Destaques Fonoaudiologia Relato de uma fonoaudióloga

Relato de fonoaudióloga: Isabella Rodrigues

Conheci a fonoaudióloga Isabella Rodrigues em 2013, quando dei minha primeira palestra na FORL. Somos vizinhas (a Sonora e a AudioVip ficam no mesmo prédio) e a Isa me ajuda a ajudar várias pessoas adaptando aparelhos auditivos, atividade que exerce há bastante tempo. Isso não tem preço, isso é amar o que faz! 🙂

“Ao receber este convite da Paula para escrever este post fiquei imaginando por onde começar e aos poucos um filme foi passando em minha mente e me fazendo relembrar essa trajetória auditiva que já dura 27 anos! Tudo começou em 1989 onde fui cursar Fonoaudiologia por influência de uma prima após desistir de cursar Administração de Empresas. Logo que o curso começou me identifiquei de uma forma muito intensa com a área de Audiologia e aí não teve mais jeito… Foi amor à primeira vista! Comecei a me dedicar integralmente a tudo que se relacionava à audição e foi naquele momento que tive o meu primeiro contato com a área que seria a grande paixão da minha vida: a seleção e adaptação de aparelhos auditivos.

Uma paixão que começou ali e nunca mais parou. E foi assim que desde 1993 adapto aparelhos auditivos e através deles coleciono sorrisos, choros, alegrias, frustrações… Sentimentos estes tão presentes no dia a dia das adaptações. E neste baú de memórias muitos relatos poderiam ser feitos mas alguns me marcaram de uma forma especial como a protetização de um bebê de 3 meses onde mal conseguia fazer o pré molde, seu conduto era tão pequeno que mal cabia a ponta da seringa, seu pavilhão mal sustentava seu aparelho retroauricular e mesmo com respostas inconstantes nunca irei esquecer seu olhar ao ligar o aparelho e ouvir o som  pela primeira vez.

Outro momento que carrego na lembrança foi receber no dia da Fonoaudióloga um cartão com um desenho feito à mão onde mostrava o planeta terra com uma orelha e nele dizia: “Obrigada por me fazer ouvir o mundo”. Este paciente conviveu toda a sua infância e juventude com a perda auditiva e foi colocar seu primeiro aparelho auditivo com mais de 40 anos, até hoje recebo anualmente os parabéns! Por fim as protetizações mais inesquecíveis que faço há 6 anos desde que montei a minha empresa são as provenientes de aparelhos doados…Difícil de esquecer o verdadeiro olhar de gratidão, o abraço forte, os olhos mareados e aí neste momento não tem jeito a Fono chora junto… E ao final te tudo ainda ouvir MUITO OBRIGADA! 🙂

E nestes 23 anos de trabalho posso dizer que vivi momentos  emocionantes e marcantes pois cada um que passa em nossa vida , leva um pouco de nós e deixa um pouco de si . Há os que levam muito e há os que deixam muito, mas não há os que não deixam nada, como já dizia Antoine de Saint-Exupéry.

Com carinho, Isabella Rodrigues

35 amaram.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010, e também escrevo o blog Sweetest Person desde 2007. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 36 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

2 Comentários

  • Isabella,
    Parabenizo pela iniciativa. Mais ainda por fazer dessa profissão uma forma de auxílio ao próximo com carinho, amor e dedicação. São poucos os que fazem isso. Também sou usuária de aparelhos auditivos e, as vezes sofro preconceitos. Outros sofrem mais ainda. Sabemos das dificuldades que nos rodeiam, mas temos de ser fortes e buscar nossos direitos e auxílio garantindo viver melhor em sociedade. Essa é a nossa realidade…
    Bom saber que existem pessoas como você. Continue assim. Que Deus a abençoe.
    Viviane

    • Obrigada Viviane ! Muitos são os desafios , mas ainda continuo acreditando que quando realizamos nosso trabalho com amor e respeito conseguimos chegar ao nosso objetivo ! Nunca desista e nunca deixe o preconceitos dos outros atrapalhar a sua vida ! Um grande bjo !

Deixe seu comentário