Aparelhos Auditivos Crônicas da Surdez

Preço de aparelho auditivo em 2018: resultado da pesquisa entre os leitores do Crônicas da Surdez

Há algum tempo fiz um pedido no Grupo Crônicas da Surdez no Facebook: que as pessoas comentassem quanto pagaram pelo seu último par de aparelhos auditivos. Decidi começar 2018 dando uma luz para quem está em busca de preço de aparelho auditivo, porque acredito que nada pode ser melhor do que transparência. A gente se organiza no grupo, na fanpage e aqui no site, e compartilha as informações que deveríamos conseguir facilmente mas que, infelizmente, não conseguimos.

Entrei em contato com o Conselho Federal de Fonoaudiologia, e fui informada que o mesmo não tem competência para legislar sobre esse assunto, ou seja, não é por determinação do CFF que os preços não são divulgados – o PROCON de cada cidade pode dar orientação sobre a questão. Me parece mercadológico: são muitas marcas/lojas/revendas de aparelhos auditivos em cada cidade do Brasil, e não divulgar os preços é uma maneira de se proteger dos concorrentes.

UPDATE: clique aqui para ler o Código de Ética do Conselho Federal de Fonoaudiologia. Nele, consta o texto texto abaixo. Na minha interpretação pessoal, isso não tem a ver com divulgação de preços, pois uma coisa é fazer um anúncio (propaganda/publicidade) e outra coisa é informar o preço quando um paciente pergunta, mas enfim, regras são regras. A informação que recebi mais esse artigo 37 me fazem pensar que seria ótimo se o CFF visse esse post e se manifestasse a respeito.

Art. 37. Constituem infrações éticas do fonoaudiólogo relacionadas à propaganda e à publicidade:

I – anunciar preços e descontos, exceto na divulgação de cursos, palestras, seminários e afins;

II – consultar, diagnosticar ou prescrever tratamento por quaisquer meios de comunicação de massa;

III – induzir a opinião pública a acreditar que exista reserva de atuação clínica para determinados procedimentos;

IV – anunciar títulos acadêmicos que não possua ou especialidades para as quais não esteja habilitado;

V – anunciar produtos fonoaudiológicos ou procedimentos por meios capazes de induzir ao uso indiscriminado destes.

 

Quem perde com isso? Na minha opinião, tanto o consumidor (que precisa ficar perambulando por aí, se submetendo a coisas desagradáveis e perdendo seu tempo) quanto as lojas/marcas (que ficam mal vistas pelos consumidores). Seria ótimo se tivéssemos fácil acesso, pelo menos, à informação “o modelo X da marca Y pode variar entre R$1.000 e R$10.000“, concordam?

O compromisso do Crônicas da Surdez é trazer aos seus leitores informações precisas e isentas! Se você digitar no Google “preço de aparelho auditivo“, tirando o link deste post do Crônicas, a única coisa que encontrará serão links de anúncios de lojas de AASI e de blogs de lojas de AASI. É por isso que decidi finalmente trazer esse post ao ar – não sei se vocês sabiam, mas todo mês são milhares de pessoas chegando aqui em busca dessa informação!

Graças às respostas de vocês, fiz uma compilação por marca, data e local da compra, e busquei colocar os mais atualizados/relevantes!

Se você comprou seu aparelho em 2017 ou 2018, pode responder a pesquisa, pois 1x por mês atualizaremos a tabela de preços. Clique aqui!

Phonak

Audeo B: R$4.200 (cada) em São Paulo, em 09/2017

Naída: R$4.200 (cada) em Vitória, em 04/2014

Naída q90 Up: R$14.000 (o par) em São Paulo, em 11/2015

Não especificado: R$6.000 (cada) em Volta Redonda, em 05/2017

Audeo b-50: R$5.600 (cada) em Botucatu, em 08/2017

Sky 70: R$5.500 (cada), em São Paulo, em 11/2017

Sky 90: R$9.700 (cada), em São Paulo, em 11/2017

Audeo q-90 (cada), em Belo Horizonte, em 08/2015

Não especificado: R$10.000 (cada), em Niterói, em 12/2016

Naida: R$6.840 (cada), em São Paulo, em 07/2017

Não especificado (modelo intermediário): R$7.000 (cada), em Belo Horizonte, em 05/2017

Audeo b-50: R$8.595 (o par), em Sorocaba, em 08/2017

Audeo Q: R$6.400 (cada) em Uberlândia, em 04/2015

Virtuo Q90: R$14.000 (cada), no Rio de Janeiro, em 07/2015

Não especificado: R$4.500 (cada) em Sorocaba, em 11/2016

Não especificado com 20 canais: R$7.250 (cada), em Campinas, em 12/2015

Q50-SP: R$5.000 (cada), em Salvador, em 11/2016

Audeo q50: R$5.000 (cada) em Salvador, em 11/2017

Naída Q70: R$18.000 (o par), em 09/2016, em Pelotas (RS)

Não especificado: R$14.500 (o par), em Porto Alegre, em 07/2017

 

Siemens/Signia

Retroauricular não especificado: R$2.500 (cada) em Ubatuba, em 09/2015

Não especificado: R$15.800 (cada), em Goiânia, em 06/2017

Pure 5: R$7.995 (cada) em Lagoa Vermelha (RS), em 10/2016

Não especificado: R$14.000 (o par), em Porto Alegre, em 10/2016

Cellion: R$14.000 (cada), em Curitiba, em 05/2017

Não especificado: R$6.000 (cada), em Sao Jose dos Campos, em 12/2015

Pure: R$7.000 (cada), em Catanduva, data não especificada

Aquaris: R$7.000 (cada), em Recife, em 12/2015

Não especificado: R$7.000 (cada), em Santa Maria (RS), em 2013

Pure 3: R$13.583 (o par), em Caxias do Sul (RS), em 10/2016

Nitro: R$12.000 (cada), em São Paulo, em 03/2014

Cross: R$9.150 (cada), em Brasília, em 09/2017

Pure Carat: R$6.780 (cada), em Volta Redonda (RJ), em 02/2014

Motion: R$5.160 (cada), em São Paulo, em 03/2016

Primax: R$7.980 (cada), em Lagoa Vermelha (RS), em 10/2016

Nitro 5: R$6.500 (cada), em Brasília, em 10/2016

Cellion 7px: R$5.180 (cada), em Goiânia, em 09/2017

Pure 5: R$19.000 (o par), em São Paulo, em 12/2017

Cellion Primax: R$15.000 (cada), em Niterói, em 04/2017

 

Resound

Alera AL410-P: R$3.850 (cada), em Santo André, em 03/2015

Não especificado: R$6.000 (cada), em Vitória, em 12/2016

Alera 4: R$2.750 (cada), em Divinópolis (MG), em 03/2014

Não especificado: R$5.000 (cada), em Franca (SP), em 05/2016

Não especificado: R$6.500 (o par), em São Paulo, em 2013

Não especificado: R$8.085 (cada), em Franca(SP), em 05/2016

Não especificado: R$3.250 (cada), em Betim (MG), em 10/2015

Linkx 7: R$6.000 (cada), em Passos, em 02/2017

Linx 7: R$14.000 (o par), em Caxias do Sul (RS), em 06/2017

VEA 210: R$3.200 (cada), em Foz do Iguaçu, em 04/2016

Linx 2: R$17.000 (o par), em Santa Maria (RS), em 06/2016

BTE: R$4.000 (cada), em Santo André (SP), em 04/2017

Enzo: R$5.000 (cada), em Osasco, em 11/2016

Linx 2 7: R$10.000 (cada),  no Rio de Janeiro, em 11/2017

 

Beltone/Audibel

Não especificado: R$8.000 (cada), em São Paulo, em 10/2015

Change: R$5.500 (cada), em Franca (SP), em 12/2016

Legend: R$8.200 (cada), em Belém (PA), em 12/2015

Não especificado: R$6.000 (cada), em João Pessoa, em 09/2013

Legend 663: R$7.000 (cada), em São Luis (MA), em 07/2016

Change: R$4.800 (cada), em Jaú (SP), em 12/2015

Não especificado: R$11.000 (o par), em Porto Alegre, em 01/2013

Boost Plus 9: R$7.500 (cada), em João Pessoa, em 09/2017

Não especificado: R$15.000 (cada), em Salvador, em 04/2016

Não especificado: R$7.020 (cada), em Guarapuva, em 10/2016

Não especificado: R$5.500 (cada), em Belém, em 10/2017

PGS 115: R$4.000 (cada), em Uberlândia, em 2017

Legend: R$6.500 (cada), em Salvador, em 02/2016

 

Argosy

Zhara: R$3.500 (o par), em São Paulo, em 06/2017

Não especificado: R$9.000 (cada), em Curitiba, em 11/2013

Gala: R$4.250 (cada), em Santo André, em 08/2017

IPCA300: R$3.600 (cada), em Santo André, em 09/2015

Miniretroauricular: R$3.800 (cada), em Curitiba, em 2016

Não especificado: R$4.990 (cada), em Belém, em 11/2017

Alize 500 SP: R$3.000 (cada), em São Paulo, em 12/2017

Gala 16 canais: R$17.000 (o par + acessório Roger), em Belém, em 09/2017

Alize 500 CRT: R$8.800 (o par), em Curitiba, em 03/2017

 

Widex

Passion: R$17.000 (cada), em São Paulo, em 02/2017

Unique Fusion 220: R$5.800 (cada), em Brasilia, em 05/2017

Free: R$11.500 (cada), no Rio de Janeiro, em 05/2015

Unique 330: R$9.673 (cada), em Florianopolis, em 08/2017

Aikia: R$4.000 (cada), em São Paulo, em 2017

Baby:R$5.000 (cada), em São Paulo, em 05/2015

D-F5 110:R$7.100 (cada), em Belo Horizonte, em 01/2016

Não especificado: R$6.990 (cada), em Petrópolis, em 08/2017

Clear 330: R$9;.000 (cada), em São Paulo, em 12/2015

 

Oticon- Telex

Ria: R$5.100 (cada), em Lages (SC), em 09/2016

Opn: R$8.750 (cada), em Londrina (PR), em 07/2017

Não especificado: R$7.000 (cada), em Araraquara, em 09/2017

Opn 2: R$5.078 (cada), em Belo Horizonte, em 08/2017

Opn 1: R$8.500 (cada), em Londrina (PR), em 08/2017

Nera: R$11.000 (o par), em Juiz de Fora (MG), em 09/2017

Claris H150: R$4.000 (cada), em Brasilia, em 09/2017

Opn 1: R$8.000 (cada), em Macaé (RJ), em 08/2017

Opn 1: R$18.000 (o par), em Brasilia, em 07/2017

Claris H330: R$13.400 (o par), no Rio de Janeiro, em 10/2017

Claris 150: R$14.500 (o par), em Lavras (MG), em 09/2017

Sensei Pro: R$5.931 (cada), em São Paulo, em 01/2016

Claris 300: R$6700 (cada), em Curitiba, em 08/2017

Opn: R$8.200 (cada), no Rio de Janeiro, em 11/2017

Ria Pro: R$4.300 (o par), em Curitiba, em 12/2017

Opn 1: R$8.200 (cada), em São Paulo, em 10/2017

Sumo: R$4.239 (o par), em São Paulo, em 11/2017

 

Rexton

Não especificado:R$14.000 (o par), em Fortaleza, em 04/2017

Não especificado: R$4.000 (cada), em Curitiba, em 09/2017

Emerald 80: R$4.500 (cada), em Santa Rosa (RS), em 09/2017

Emerald S: R$4.000 (cada), em Brasilia, em 05/2017

Não especificado: R$2.750, em Santo André, em 09/2017

Não especificado: R$4.000 (cada), em Cuiabá, em 11/2017

 

Starkey

Muse i1000:R$4.500 (cada), em Sao Paulo, em 03/2017

Muse: R$4.500 (cada), em Sao Paulo, em 04/2017

Não especificado: R$3.700 (cada), em Pato Branco, em 12/2013

Muse 12000 RIC: R$7.500 (cada), em Brasília, em 01/2017

 

Unitron

RIC: R$4.000 (cada), em Santos, em 10/2017

Não especificado: R$9.000 (cada), em Poços de Caldas, em 06/2017

Não especificado: R$7.500 (cada), em São Paulo, em 11/2017

 

Muito importante

Os preços variam porque dentro de um aparelho existem várias possibilidades de canais, de tecnologia, o AASI pode ser lançamento ou não, pode ser básico, intermediário, ou top de linha. São muitos os fatores envolvidos! Além da questão mercadológica, esse é o principal motivo para que as lojas/marcas não divulguem preços, pois as pessoas podem trocar as bolas. Explico! Um aparelho “X” pode custar, dependendo da tecnologia/canais/acessórios, entre R$5.000 e R$17.000, e se alguém sair falando que pagou R$5.000 (sem saber que comprou o modelo básico), as pessoas que compraram o top de linha por R$17.000 podem achar que foram enganadas, e não é nada disso!

Cada caso é um caso, cada perda auditiva é única, e o aparelho que seu amigo/vizinho/colega/conhecido usa pode não ter nada a ver com você e com a sua perda auditiva. São muitas as variáveis envolvidas num único aparelho auditivo para se chegar ao preço final, portanto, siga a velha e boa dica: teste pelo menos três aparelhos de três marcas diferentes, veja qual deles tem a sonoridade mais agradável e busque uma fonoaudióloga de confiança para saber se ele é o mais indicado para você!

Não tem $$ para adquirir o seu?

O Sistema Único de Saúde brasileiro fornece aparelhos auditivos. As marcas participam de licitações públicas e, quem vencer, fornece aparelhos para o SUS durante algum tempo. Busque informações junto à Secretaria de Saúde da sua cidade para saber qual é o caminho e a burocracia para entrar na fila e conseguir os seus. Eles terão tecnologia mais básica, mas farão o que todo aparelho deve fazer: lhe ajudar a escutar melhor!

 

Entre para o Grupo Crônicas da Surdez no Facebook

Leia mais:

Por que os aparelhos auditivos custam tão caro?

Preço de aparelho auditivo: o que você precisa saber

Quanto custa um aparelho auditivo?

155 amaram.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 36 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

70 Comentários

  • Olá pessoal, minha mãe está precisando de aparelho, foi indicado o Phonak Audélio B90-R, no entanto o valor cobrado em Santa Cruz do Sul (RS) é abusivo, 31K o par.

    Vi que teve gente pagando 4 – 6K (cada) pelo audélio B, poderiam indicar onde para que façamos um orçamento?

    Também nos interessamos pelo Oticon, se alguém puder indicar um local com preço bom.

  • Muito importante este site , realmente é uma luz para os iniciantes dos aparelhos auditivos, parabéns. Gostaria de informações sobre o aparelhos da Starkey Mude intermediário, alguém o usa e poderia me informar sobre este aparelho? Obrigada pela atenção. Um grande abraço.

  • Só queria agradecer a iniciativa da dona do site, Paula Moreira, meu sogro está precisando porém é um assunto novo pra nós e suas informações foram esclarecedoras e muito uteis, muito obrigada!

  • Olá pessoal!estavo pesquisando, preço dos aparelhos auditivo encontrei esse chat.porem a minha mãe necessita de usar aparelho e nós não temos condições de compra lo .Ela precisa usar.
    Obrigado

  • Bom dia
    Recebi propaganda do AUDIPLUS 247, o preço é mais acessível , minha mãe tem 92 anos e está quase totalmente surda, está na espera de um aparelho pelo SUS a muitos anos, gostaria de saber se alguém já comprou este aparelho? É bom?

  • Estou comprando aparelho para minha mãe. A Fono indicou o Auditon A&M Digitrim 12 P, alguém pode dar alguma informação sobre ele? O par custa R$7.000,00, à vista fica por R$6.000,00.

    • Oi Mari vc é de SP ?
      Estou tendo uma ótima proposta da Oticon .. caso tenha interesse me fala que te passo o contato da Fono.

      • ops minha resposta está incompleta essa fono me ofereceu opn3 os dois por 6999.00 tenho de um lado do ouvido perda profunda… estou admirada pelo preço dos 2 ser o valor como esse já que muitas vezes vi por esse valor apenas 1 !!!

  • Olá pessoal! Estou fazendo pesquisando e fazendo orçamento para adquirir um novo aparelho auditivo. Uso aparelho desde de 2010, da Siemens. Tenho otoesclerose nos dois ouvidos, sendo que no ouvido direito, depois de uma cirurgia, perdi praticamente minha audição. Tive um perda severa e do ouvido esquerdo ouço uns 50%. Como minha irmã é fonoaudióloga, ela me informou que as marcas existentes no mercado, de modo geral, possuem ótimas tecnologias. A questão é que cada caso é um caso e, portanto, ao comprar um aparelho deve-se atentar para o aparelho que atenda às especificidades do tipo de perda auditiva. Hoje os aparelhos são criados com muitos recursos importantes e que melhoram a audição, mas o que é importante de fato é escolher o aparelho com recursos que realmente a deficiência exige. Os recursos a mais como aparelhos com função wireless, interconexão com outros aparelhos como TV, celular, entre outros, são recursos interessantes, porém podem encarecer muito o aparelho. Aí, vai depender do poder aquisitivo de cada um para adquirir ou não o aparelho. Uma dica interessante que quero deixar aqui é que nada melhor do você experimentar o aparelho. Assim, você pode ir fazendo o teste com os aparelhos de variadas marcas e ver na prática aquele que atende melhor sua necessidade. O aparelho que estou experimento nesse momento é o da Oticon Opn 3, no valor de 4. 950,00. Estou gostando, segundo a fonoaudióloga que me atendeu disse que este me atenderia bem porque como eu perdi a audição de um lado, a gente perde a noção de que lado o som é emitido, fazendo com que se fique perdida. Ainda segundo ela, esse aparelho tem uma função de 360°. Eu estou relatando isso para aqueles que nunca compraram aparelhos ter uma noção de como funciona a escolha de um aparelho, ou seja, não basta ter preço acessível, é preciso outras informações. Espero ter colaborado.

    • Grato pelas informações, Gislene!
      O compartilhamento de informação é um ótimo caminho para se buscar o que ‘for melhor’ nas necessidades de cada pessoa!

    • Olá. Vi a propaganda deles. Também fiquei curiosa. Mas tenho a impressão de que ele é apenas um amplificador de som e não um aparelho auditivo.

  • Paula! Excelente iniciativa!!!
    É um universo bem distante da maioria das pessoas com deficiência auditiva este de comprar um aparelho de qualidade…
    O SUS fornece sim mas não são muito discretos…
    Vc tem, ou alguém tem alguma informação sobre o audiplus? Será uma proposta idônea? O preço é infinitamente menor..
    O santo desconfia…como diz o ditado…
    Mas também penso que valores entre 5000 e 7000 não estão de acordo com a realidafe da maioria das pessoas.
    Vou acompanhar este site. Me ajudou e vai certamente me trazer informaçoes valiosas. Obrigada!

  • Boa tarde, tenho perda auditiva moderada, fiz um orçamento agora em 08/2018 pela OPIMED na cidade de Araguaína-TO, do aparelho WIDEX – Unique 220-CIC; R$ 6.950,00 cada. Infelizmente não há outras opções na região, pela faixa de preço acho que está em linha.. mas gostaria de confirmar se seria realmente um equipamento de qualidade.

    Atentem-se ao DECRETO PRESIDENCIAL 9345 de abril/2018 que permitirá uso de FGTS para “aquisição de orteses e próteses para promoção da acessibilidade e da inclusão social do trabalhador com deficiencia” Ou seja, será possivel sacar o dinheiro do INUTIL fgts para adquirir AASIs!

    Obs: estou fazerndo o teste pela primeira vez, incomodado com a quantidade de ruídos que existem no mundo! rs

    Parabens pelo blog

    • Olá Angelo! Uso aparelho auditivo desde 2010. Na época em que fui comprar em Goiânia o aparelho da WIDEX estava mais caro do que o da Siemens com uma diferença, na época, de 1.000,00 reais. Então acabei comprando o da Siemens. Mas o que me parece é que essa marca tem aparelhos bons tanto quanto as outras. Obrigada pela informação sobre o FGTS.

  • Também sou deficiente auditiva e sou do rio grande do sul comecei a usar aparelho auditivo em 2016 paguei pelo par do aparelho auditivo onze mil reais o par mas pesquisando melhor eu achei com conectividade Bluetooth o par por nove mil reais em porto alegre

  • Boa noite! Gostaria de saber sua opinião sobre o AUDIPLUS 247. Vale apena comprar? Quais os contra deste aparelho? Obrigado pela atenção.

  • Estou pesquisando preços de aparelhos auditivos e encontrei os seguintes valores em Manaus:

    Phonak – Audeo B50-312: R$ 11.460, 00 o par. Pagamento a vista R$ 9.741,00 o par.
    Widex NIK 110 : R$ 13.900, 00 o par, com 5% de desconto a vista.

  • Fiz pesquisa de aparelhos em São Caetano do Sul/SP em 07/2018. Na loja Audibel o modelo Trust/CIC sem conectividade 5.500,00 e com conectividade 5.750,00. O modelo Trust / Rie $ 6.000,00. O aparelho da marca Resound externo 4.000,00 e uso interno 4.300,00

  • Gostaria de receber seu telefone para consulta direta sobre preço de aparelho auditivo, pois ja perdi treis ,assim pesquiso preço dentro das minhas possibilidades. obrigado.LEIBERITZ

  • Olá Paula,
    Entendo tua indignação quanto à não divulgação dos preços. Como fonoaudióloga, minha visão é diferente. A divulgação dos valores faria com que as pessoas focassem no custo e não no benefício. Conheces diversas marcas de aparelhos e sabes que a qualidade não é a mesma e a ética não está presente em todas as empresas, portanto o orçamento vinculado ao teste faz com o que o paciente saiba exatamente o que está comprando. Abraço!

  • Boa noite, pessoal sou do interior de SP, e já fiz um orçamento do aparelho para meu Pai, primeiramente ele passou por um exame de audiometria, onde a própria vende os aparelhos da marca Phonak. Foram apresentados dois modelos , Phonak V50 SP R$ 10.100,00 o par e Phonak B30 313 T R$ 6.700,00 o par.
    Fui muito bem atendido, acredito que esse valor está na media.
    So queria compartilhar o valor e a marca com vocês.
    Parabéns pelo blog, muito útil e bacana.

  • Fui na loja ver um aparelho pra surdez o vendedor que não é fonoaudiólogo disse que é representante Oticon, mas me ofereceu um Sonic Cheer e disse que é Oticon….estou pesquisando e não encontrei esta afirmação. Alguém sabe me explicar?

  • Esse blog foi a luz do fim do túnel pra mim! Obrigada pela iniciativa e por tanta gente participar contribuindo.

    A avó de meu usa aparelho e ele quebrou recentemente. Alguém conhece um lugar justo quanto à qualidade e preço aqui em São Paulo?

    Grande abraço!

  • Olá, Paula e seus seguidores: Bom Dia com alegria! Li os comentários e artigos deste post e desejaria parabenizar à Paula pela sua dedicação à causa da Saúde Auditiva. Eu resido em Viamão – RS e integro um grupo de clientes satisfeitos de uma empresa que comercializa aparelhos auditivos de tecnologia alemã de última geração; operando também na área de assistência técnica de múltiplas marcas. Posso garantir que existem boas condições para resolver os mais variados tipos de perdas auditivas, contemplando as condições de cada cliente. Liguem:

  • […] O software, presente em 152 países, tem versões em português, espanhol, inglês e chinês para smartphones com Android e iOS. É uma opção para quem não pode pagar por um aparelho. No Brasil, o preço de um aparelho auditivo varia de 2 mil a 15 mil por unidade (não é vendido em par como óculos), segundo a pesquisa feita esse ano pelo site Crônicas da Surdez. […]

  • Boa tarde gostaria de entender a tecnologia dos aparelhos auditivos quanto a frequências e canais e como posso diferenciar um aparelho do outro na hora da compra, será que alguém indica alguma leitura para melhor entendimento?

  • Olá gente!
    Sou deficiente auditiva moderada/severa de causa congênita. Tenho 34 anos e nunca usei aparelhos.
    Agora, por questões profissionais, sinto essa necessidade.
    Estou pesquisando as marcas e farei testes (já agendados) com a Phonak e com a Microsom.
    Já vi que aqui tem bastante referência positiva da Phonak, mas anda não vi ninguém falar da Microsom.
    Alguém com experiência em Microsom para dizer se é uma boa marca. Em vista que o valor está mais acessível que a Phonak e eu estou desempregada no momento, sem muitas condições para algo caro.
    Agradeço desde já pela atenção!

  • Boa Noite, utilizo aparelhos auditivos desde 2009. O que impressiona nas empresas é que, se vc deixar o seu aparelho para qualquer revisão, a empresa que te “vendeu” não te fornece um aparelho back-up, para que vc possa suprir a deficiência. Trabalho na área comercial e pergunto: como fico sem um dos aparelhos, se não escuto nada???? como visito clientes para discutir preços , pedidos, etc…..???? Voce paga caríssimo e na hor a da assistência, consideração pelo cliente, fidelidade, NADA. Estou na hora de comprar outro e só compro da empresa que me der um termo formal afirmando que no período em que meu aparelho ficar para o conserto, revisão, etc… me forneçam outro para que eu não passe problemas. Coloco isto aqui, parabenizando a abertura do blog, viu Paula P.Moreira, para que sirva de alerta para os usuários de aparelhos auditivos. UM ABRAÇO GRANDE A TODOS.

    • Olá Daniel!
      Existem empresas que oferecem descontos de até metade do valor do aparelho auditivo para que o paciente ativo como você não fique sem um reserva na hora da revisão ou conserto.
      Isso evita que a instituição aplique compras maiores de aparelhos para estocagens e no mesmo tempo atenda sua necessidade.
      Legal observar isso.
      Um abraço e parabéns Paula!

    • Olá
      Existe empresa que oferece o empréstimo de aparelho enquanto o seu está no conserto. Abraço! Inaê

  • Boa tarde, ficamos sabendo recentemente que nosso filho de 3 anos teve uma perda auditiva considerada média de 40%, dos dois lados do ouvido, fizemos o primeiro orçamento com a fonoaudióloga, q está tratando dele, achamos muito caro o aparelho que ela vende, R $ 4.500 cada, iremos fazer outro orçamento! Estava pesquisando na internet e gostei desse grupo e resolvi participar, afinal somos leigos no assunto, mas como temos agora um deficiente auditivo na família teremos que aprender sobre td !

    • 1 (unidade) aparelho OPN 1 MINI RITE comprado na Telex do Centro no Rio de Janeiro em Dezembro/2017 custou R$10.500,00, oferecido como promoção!

  • Bom dia!
    No Brasil, tudo o que é voltado para a saúde é caro de mais…Preços super abusivos.
    “Nós temos dificuldades em escutar e não dever, pois vemos que todos querem meter a mão no nosso bolso.
    Sus dá, mais talvez o seu bisneto pegue para vc um dia.
    Precisamos que tenham um orgão que controle os valores e que sejam divulgados para sabermos; Onde comprar e melhores preços!
    Isso que dizem; É diferente o modelos e por causa do ajuste, não tem como informar. Isso não procede! Coloque o preço variável entre o minimo e o máximo então! Pois vivemos em um Pais que dinheiro não cai do céu e estamos enfrentando a maior crise da história em que não estão sendo divulgados, por causa da eleições desse ano.

  • Bom dia!
    No Brasil, tudo o que é voltado para a saúde é caro de mais…Preços super abusivos.
    “Nós temos dificuldades em escutar e não dever, pois vemos que todos querem meter a mão no nosso bolso.
    Sus dá, mais talvez o seu bisneto pegue para vc um dia.
    Precisamos que tenham um orgão que controle os valores e que sejam divulgados para sabermos; Onde comprar e melhores preços!
    Isso que dizem; É diferente o modelos e por causa do ajuste, não tem como informar. Isso não procede! Coloque o preço variável entre o minimo e o máximo então! Pois vivemos em um Pais que dinheiro não cai do céu e estamos enfrentando a maior crise da história em que não estão sendo divilgados, por causa da eleições desse ano.

  • Bom dia gente, tenho 22 anos perda nos dois ouvidos que foram diagnosticados muito recentemente. Como ainda sou nova nesse mundo tenho pesquisado bastante sobre aparelhos afim de achar algum que atenda as necessidades do meu dia a dia. Fiquei encantada com a tecnologia do Opn e fui até uma loja do Telex para conhecer e saber dos valores porem me informaram que cada um sai por 17 mil reais e como preciso do par sairia por 30 mil reais com desconto. Sai extremamente chocada da loja, estava achando que pela tecnologia ser de ponta com certeza seja esse valor mesmo, porém lendo os comentários vejo que muitas pessoas pagaram por volta de 8 mil em cada um. Não sei bem o que pensar, continuarei procurando.

    • Querida , tenho 27 anos comecei a perder audição com sua idade. Infelizmente piorou depois que fiz cirurgia, melhor.opção hoje no meu ver é usar aparelho sim. O meu é zhara argosy, paguei na faixa de 10 mil no para 12 mil. Além.de discreto acho excelente aparelho. Cheguei a testar da phonak mas não achei tão bom (não sei o modelo)…. Uso nos dois ouvidos um esquerdo perda severa, direito perda moderada…. Estou sp não sei quanto custa em.outros locais. Importante.eÉ ir.num lugar q sinta.confiança.bjs

    • Aqui em Floripa achei o opn 1 que é ótimo por 16 mil cada…pesquisei em empresas que o meu otorrino não indicou e acabei comprando por 10.800
      Vc tem que pesquisar.
      Procura a Acustika em SP o preço deles é bom.

    • Larissa que postou em Março dia 10/03/2018 São situações assim que entristecem muito a pessoa … (30 mil em um par opn oticon)jovem e querendo o melhor sendo jogada um balde de água fria … que pena não aparece o email dela . . Pois iria dizer a ela que existe outros lugares onde é possível ela ter sua dignidade recuperada…

  • Quero comprar um audeo 50 B direct da phonak mais os preços em Brasília está meio pesado em torno de 7.800 . Se alguém souber onde tem menor preço me fale pois vi neste posto que alguém comprou em SP por 5 mil. Acontece que sp e grande e tem várias filias da phonak.

  • Parabéns pela iniciativa de organizar as informações. Meu pai precisa de aparelho por conta da idade, Foi ao medico e indicaram apenas 1 marca, e bem cara, Desta forma vocês estão nos auxiliando com muito conteúdo para a pesquisa de marcas e tipos de aparelhos que atendam a necessidade com o melhor custo benefício, já que o investimento é muito alto.
    Muito obrigado.

  • Pessoal boa noite.. Sou de Mato Grosso do Sul, meu esposo precisou de aparelho quando fomos encaminhados pra tirar o molde do aparelho, perguntei sobre o preço o fonoaudiologo não respondeu.. disse que não seria nada absurdo que não era pra nós preocuparmos… Enfim colocou o aparelho perguntamos novamente sobre o preço.. Mais uma vez disse pra não se preocupar… Enfim no retorno nós passou os valores a vista 9.900 parcelado chega a quase doze mil.. Enfim o que eu não achei certo foi o fato de não nos passar o valor e agora esse valor fica inviável pra nós…. Já aconteceu algo assim com alguns de vcs..

  • Parabéns, Paula! Você está entre as pessoas que merecem aplausos neste País. Tenho perda auditiva bilateral progressiva e……72 anos de idade. Usei os AudioSync por dois anos. Perdi um deles. Não uso o outro. Não quero mais!

  • Estou usando atualmente o Oticom opn 3 com bluetooth.

    Adquiri em outubro de 2018 por R$ 7.800,00. Considero que paguei um bom preço, a julgar pelos preços que aqui foram publicados.

    Acho que valeu, pois são muito bons e funcionam bem, mas para usar o bluethoot em todas as mídias é preciso adquirir um outro aparelho. No entanto, no caso de utilizar o Iphone, há um aplicativo da Oticom que faz a interação com muita qualidade, de modo que fica muito prático falar ao celular, pois o som é recepcionado diretamente nos aparelhos.

  • Sou Hellen tenho perda auditiva bilateral
    Na minha cidade SP Embu das Artes
    Consegui fazer as carteirinhas de gratuidade de onibus
    Foi simples e apenas ir ate uma UBS e solicitar .

  • Legal essa informação de marcas e valores. Já fiz algumas pesquisas tb um tempo atrás para saber e entender mais sobre aparelhos auditivos.

  • Pessoal, tudo bem?

    Quais aparelhos que tem a tecnologia bluetooth? Sei que a Oticon OPN tem, mas disseram aqui que existe mais aparelhos que já possuem a tecnologia… em quesito de conectividade o bluetooh é o mais atual?
    Minha surdez é “linear” ou seja não é necessário aparelhos com muitos canais para cobrir toda a minha deficiência. E por conta disso “os basicões” me atendem bem . Mas eu quero um que me ajude com telefone e outras conectividades.

    Agradeço se alguém puder me ajudar!

    • Audibel possui, dependendo do modelo de seu celular é possível ouvir não só as ligações diretamente na orelha, como também qualquer tipo de áudio (vídeos, áudios do Whatsapp, etc)

  • Paula, parabéns pela iniciativa!
    Gostaria de fazer uma sugestão para deixar as informações mais fáceis de serem comparadas: ao invés de escrever no formato “preço (cada/par)”, escolher uma das opções (cada/par) e atualizar o preço de acordo. Assim fica mais imediato bater o olho e comparar os preços entre um aparelho e outro.
    Mais uma vez, parabéns pelo blog e obrigada pelas informações!

  • Este é definitivamente o melhor post que já vi aqui. Nos EUA é muito comum/fácil ter acesso à tabela de preços de aparelhos online!! Aqui no Brasil é preciso marcar hora, ouvir um monte de baboseira, perder tempo e ainda assim às vezes até sair sem o preço. Perdi meu minitek no ano passado, e obtive (graças a um amigo) o preço de um do representante em Goiânia, e veja só, custava mais que o dobro que o de Brasília!! É excelente esse comparativo entre cidades (não entre modelos, é claro).

    Agora só falta as empresas responderem e-mails ou quaisquer tipo de comunicação que eles usam, sem termos que perder tempo marcando-hora-indo-ao-local-etc só para perguntar, por exemplo, se tem novidades. Eu, por exemplo, trabalho o dia inteiro e não posso ficar perdendo tempo indo para distante da minha casa e do meu trabalho no meio de horário comercial (porque só atendem em horário comercial) para resolver questões que poderiam facilmente serem resolvidas por e-mail!

    Para a minha perda, a Siemens é a melhor empresa, mas aqui em Brasília eu detesto o atendimento dos representantes, e infelizmente estou presa geograficamente a eles. Gostaria muito de me adaptar à Phonak, por exemplo, cujo atendimento só tenho elogios,mas não podemos escolher nossa perda…

  • Adorei a iniciativa! Irá facilitar a vida de muitas pessoas. E espero que com isso as empresas mudem a postura e comecem a divulgar os preços dos aparelhos. Sugiro divulgar em formato Excel para facilitar a visualização e para te facilitar na atualização e postagem. Muito obrigado pela iniciativa. Abraço

    • Também sou deficiente auditiva e sou do rio grande do sul comecei a usar aparelho auditivo em 2016 paguei pelo par do aparelho auditivo onze mil reais o par mas pesquisando melhor eu achei com conectividade Bluetooth o par por nove mil reais em porto alegre

  • EU COMPREI MEU APARELHO EM 2015 o preço era 4.000, mas com desconto pagando a vista paguei 3.700 . A prefeitura da minha cidade fornece com verba municipal, o próximo aparelho vou pegar pela Prefeitura de Barueri, pois não estou em condições de comprar o do outro ouvido.

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.