qdo eu era apenas uma criança,nem tinha muitos amigos ouvintes..só amigos surdos!( eh muito complicado demais pra explicar) e agora a minha vida está indo bem,fiz um monte amigos ouvinte e era fragil! No meu primeiro dia na escola, eu nem tinha amigos ouvintes…..no dia seguinte eu acabei de fazer mais de 10 amigos ouvintes e nós conversamos muito bem =D na aula qdo eu converso com meu amigo se ele nem entender e eu escrevo no papel pra ele..sempre!!! E qdo eu nem consigo entender qdo as pessoas falam cmg e eu peco que escreve no papel,assim eu entendo e tbm leio os labio nas pessoas pra eu entender..(somente garotas pq são bunitinhas..rsrsrs) Eu uso os aparelhos a minha VIDA TODA!!!!!!!! Tenho apenas uma jornada a seguir: Viver a Vida! /

    Se vcs quiserem falar cmg..basta me mandar no e-mail reenay@bol.com.br
    Um grande abraços a todos!!!

  13. MICHELLE GOME

    Bem,legal os depoimentos que tenho visto aqui.Agora o meu depo é diferente.Tenho 30 anos sou surda adaptada com protese auditiva em ambos ouvidos.Sou casada a 3 anos,tenho um filhinho de 1 ano.Meu marido é muito paciente comigo,as vezes nao entendo o que ele fala e ele repete numa boa sem ficar irritado.Quando o conheci foi constrangedor falar pra ele da minha deficiencia masa depois ele me disse que se gostasse de mim nao iria deixar de ficar comigo simplismente porque eu era surda.E hoje vivo feliz com ele,com meu filho e o melhor a familia dele me adora e me respeita do jeito que sou.Beijos a todos!!!

  14. guanahira abrantkoski

    Ola meu nome guanahira, tenho 41 anos sou deficiente auditiva desde que eu nasci… nao ouvia nada, mais nada e aos meus 4 anos de idade comecei a usar dois aparelhos antigos que eu ja usei, na minha epoca nao tinha medico especializado onde eu morava em ata-sp….depois com meus 8 anos perdi totalmente a minha audiçao ao lado esquerdo e passei maior tempo de cada etapa de minha idade com um so ao lado direito de varias mudanças de marcas diferenças do aparelhos.Eu sofri muito com preconceito na escola normal, ate a minha professora ate hj eu me lebro dela que eu nunca esqueço q

  15. guanahira abrantkoski

    Ola meu nome guanahira, tenho 41 anos sou deficiente auditiva desde que eu nasci… nao ouvia nada, mais nada e aos meus 4 anos de idade comecei a usar dois aparelhos antigos que eu ja usei, sempre falava super bem e na minha epoca nao tinha medico especializado onde eu morava em ata-sp….depois com meus 8 anos perdi totalmente a minha audiçao ao lado esquerdo, pois era um despero, muito choro e entao tive que acostumar a passar maior tempo de cada etapa de minha idade com um so ao lado direito de audiçao de varias mudanças de marcas diferenças do aparelhos.Eu sofri muito com preconceito na escola normal, ate a minha professora que eu nunca esqueço que me expulsou pra fora da classe e eu nao entendi o pq ela tem tanto odio da minha deficiencia,,,passando tempo depois …aos meus 15 anos tive paqueras, namorados e eles nao sabia que eu sou a deficiente auditiva .Na verdade eu tinha muito medo que eles me maltradar e sempre mantinha segredo para ninguem souber sobre a minha deficiencia ….eu era linda, tinha cabelos cacheados compridos, olhos azuis sempre gostava de fazer a amizade verdadeira para todos colegas e amigas ouvintes…depois estudei, fazias cursos,ja trabalhei no salao de cabeleleira, ja trabalhei no pao de queijo de exposiçao, e etc…rsrsrs
    com meus 28 anos comecei namorar com meu primo e ele ja sabia sobre a minha d.a. ; logo perdi audiçao e ai vai muitos choros, desperos e ate que EU resolvi fazer a fono…eu queria terminar com ele antes por motivo de minha responsabilidade…mas ele nao queria me perder e eu acabei aceitando casar com ele…casei , tive duas lindas filhas….depois fiz o implante coclear ha 7 anos…e uma diferença enorme do que o aparelho antigo. Os sons e bem legal na qual vc nunca ouviu sons diferentes….converso no telefone, celular, ouço musicas perfeitas,adoros de qualquer sons esta perfeitos pra mim….e e muito bom!
    falando sobre relacionamento depois que completei 11 anos casados eu descobri que o meu marido e um canalha,me traia com muita facilidade…pois me traiu por outra ouvinte…eu ja tinha falado pra ele antes de casar que eu nao queria casar com ele e ele sabe disso, nao quero sofrer por preconceitos de qualquer casos que ele tem com outras e so que ai….tentei de tudo para eu querer me separar dele….eu queria namorar e casar de novo com a mesma deficiente auditivo e nem quero mais nada com ouvinte,,,,Pois ouvinte nao da mais pra confiar,,,,e sempre assim: traiçao , mentiras e eu nunca gostei…realmente sou contra e agora ele esta arrependito pq eu nao consigo amar de verdade ao lado o covarde do marido.E por isso que eu digo para todos os colegas D. A faça implante coclear vcs serao muitos abençoados e sim viver a mesma igualdade com a deficiente no baseado relacionamento casamento, namoro e precisa ter muita paciencia ….cada um vive e segue seu caminho…..VC AMA DEFICIENTE E ENTAO POR FAVOR RESPEITE DE QUALQUER DEFICIENTES AUDITIVOS,FISICOS E ETC,,,DEUS E FIEL PARA TODOS!
    mande emails e eu vou responder com carinho ….. guanahira@yahoo.com.br

  16. Gerson

    Olá a todos os ouvintes e surdos de qualquer parte do planeta. Eu me chamo Gerson e estou querendo conhecer um surdo e seria o meu primeiro contato com um namoro desse tipo. Em questão de preconceito eu me entendo muito bem com seria o significado da palavra, o ser humano tendo deficiencias provoca muitos preconceitos e medos nas pessoas, e acho isso ridiculo, tem tantos filmes, livros, revistas que falam para não jogar as pessoas por fora, as pessoas se emocionam mas não aprende a lição? Que tipo de pessoa se julgaria? rs

    Para mim namorar um surdo seria um lance novo e curioso para mim, o nome dele é Allan, no momento que ele disse ser surdo, e se eu teria vergonha de conhece-lo ou vergonha de sair com ele, eu achei que ele estaria se auto-rebaixando. Eu com muita sinceridade disse: por que eu me envergonharia de vc? Como conversamos pela a net, não pude ver a reação dele, mas eu imagino que ele deve ser sorrido.

    E procuro e quero entender melhor como é namorar um surdo, naturalmente que no início eu vou ter dificuldade na comunicação, não sei nada de linguagem libras, dai gostaria de trocar informações e expericiências com pessoas que tem caso com surdos.

    Dai conto com a participação de qualquer internauta, seja ela ouvinte ou surdo ok?

    Atenciosamente, obrigado a todos!

    Obs: Não estou pedindo ajuda, pois eu não vejo a surdo como uma doença!

  17. CAREN

    SOU OUVINTE E A UMA SEMANA COMECEI A NAMORAR UM RAPAZ QUE PERDEU A AUDIÇÃO DE UM DOS OUVIDOS AOS 18 ANOS E EM UM DOS OUVIDOS USA PARELHO ,GOSTARIA MUITO DE APRENDER A ME COMUNICAR MELHOR COM ELE ,MAIS POR MOTIVO DE TER PERDIDO A AUDIÇÃO AO QUE ME PARECE ESTA SEMPRE SE PONDO PRA BAIXO DIZENDO QUE NÃO OUVE VIVE RECLAMANDO DE SUA DEFICIENCIA ALEN DE DIZER QUE É BURRO POR TER ESTUDADO SÓ ATÉ A 4 SERIE ,ELE É UMA PESSOA MUITO BONITA POR DENTRO E POR FORA OQUE ME INCOMODA É ESTA REVOLTA QUE TRAZ CONSIGO POR SER SURDO ,FICO MEIO SEM SABER OQUE FAZER POIS NÃO SORRI E ESTA SEMPRE SERIO ,EU SOU UMA PESSOA ALEGRE GOSTO DE CANTAR ,BUSCO PROGREDIR NA VIDA MAIS ELE NÃO TEM ESTE ANIMO ,SOU ESTUDANTE DE DIREITO ,TENHO 3 FILHOS ADOLESCENTE E SOU VIUVA HA 8 ANOS .NÃO SOU DE DESISTIR SEM LUTAR ,MAIS ESTA SENDO DIFICIL PARA MIM LIDAR COM O COMPORTAMENTO DERROTISTA DELE .

  18. Isabella

    Preciso de um conselho… Sou ouvinte e estou gostando de um menino surdo e ele também de mim. Conversamos perfeitamente em LIBRAS, gosto muito dele… Mas minha mãe tem preconceito. O que eu faço? Me ajudem por favor.

    1. Patricia

      Meu filho esta passando pelo mesmo problema ele é lindo gosta de uma menina só que a mãe dela tb não quer o relacionamento deles. Olha Isabella sinceramente ainda hoje tem pessoas desse tipo com preconceito idiota pois os deficientes são mais espertos e inteligentes do que pessoas que pensam assim. A deficiencia maior são dos preconceituosos mas vc tem que mostrar pra ela o seu sentimento, conversar com ela que vc realmente quer tentar . Sabe eu sinto muito e vou torcer por vcs pq o amor e o respeito tem que estar acima de tudo. Bj

  19. Jonas Ownn

    Olá, Pessoal, Tudo bem? Sou surdo (dificiencia Auditivo) Meu é Jonas Ownn, tenho 22 anos. Então eu nasci direto surdo mesmo pq minha mãe estava doente, eu não sei que ela tive doente. Então eu já namorei sempre ouvintes e surdos também mas é muito bom, Eu tinha 7 ou 8 já aprendi LIBRAS é muito importante, eu não tenho amigos ouvintes só amigos surdos como conhecer do lados eles. Depois eu tinha 15 ou 16 anos mais menos já aprendi Língua Português é muito bom, interresamento eu tentei estuda mais atenção leio que aprender só Lingua Portugues… Mas não é muito ler… Quando eu só queria ver Filme com legendado ou livros coisa qualquer… Então eu namorava ouvintes é bom mas elas não quer aprender mais lingua de sinais eu deixa ou alguem quer aprender lingua de sinas mesmo ai eu ensinar com ela dá comunicar LIBRAS é melhor mais facil não precisa escrever… Eu tenho amigos são ouvintes tem preconceitoso só alguém, eu tenho uma paciencia, minha familia pais e os irmaos não sabem q LIBRAS como eu falar com eles? Eu só escrevo pra eles entenderem.

    Muito Obrigado,

    Atencamentos,
    Jonas Ownn

    Vcs pode manda um e-mail Jonafamoso@hotmail.com

  20. Jéssica

    Sou ouvinte, tenho 14 anos, normalmente nunca namorei a idade já diz tudo. Fiquei com um garoto surdo há quase 1 ano e 2 meses atrás e estou com ele até hoje, ele passou a ser a pessoa mais importante da minha vida .
    Ele me faz rir, me faz chorar, mas acredito que tudo que ele faz vale a pena, pois amo ele muito e sei que ele me ama também .
    Comunicacão por linguagem brasileira de sinais (LIBRAS) mas normalmente falando, não é porque você tem a comunicacão com uma pessoa que é deficiente auditiva que você deve esquecer de falar .
    Acredito que as dificuldades um dia você tem que encarar de frente, e a questão de preconceito, deboche sempre sempre vai ter .
    Então seja forte muito forte, ignore se você é feliz ignore mais ainda.
    Nosso namoro pelos pais dele é assumido pelos meus, não pois já citei minha idade, e referente a preconceito de família quem vai ter um futuro quem talvez enfrente alguma dificuldade vai ser eu, e com o que eu já passei agora pela questão de deboche e ignorei não vai ser tão difícil assim . Acho que primeiramente se deve pensar na felicidade, os problemas você enfrenta com o tempo ; Mas, e tem aquela coisa de avó dizer :
    ” Minha neta, e os seus filhos? vão nascer surdos ? ”
    Bom, primeiramente está muito cedo para mim pensar em filhos.
    Segundo, se algum dia eu tiver um filho com deficiência auditiva, porque motivo eu não iria gostar dele ? Se amo e sou casada com um surdo .
    Apenas um exemplo.
    Sua família aceitando ou não é o que eu quero, pra minha vida, talvez daqui um ano ou dois, a minha cabeca mude um pouco, mas não em relacão a isso. Me dedico muito a línguagem de sinais acho assim fascinante.
    Quero a cada dia aprender mais mais mais..
    Tenho problemas na família como qualquer outra meninda da minha idade.
    Mas acredito que essa parte da minha vida, esse garoto é realmente o único motivo por eu estar me empenhando, me esforcando em relacão a Libras, a pensar nas dificuldades que virão ..
    Mas eu, estou disposta a enfrentar tudo de frente por você meu amor .

    Beijos

  21. Jéssica.

    Olá.
    Há pouco tempo me interessei por uma pessoa.Mas eu não sabia nada sobre.Então descobri que ele era surdo, mas isso não mudou em nada a vontade que eu tinha de conhecê-lo.Consegui conhecer e me relacionar com ele.E o mais legal, é que eu fui muito bem aceita pelo grupo de amigos surdos dele.Me receberam e me acolheram.A paciência que eles tem comigo, é fantástica.Eu estou muito empolgada para aprender Libras.Tentei me matricular em um curso, mas não consegui vaga, somente ano que vem.Enquanto isso vou aprendendo aos poucos com eles.O preconceito é evidente.Várias pessoas chegam em mim falando coisas desagradáveis.Os olhares abismados na rua é perturbador.Parecem que nunca viram uma ouvinte se relacionar com um surdo.Mas eu não me importo.Pelo que percebi, no meu grupo de amigos surdos, eles são bem mais emotivos.É verdade?Ou vai de cada um?Tenho muitas dúvidas sobre a vivência com surdos.Me enrolo ainda nos sinais.Mas depois de um depoimento tão bonito desse, não tem como desanimar.É torcer para meu relacionamento durar.
    Beijos

  22. Yuri

    Olá pessoal !!
    Sou ouvinte, em meu último emprego tinha muitas pessoas com deficiência auditiva,pois nesta empresa contratava muitas pessoas assim. Antes disso eu nunca tinha conhecido alguém com esta deficiência, mas agora que conheci adoreeeeei essa experiência. Noossa! Parece que são tão puros, inocentes e tem muita facilidade de ganhar as pessoas.
    Depois dessa experiencia, adoraria muuito encontrar uma mulher assim, fiquei encantado com essas pessoas! rsrs

    Para vocês casais, ouvintes e surdos, surdos e surdos.. EU ADMIRO VOCÊS!

    Um bjo à todos !

    Yuri Tadeu.

    1. Bruna Huxley

      Olá,

      Meu nome é Bruna, sou surda e tenho 24 anos.
      Sei falar normalmente como ouvinte e utilizo LIBRAS.
      Yuri, adorei muito o seu comentário.
      Espero que sejamos amigos.

      Abraço,
      Bruna Huxley

  23. danizinha

    Olá, sou daniela tenho 18 anos sou deficiencia auditiva uso aparelho de um lado , eu uso todos os dias o dia todo, tive um namorado nem durou muito tempo pois ele as vezes achava estranho namorar com surdinha!!! Mas hj em dia eu penso que não vou mais chorar como antes por causa desse problema mas fazer o que né! então eu nem ligo o que os outros pensam…

  24. WESLEY

    Olá, sou deficiente auditivo bi-lateral,porém falo normalmente.Gostaria de conhecer mulheres surdas ou ouvintes,para relacionamento .Quem se interessar favor mandar recados para meu e-mail que respondo. Tenho: 1,76m 80kg,branco, olhos castanhos, cabelos curtos castanhos.Sou da cidade de Santos-SP.Aguardo retorno,bjss a todos!!

  25. Luciane

    Olá ,
    Sou surda bilingue ( portugues e LIBRAS), sempre quis namorar apenas surdos. Mais tarde, quando me divorciei e descobri que poder namorar ouvinte, por que não?
    Quando ouvinte soube que eu fiquei surda, alguns assustaram por causa da falta da informação e outros aceitaram numa boa.
    Ultimo homem com quem sai, foi muito divertido. Conseguimos nos comunicar e ele tem interesse de aprender minha lingua.. Ele é bem culto e entende e respeita minha diferença. Ele não me vê deficiente, sim diferente como estrangeira. Me surpreendi que ele tem facilidade de aprender rapido, não ouviu minha voz, ele fez leitura labial rsrsrs Tem otima expressão facial e corporal. Engraçado, ele me disse no MSN, ele usou minha linguagem (portugues) para que eu possa entender melhor. Ja quis ser surdo como eu. rsrs Ele é muito fofinho!
    Espero que você não vê pessoa deficiente, sim como diferente!
    Boa sorte para vocês!
    Abraço

  26. Patricia

    Eu queria que as pessoas e o mundo não fossem tão preconceituosos afinal todos nós estamos sujeitos a ter algum tipo de problema e derepente estar na mesma situação. Meu filho perdeu a audição fazem 4 meses ele tem 17 anos é muito inteligente, carinhoso , não é por ser meu filho mas ele é um guerreiro muito gente , pois já teve tantos problemas mas sempre da a volta po cima. Agora depois de td esta gostando de uma menina que a mãe é extremamente preconceituosa e não quer o namoro, ele esta sofrendo muito por isso mas nós eu e toda familia sempre apoiamos ele com muito amor pois pessoas preconceituosas não sabem o que é isso é triste mais é a realidade eu tenho pena de pessoas preconceituosas muita pena.

  27. DANIEL

    Bom eu me chamo Daniel, tenho 22 anos e sou ouvinte e namoro com uma mulher de 33 anos que é portadora auditiva eu e ela namoramos três semanas, eu não trato ela diferente da outras mulheres que já namorei pelo contrario eu trato ela com muito carinho e amor como eu sempre tratei todas minhas namoradas. E acho uma tolice rir dessas pessoas portadora auditiva ou com problemas mentais, . .

  28. Suzana

    Olá pessoal. Poxa, muito legal esse espaço. Pessoas surdas e ouvintes compartilhando um assunto tao gostoso. O NAMORO! O assunto ta rendendo, desde janeiro do ano passado até agora. Legal. Namoro um surdo vai fazer 5 anos. Estamos noivos e nos preparando pro casorio. Nossa historia é muito legal, mas conto outro dia. Queria levantar um assunto q acho q ninguem falou ainda. Muitas pessoas, principalmente interpretes de Libras tem preconceito a namorar surdo por achar que pode ser usado pelo namorado ou namorada surdos como um interprete gratuito, e por isso se fecham a uma relação assim.

    Alguem de voces conhece um interprete q namore um surdo e se sinta aproveitado como interprete?

    Se alguem souber posta aqui.

    Bjs pra todos

  29. Ana

    Gente, enfim…
    Adorei os pots e me emocionei demais
    Eu sou ouvinte e gosto de um rapaz surdo e mudo
    que faz auto escola comigo. Sabe quando você tem a sensação de que aquela é a pessoa ? Isso aconteceu comigo,agora estou aprendendo libras para tentar me comunicar, isso se minha timidez deixar.
    Beijos, fiquem com Deus !

  30. Viviane

    Boa noite amigos.
    Quero dizer que esse blog é mara. Está me ajudando a encarar uma surdez bilateral repentina. Cada vez que leio me sinto melhor e com mais coragem de enfrentar os pre conceitos. Até agora poucas pessoas sabem. Algumas encaram como se fosse tudo natural, mas realmente tem outras que nos tratam como se fossemos incapazes, de outro mundo. Sobre namoro com ouvinte ou surdo, ainda não pintou oportunidade. Espero que se algum ouvinte se interessar, não tenha o minimo de preconceito. Admiro os que não tiveram ou tem o menor problema com isso. Meu caso é de otosclerose e ainda ouço, mas dependendo dp tom de voz, não entendo direito. Uso aparelhos e estou me acostumando, embora, algumas vezes tenho vontade de sumir. Mas qdo vejo q existem pessoas em situação pior, crio forças novamente e esqueço que sou surda. Abraços e muita paz à todos.
    Viviane

  31. Nazini Figueiredo

    Olá,sou usuária de um aparelho auditivo(IC), e ainda nao escuto bem :\
    É muito triste saber que a maioria das pessoas nao tem paciência com gente assim como eu … Apesar de nao ouvirmos bem somos pessoas normais.
    Quando penso nisso, dá vontade de desistir de viver. Mas creio q Deus tem um propósito em minha vida e assim sigo em frente!

  32. Nazini Figueiredo

    Tenho 15 anos e meu msn é esse ai: nazyne.09@hotmail.com, se alguem quiser conversar comigo sobre este assunto add ai, pois queria conhecer alguém com o mesmo problema q eu… beijos

  33. nilson

    EU SOU DEFICIENTE AUDITIVO PARCIAL , EU TINHA 4 ANOS DE IDADE .. E MINHA FAMILIA ME AJUDAR MT A MIM , DEPOIS 11 ANOS IDADE , E FUI NO MEDICO E FALOU SEU FILHO TEM USAR APARELHO.. MAS MINHA MAE , SEMPRE ANDAR COMIGO ! , E DEPOIS AGENTE SEMPRE CORRE ATRAS DE APARELHO DE GRAÇA .. E CONSEGUIR O APARELHO .. E TBM E DIFICIL O EMPREGO E NAMORAR .. E MINHA ME CONTA TUDO PRA MIM.. NA EPOCA ANTIGA, ELES NAOVA O EMPREGO P/ DEFICIENTE FISICA E SURD. MAS AGORA ELES ESTAO ACEITANDO DEFICIENTE E DEPOIS 18 ANOS , E MINHA PRIMA VIU NO JORNAL O DIA , VAGA P/ DEFICIENTE AUDITIVO E FUI NA AGENTE E FUI SIDA COM AS PESSOAS DEFICIENTE SURDOS E AMIZADE É MT LEGAL..E MAS EU SOU GAY E QUERIA NA NAMORAR COM SURD. OU OUVINTE E É DIFICIL ENCONTRA AMOR VERDADEIRO.. MAS DEPOIS FUI SAIR BOATE E PARECE Q NINGUÉM GOSTA DEFICIENTE E MAS TEM ALGUNS Q NAO GOSTA , ENTENDEU..
    MAS FUI PRA BOATE PRA DISTRAIR A MENTE.. E PARECE PESSOA LINDO DA MINHA VIDA E OLHAR PRA ELE..E DEPOIS AGENTE FICANDO CONEHEÇENDO OS POUCOS E DEPOIS 3 MESES E NAO TIVE CORAGEM CONTAR PRA ELE.. E FIQUEI COM MEDO PERDER O MEU NAMORADO E SENTE CONVERSAR COM ELE A VERDADE PRA ELE , ELE FICO MT TRISTE , Q SOU DEFICINTE E CONVERSEI COM ELE , SE VC NAO QUER NAMORAR COMIGO ? NAO TENHA PROBLEMA.. MAS EU VOU FICA COM VC ? E CUIDAR DE VC .. E DEPOIS 7 MESSE NOIVO E AGENTE ESTAVA PROCURANDO CASA E AS PESSOAS NAO ACEITAVA 2 HOMENS DENTRO DE CASA , É DIFICIL MSM.. DEPOIS 2 MESES ENCONTREI A CASA MAS LINDA D. MUNDO E FIQUEI MT FELIZ.. DEPOIS 8 MESES E COMEÇANDO A MORAR JUNTO E CASAMOS JUNTO FELIZ.. E MEU MARIDO E MARIDO SOMOS MAS FELIZ DO MUNDO. ELE ME TRATA MT BEM COMIGO ? ATÉ HOJE , NOS FAZ 1ANOS 1 MESES E VIVENDO FELIZ E CUIDANDO DE MIM E TBM CUIDE DELE COM CARINHO E AMOR DA MINHA VIDA E AGENTE SEMPRE ENTENDER COM CALMA E SE NAO ENTENDEU DIRETO , REPITA DE NOVO , OK.. ELE SEMPRE TRATA MT BEM , POR EU ENSINO LIBRA E ELE ESTA APRENDENDO OS POUCOS , MAS AGRAÇA A DEUS , ESTOU MT FELIZ , AQUI COM MEU MARIDO E MARIDO JUNTO FELIZ TODO FAMILIA E OS AMIGOS E DO TRAB, TBM ME RESPEITO Q AGENTE É NA VERDADE , Q SOU GAY.. AGENTE SOMOS HUMANOS, TEM DIREITO O RESPEITO E LEI ..

    OBRIGADO ! ESTA HISTORIA NA REAL..

  34. devlin

    é bem assim mesmo como vc falou…tenho problema de audiçao,nunca me irritei com as piadas dos outros e é complicado de os outros terem paciencia comigo.
    ainda nao namorei,mas espero poder um dia.

  35. Vinícius

    Meu nome é Vinícius de Melo, sou ouvinte e namoro uma surda com o nome de Gésica Suellen. Já estamos juntos a 1 ano e 3 meses e tenho o mesmo tempo de aprendizagem em Libras. Ela quase colocou um aparelho para ouvir, porém ela desistiu no último momento e optou por viver sempre surda. Ela só acha muito ruim quando converso pessoalmente com ouvinte e também ao celular e depois por causa da pressa acabo resumindo o assunto que eu ouvi. Sou intérprete somente pra ela na igreja e sempre estou contribuindo para que ela tenha uma boa qualidade de vida na comunicação e informação.

  36. marilia

    OLA SOU OUVINTE, E ESTOU APAIXONADA POR UM SURDO, NAO SEI O QUE FAZER, ELE NAO ACREDITA NUM RELACIONAMENTO ENTRE SURDO E OUVINTE, NAO SEI COMO AGIR, O QUE VCS ME ACONSELHAM? DEVO DESISTIR? NAO É ISSO QUE QUERO. ESTOU APRENDENDO LIBRAS NAO PRA COMUNICAR COM ELE MAS, PELO CONTRARIO TRABALHO NA AREA DA EDUCAÇÃO E PRECISO SABER LIBRAS, CONHECI ELE NA COMUNIDADE SURDA E ME APAIXONEI, CONVERSAMOS COM FREQUENCIA NOS FINAIS DE SEMANA, MAS NEM TOCO NO ASSUNTO POR JA SABER O QUE ELE PENSA, MAS TA FICANDO DIFICIL, POR FAVOR ME AJUDEMMMM

  37. Tiago

    Boa noite, chamo-me tiago, tenho 19 anos,sou de Portugal e sou deficiente auditivo e ja sofri todos os tipos de “brincadeiras” contra a minha deficiencia, devido a tais aconteciemntos, nunca consegui usar os aparelhos na minha vida social, posso dizer que tenho complexos de usalos, ja andei em 3 psicologos e nenhum deles conseguiram ajudar.me, pois tenho uma personalidade muito forte, actualmente tenho uma vida mais adulta, ja nao sofro tanto de “brincadeiras”, e posso dizer tambem que tenho amigos (Poucos) e nunca desabafei com ninguem sobre isto, e de facto tenho de dizer que tambem me irrito com a falta de paciencia das pessoas, pois elas sabem do meu problema e quando socializo com elas geralmente teem de repetir umas inumeras vezes até eu perçeber, ora o que acontece é que eu noto o cançaso de elas repetirem de falar, sempre sofri essa situaçao.
    Ainda sou gozado pela maneira de como falo, as vezes atrapalho-me e pronto começa a “brincadeira” e fico todo chatiado, e o que me chateia mais é o facto de nunca ter arranjado namorada, o que nao acho normal para um rapaz da minha idade, admito que sou anti-social, nao sei comonicar bem, pois porque quando estou com os meus amigos estou quase sempre calado, porque? porque como nao oiço bem, a maior parte das vezes nao sei do que eles falam, entao fico calado.
    O que mais quero é arranjar uma namorada, para esta solidão desaparecer…começo acreditar que ouvintes e surdos nao se relacionam

  38. Suzana

    Tiago, é possivel sim surdos e ouvintes se relacionarem. Eu sou ouvinte e namoro um surdo ha 5 anos. Olha, o seu problema e que voce fica tentando ser uma pessoa que voce nao é!! Voce é surdo entao seja surdo! procure a comunidade surdo, aprenda lingua de sinais. Com certeza vai conseguir uma namorada. Mas se voce ficar so querendo usar aparelho e oralizar e tentar ficar com ouvintes, voce nao vai encontrar sua identidade surda e nao vai conseguir ser feliz. Ai vai a dica, ;)

  39. Viviane

    Tiago, espero que voce tenha possibilidade de usar aparelhos. Eu uso, sei quanto é dificil, mas uma hora a gente acaba se adaptando. É melhor que ficar sem nada e nao entender o que os outros estao falando. Isso acaba excluindo a pessoa do convivio com outras. E isso é necessário na vida da gente. Nao seja anti social. Voce verá que os aparelhos irao te ajudar. Nao ligue para que os outros dizem. Eles é quem são bobos e ignorantes. Isso pode acontecer com qualquer um. Quanto a ter uma namorada, isso vai ocorrer com o tempo, voce vai encontrar alguem que goste do vc como é.
    Tudo de bom….

  40. Daiana

    Estou começando a me relacionar com um uma pessoa que é muda de um lado do ouvido não escuta absolutamente nada e do outro bem pouquinho, fico chateada pois meus amigos ficam amolando e dando risada na frente dele, não gosto disso , ele não é de outro mundo, mas também não quero nem saber , to gostando muito dele e apesar de eu não conhecer a linguagem de sinais , me comunico bem com ele e consigo entender o que o mesmo ta tentando me dizer, ele é muito engraçado consegue me fazer rir , tá me fazendo bem gosto de estar com ele, e mesmo em silêncio o olhar dele me diz tudo! Nunca pensei em me relacionar com alguém assim, to curtindo muito , ele é um príncipe!

  41. Evandro Dias

    Olá meu nome é Evandro Dias sou ouvinte ….fikei impressionante do que escreveu os textos em cima sobre ” Namoro entre ouvintes e surdos ” ….eu sinceramente tenho muito amigos que é meio chato pra caramba e tb são muito preconceituoso que ele fala comigo tanto besteira ….claro eu falo pra eles que seja muito respeito comigo e tb por outros pessoas quem tem deficiente Auditivo digo Surdos e Ouvintes…aprendi muito pessoas fala diferente e ate falo espanhol que eu viajava no Paraguay, Chile , Argentina e México pelo meu trabalho…tudo que vejo o humano fica tanto risada akilo ele fala assim ” Amigo ele tem aparelho eita aposto que ele não vai entender nada e vou zuar a brincadeira ” ….mas comigo é brincadeira mau gosto pq é falta respeito …uma vez tenho 5 ou 8 amigos de surdos e ví meu amigo tanto risada pq eles falam sobre as libras são muito riduculos…e fui falar com eles assim ” AMIGOS VC PRECISA RESPEITAR MEU AMIGOS DE SURDOS (As) QUE EU POSSO EXPULSAR VC OU SEJA NUNCA MAIS SEJAMOS AMIGOS PORQUE VC ESTÃO FALANDO MUITO BESTEIRA E TB PRECONCEITO ” ….e eles ficaram calado e sem graça …e eu aki levantei a minha cabeça pra que os meu amigos surdos(as) não perceber meu triste….mas na minha cabeça(pensamento) fikei muito triste e fingir muito alegria para meu amigos surdos(as) e então descobrir que eu gosto os surdos(as) são muito legal e até estou aprendendo o sinal de libra que achei muito legal heheheheh sou homem muito respeito, gosto curtir e a veze sou um pouco teimosinho hehehehheheh isso é normal pq todos tem huahuahuahuhahua …bom gente quero dá um parabéns a pessoa que escreveu em cima dos textos e escreveu palavra CORAGEM….um abraço para todos e que Deus abençoa um bom coração!
    Evandro Dias

    http://www.facebook.com/evandrocdias

  42. Samuel

    Ola galera amei os depoimentos de voces surdos e ouvintes entrarei maiis nesse site pra ler essas experiencias. Sou samuel e moro em Patos na Paraiba,tenho 27 anos e estou noivo de uma linda garota com defeciencia auditiva,ela è totalmente surda e linda inteligente divertida compreensiva e etc se eu for falar de suas qualidades passarei o dia aqui digitando, a amo tanto e nao vejo sua deficiencia como um problema claro que as pessoas em volta sao crueis mas nao me importo azar os delas nao conhecer alguem tao unico e especial quanto ela,temos esse lançe a 3 anos assim que a vi me apaixonei e ela a mesma coisa,sou interprete e gosto muito dos surdos na verdade. axo. A amizade bem mais sincera do que com ouvintes,ja namorei ouvintes mas com ela tudo è diferente è mais claro e sincero fora que o beijo dela è o doce que mais gosto,ela me ensina muito principalmente a ter mais paciencia e ela è a melhor coisa da minha vida,meus pais antes de morrer a conheceram de inicio ficaram preocupados com esse relacionamento depois amaram ela e apoioavam meu futuro com ela,meus parentes tambem apoiam e nossos amigos intimos surdos e ouvintes amam agente,ja enfrentamos muito preconceitos e desafios,mas isso tornou nosso relacionament mais forte.

    valeu pelo site e abraços a todos

  43. Thiago Kazan

    Parabéns!
    Te admiro mesmo.
    Adorei sua mensagem

    Abraço
    Thiago Kazan.

  44. sara

    Bom dia pessoal,gostei muito dos comentarios,sou ouvinte e tenho 19 anos, namoro um deficiente auditivo Parcial desde quando Nasceu, porque o pai e a mae Dele Sao Primos,ele tem um irmão Deficiente Tambem, que é o mais velho e por ter Nascido primeiro, ficou com a maior Parte deficiencia porque ele escuta e fala bem menos do que meu namorado. Nos namoramos a quase três anos, ele fala ate bem,e usa um aparelho que o ajuda a etender melhor as coisas.Agradeço muito a Deus Por ter colocado ele no Meu caminho,foi ele quem me mostrou este site,e ele se animou com muitos comentarios ai, ele é lindoo e maravilhos é meu principe encantado eu sei que Deus preparou ele Pra mim pois minha vida mudou muito depois que começamos a Namorar, o que eu acho mais legal e que nos conhecemos desde os três anos de idade e fomos namorar com desesete anos, ele é alguns meses mais velho que eu, aprendi muita coisa com ele e sei que tenho muito a aprender ainda, uma das coisas que aprendi foi que antes eu falava muito auto sabe mas era costume ate minha mae falava que eu era escandalosa rsrsrs, mas um dia pedi ele par colocar o aparelho em mim e gente é muito diferente como o som chega ate o ouvido e como um radio,e qualquer barulho encomoda, imagina alguem gritando, nossa é muito irritante ai eu vi como era ruim para ele, nao vou mentir as vezes ele aina tem que ficar me lembrando de falar baixo ou falar menos, por que eu falo muito rsrsrs, mas em nome de Jesus eu vou conseguir, porque nada pra Deus é imposivel e o amor sempre vence barreiras, eu nao veijo defeito nele so é um pouco ciumento mas isso se chama amor, eu sou capas de mover o mundo para ve-lo sorrir pois o sorriso dele é a inspiraçao do meu dia, e eu lutarei por toda minha vida pra ficar do lado dele, porque ele é a minha vida. Johnny eu te amo meu amor.

  45. yago

    Olá meu nome é Yago e sou ouvinte tenho 19 anos e namoro com uma garota de 17 anos que é deficiente auditivo bilateral severo no esquerdo e profundo no direito.Gostei muito dos comentários e experiencias e gostaria de compartilhar a minha.
    Bom, nós nos conhecemos em uma praça através da prima dela e a princípio eu não sabia que ela era deficiente auditiva, depois que eu vi eu achei muito interessante e tentei me comunicar com ela. Confesso a vocês que a principio foi engraçado pois eu não sabia nada de libras, e foi no jogo de cintura que eu consegui mesmo, e depois que percebi que ela conseguia ler os meus lábios, foi mas fácil.
    Depois de varias conversas no SMS,facebook e pessoalmente… depois de alguns dias já estava sentindo algo que fazia tempo que eu não sentia por nem uma garota, me sentia muito bem do lado dela, só em ver o sorriso dela eu ficava encantado. quando vi já estava apaixonado…
    Resumindo tudo(se eu não resumir vai ficar muito grande o texto rsrsr), hoje nós estamos namorando e eu sou a pessoa mas feliz do mundo e ela também estar muito feliz comigo.
    Só que eu tenho algumas dúvidas e gostaria que alguém me ajuda-se a esclareceras.
    Em relação a digitação ela escreve um pouco embolado(mas da pra entender), só que tem vezes que ela escreve muito embolado e não respeita . e , ai eu não consigo entender.. ai tenho que ficar pedindo ela pra escrever direito pois eu não entendi. Agora , se eu ajudar a ela a se dedicar mais nos estudos de português , ela pode conseguir escrever certo ou isso é por causa da deficiência? (pois os DA pensam de uma maneira diferente, certo?), já vi DA aqui no blog que escrevem até melhor do que eu … então será que pode ser pela idade dela?
    Outra pergunta ela quando mas nova usava aparelho auditivo(diz ela que mesmo assim não conseguia ouvir muito bem) só que por causa de umas “inquilinas” colegas de escola que ficavam a soprando o ouvido dela e ficava dando susto por causa do aparelho , ela não quis mas usar. Se ela voltar a usar sera que pode melhorar a audição dela no dia a dia ? pode melhorar a minha comunicação com ela? qual marca é boa para o tipo do grau dela ? e se ela fazer o implante coclear como que vai ser, vai melhorar quantos % , ela vai poder entender alguma coisa que eu falar? a princípio ela consegue falar algumas palavras…

    Me ajudem por favor a tirarem essa dúvida, pois quero ajuda-la..

  46. Efigenia da consolacao peixoto

    ola boa tarde eu conheci um rapz nst fim de semana adorei ele surdo mas eu adorei ele. gostaria mt poder continuar n vejo problema nenhum. e mt melhor do qulquer ouvinte aiq conheci;

  47. CAREN PADILHA

    BOM DIA !SOU OUVINTE E NAMOREI UMA PESSOA QUE PERDEU A AUDIÇÃO AOS 18 ANOS ,HOJE ELE TEM 39 NOSSO NAMORO DUROU 4MESES E MEIO ,MAIS NÃO VEJO NADA DE DIFERENTE SÃO DUAS PESSOAS SE RELACIONANDO SE ENVOLVENDO .TENHO MUITO CARINHO POR ELE A AINDA SOMOS AMIGOS ATÉ HOJE .OUVINTES OU NÃO OQUE REALMENTE IMPORTA É O SENTIMENTO,AFINIDADE E VONTADE DE ESTAR JUNTOS O AMOR VENCE TYODO E QUALQUER OBSTACULO .

  48. Daniel Basile

    Olá, Boa tarde!!

    Por incrível pareça, quando comecei a ler esse post, deu a impressão de que era sobre mim.rs

    Sou deficiente auditivo causado pela meningite, mas escuto com ajuda do aparelho e falo bem, assim, como muitos dizem, parece que tenho sotaque de gringos. rs

    Todos me entendem e faço leitura labial.

    Eu tive uma vida normal, frequentei escola particular e estou ingressando minha segunda faculdade. E sempre trabalhei bem.

    O fato de ter as pessoas que gostam de fazer aquelas brincadeiras preconceituosas nunca me abalou, nunca levei à sério, até pq não valia a pena. Só me tornava mais forte para escolher as pessoas que eu queria por perto, enfim tenho muitos amigos.

    Vou compartilhar minhas experiências com relacionamentos…

    Eu namorei com 2 mulheres incríveis, todas ouvintes, uma por 2 anos e a outra por 4 anos. E tive outras namoradinhas também, mas que não durou. Sou um cara que sempre fui paciente com as mulheres, mas hoje em dia muitas coisas não são o suficiente para manter. Isso acontece com todo mundo. Tranquilo..

    Agora estou solteiro, com 25 anos e muito o que curtir, mas não têm sido fácil em relação às mulheres. Eu confesso que tenho um pouco de vergonha de usar aparelho nas festas, até pq as pessoas ficam olhando muito e que se existe maldade pelas pessoas, não, não tem. Acredito que seja apenas curiosidade só.

    É questão de paciência e esperar uma pessoa certa aparecer.

    Parabéns pela matéria, admirei muito!

    Abraços,
    Daniel

  49. Bel

    Olá, achei interessante este site, pois estava pesquisando sobre namoro de ouvintes com surdos. Bom conheci um surdo em 2009 o qual foi o meu professor LIBRAS, interessei-me por ele e ele por mim, mas não rolou nada porque na época eu era noiva. Passou-se 4 anos e depois de dois meses que tinha terminado com o meu relacionamento de dois anos reencontrei ele na igreja que dizer ele não me viu só eu. Passou se algumas semanas ele continuou indo a igreja fui até ele e nós começamos a conversar e conhecer, mas ouve um mal entendimento e ficamos três meses sem se falar. E nesse mês de agosto voltamos a conversar e nos perdoar pelo mal entendido. Bom estamos namorando e não vejo diferença nenhuma porque ele surdo. As pessoas que são preconceituosa quando nos ver no cinema, pizzaria ou em outro lugar nos comunicando com as mãos e quando falo todos se espantam. Gosto muito dele do jeito que ele é, porque foi isso que me conquistou nele há quatro anos e agora está se concretizando e espero que para sempre.
    Abraço! sem preconceito!!!!

  50. Géssica Menezes

    A quase dois meses conheci o melhor namorado que eu poderia ter. Ele é surdo, e eu ouvinte. Nunca imaginei que poderia ser tão feliz o quanto estou sendo agora. Minha relação é rodeada de amor, carinho, respeito e alegria! Fui muito bem aceita pela família dele, pelos amigos… a paciência que ele tem comigo é admirável. Comecei fazer o curso de libras, e eu estou adorando. Agradeço todos os dias a Deus por ter ele ao meu lado. Nos conhecemos pela internet, e sempre nos damos muito bem, sempre soube que ele era surdo, e sempre gostei dos nossos papos. Ele é maravilhoso, trabalhador, gentil, inteligente.. o homem que eu queria! Sou extremamente encantada com ele. Ele se chama Fernando, e eu estou cada dia mais apaixonada por ele, e pelo seu mundo.

    Adorei os comentários. O amor ultrapassa preconceitos!

Deixe seu Comentário