Aparelhos Auditivos Deficiência Auditiva

7 motivos para amar os seus aparelhos auditivos

Os aparelhos auditivos são nossos parceiros para todo dia, toda hora, acompanham nossos passos e podemos sentir que  são como uma extensão do nosso corpo!

E você já parou para pensar em quantas coisas boas os aparelhos auditivos (sigla AASI) fazem por sua vida? Estão ali, paradinhos e aconchegados nas suas orelhas, e às vezes nem lembramos que eles existem. Que tal então celebrar tudo o que eles fazem por você? Ah, lembre-se de mandar esse texto para aquela pessoa que por teimosia não usa AASI porque acha que não tem nada a ganhar!

Aqui vão 7 motivos para AMAR seus aparelhos auditivos

Eles trazem segurança:

Quando você está em casa, usar seus aparelhos auditivos pode salvar o dia: alguém pode se machucar ou passar mal em outro cômodo e pedir socorro, e se você estiver ouvindo, terá como prestar ajuda! Para quem tem crianças, o cuidado é maior ainda, para escutar qualquer tombo ou grito. Se estiver sozinho, em caso de vazamentos, equipamentos elétricos ligados, ou até alguma tentativa de invasão você tem mais chances de ouvir. E cozinhando? A audição também ajuda a não causar um estrago no jantar…

Pode não parecer, mas caminhando pelas ruas, os AASIs te ajudam muito! Estão ali permitindo que você ouça se tem algum veículo se aproximando, ouça buzinas, veículos, sinetas de bicicletas e muito mais! Quantas vezes já fui salva pelos aparelhos auditivos ao caminhar em estacionamentos e conseguir ouvir que havia um carro se aproximando ou dando ré perto de mim!

Nem todos os surdos têm o mesmo resultado auditivo com as próteses, mas com certeza a segurança é bem maior ao ouvir mais! Faça o teste: em um local seguro na rua desligue os AASIs para relembrar o quanto eles fazem por você.

Elevam a sua auto-estima:

Sim, isso mesmo, aparelhos auditivos podem elevar a sua auto-estima! Embora algumas pessoas ainda tenham vergonha deles, os micos que podemos pagar por não usá-los podem ser maiores do que você imagina…Eu me lembro de quando não usava aparelhos auditivos e deixei cair, sem notar, uma caneta em um lugar repleto de pessoas, e saí andando. Uma pessoa viu, juntou a caneta e me chamou pra devolver, uma, duas, várias vezes e foi chamando mais alto, até gritar pra me chamar a atenção. Todos ao redor me olhando com uma cara esquisita, e eu no “mundo da lua”, quer dizer, do silêncio! Quando me contaram o que aconteceu, fiquei roxa-vermelha-igual-pimentão, de todas as cores!

E quando isso acontece, causa uma baita vergonha, principalmente quando a pessoa é tímida, o que prejudica a auto-estima. Ficamos acanhados porque até nos olham como se fôssemos desengonçados ou desatentos. Ouvir bem diminui essas situações e te faz uma pessoa mais confiante! É mais confiança para paquerar, para sair com os amigos, para fazer um pedido no restaurante…Você se sente atento e por dentro de tudo que acontece ao redor!

Quem já ficou sem ouvir deve lembrar de alguma situação tipo: não ouvir seu nome sendo chamado várias vezes, ou não ouvir alguém pedindo mil vezes licença para passar, não é? E aquela clássica, quando fazem uma pergunta e respondemos uma coisa nada a ver, porque nem entendemos o que perguntaram?! Depois, quando notamos o que aconteceu, já é tarde… #risos

Então, quanto mais usamos os aparelhos auditivos, mais nosso cérebro está fazendo treino auditivo, diminuindo os “micos” e aumentando nossa auto-estima. Portanto, deixe no passado qualquer vergonha de usar seus aparelhos auditivos!

Preservam os seus relacionamentos

Você já deve ter visto um grupo de amigos em que tem alguém fica só no celular o tempo todo, sem interagir… E isso também pode acontecer com uma pessoa surda:  o isolamento. Só que quem não se comunica, “se trumbica”, não é?!

Nossos aparelhos auditivos são uma ponte entre nós e nossos amigos, uma ponte por cima do rio do silêncio! Ouvir é rir, conversar mais e criar laços mais fortes. Sem comunicação, nenhum relacionamento perdura, e para falar, ser ouvido e ouvir, mais uma vez a tecnologia está aí nos ajudando.

Posso relatar que meus amigos e família notaram uma diferença enorme em mim depois que comecei a usar aparelhos auditivos, e as amizades, as risadas, as conversas, só aumentaram!

Imagine quantos momentos de diversão, desabafos, diálogos íntimos contando sonhos e ambições existiram graças aos seus aparelhos auditivos! Consegue imaginar aquele passeio épico na praia, com os amigos, sem ouvir? Ou aquele jantar tão especial, se você não estivesse ouvindo nada? Pois então!

Conversar por texto é ótimo e prático, claro, mas conversar pessoalmente, sentir as nuances de emoção enquanto a pessoa fala, é muito melhor e faz parte de nós como humanos.

Os AASI cuidam da sua saúde mental

Seguindo no assunto do item anterior, ao cultivar os seus relacionamentos você está cuidando da sua saúde mental também. Como você pode ler neste link do Portal Otorrino, ouvir com aparelhos auditivos ou implantes estimula o cérebro e pode ajudar a prevenir doenças!

Ah, e os benefícios de ouvir música? Não podemos esquecer deles! Música acalma, anima, desperta memórias e emoções, é maravilhosa para nosso cérebro e nossos ouvidos. (Claro que com volume regulado!). Então, xô isolamento! Alguma dúvida de que nossas “orelhas eletrônicas” têm muitos benefícios e só nos resta amá-las muito?

AASIs ajudam em sua carreira profissional e acadêmica

Não é raro alguém relatar que infelizmente já foi taxado de desatento no trabalho ou na faculdade, quando na verdade, a pessoa simplesmente não escutava! Claro que merecemos compreensão, mas não podemos simplesmente jogar o peso de nossa surdez nos outros: temos que buscar ouvir bem, procurar reabilitação auditiva para não causar mais empecilhos no emprego.

Ouvir e participar ativamente nas reuniões corporativas, se sentir confiante em uma apresentação de trabalho acadêmico, e quem sabe, falar em público e até fazer ligações telefônicas: seu dia a dia está sendo amparado por essas maravilhas da engenharia tão pequenas, nas suas orelhas! E aquele tão sonhado intercâmbio? Aparelhos auditivos com certeza vão te ajudar também!

Diminuem seu cansaço

Quem tem surdez já deve ter notado que parece que o nosso cérebro dá nó depois de um dia todinho fazendo leitura labial e lidando com diversas pessoas.

Essa atenção toda para ler lábios, e a preocupação com aquilo que você ouviu mas não entendeu, causa um esgotamento mental daqueles! E ainda tem o estado de “alerta”, que para não ficar por fora do que está acontecendo ao redor ativamos um modo de atenção turbo. E os aparelhos auditivos, quando bem adaptados e regulados, reduzem esse cansaço, dando uma folga para o cérebro, ainda mais com a avançada tecnologia que temos hoje. Claro que a leitura labial não precisa ser dispensada, mas fica mais fácil com os sons complementando, não é?

Revelam um mundo de sons

Só quem já passou pela experiência sabe: antes de usar aparelhos auditivos, não fazemos nem ideia de quantos sons estávamos perdendo! É como “sair da Matrix” e querer acordar todo mundo que ainda não escuta, mas acha que escuta.

São muitos os barulhos que nos cercam e não ouvir pode até fazer esquecer que eles existem. Quando finalmente você se rende à tecnologia, vem aquela enorme e indescritível emoção de redescobrir tudo o que acontece, se sentir vivo e presente!

 

Como não amar nossos aparelhos auditivos? 🙂

Seja o primeiro a amar.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 36 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

2 Comentários

  • Ele nos ajuda a ver o mundo com todas as cores e formas. Sim! Porque quando estou sem aparelho auditivo, lá se vai um pouco de minha visão de espaço e de mundo!

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.