Menu
Aparelhos Auditivos

10 fatos sobre APARELHO AUDITIVO com Inteligência Artificial

Um aparelho auditivo com inteligência artificial faz o que? Desde que o ChatGPT foi lançado, as pessoas começaram a se familiarizar com o termo inteligência artificial. A tecnologia está sempre evoluindo e, nos últimos anos, temos testemunhado avanços significativos na área da saúde, especialmente no campo dos aparelhos auditivos. Uma dessas inovações que está transformando a maneira como os indivíduos com perda auditiva experimentam o mundo ao seu redor é a integração da inteligência artificial (IA) nos aparelhos auditivos. A IA tem se mostrado uma ferramenta poderosa para aprimorar a funcionalidade dos aparelhos auditivos, proporcionando uma experiência auditiva mais natural e personalizada.

Para simplificar o entendimento, pense o seguinte: os aparelhos auditivos atuais funcionam com “programas” ou “modos”. Um “programa para música”, “modo ambiente com ruído”, “modo TV”, etc. São configurações estáticas programadas para se adequar a ambientes específicos e, por isso, não dão conta de mudanças inesperadas.  As tecnologias auditivas com inteligênia artificial seguem um caminho diferente. Em vez de um programa pré-configurado, os aparelhos auditivos com IA ouvem os milhões de sons que você ouve diariamente e fazem milhões de ajustes precisos em tempo real.

A inteligência artificial aprimora os aparelhos auditivos ao aprender a ajustar e melhorar sua capacidade auditiva em diferentes ambientes de escuta, ajudando a aumentar o reconhecimento e a compreensão da fala. Eles também podem usar sensores de informações, como os que detectam movimento, para tomar decisões em frações de segundo sobre como utilizar os microfones direcionais e parâmetros de amplificação dos dispositivos. Com aparelhos auditivos alimentados por IA, você passa menos tempo tentando filtrar o ruído ao seu redor.

Aparelho Auditivo com Inteligência Artificial

Os aparelhos auditivos alimentados por inteligência artificial utilizam algoritmos complexos e redes neurais profundas para processar e interpretar o som de forma semelhante ao funcionamento do ouvido humano. Esses dispositivos são capazes de analisar e distinguir diferentes tipos de sons e otimizar a experiência auditiva em várias situações, desde ambientes ruidosos até conversas em grupo.

Através do aprendizado de máquina, um subconjunto da IA, as máquinas utilizam algoritmos (também conhecidos como um conjunto de regras) para analisar enormes quantidades de dados e tomar decisões ou fazer previsões. Aprofundando um pouco mais, chegamos à rede neural profunda (DNN, na sigla em inglês): essa forma de IA é configurada para imitar os padrões neurais do cérebro e tem como objetivo responder da mesma forma que o cérebro, sem ser explicitamente programada para reagir em uma determinada situação.

Alguns aparelhos auditivos com Inteligência Artificial podem monitorar a pressão sanguínea, notificar os entes queridos em caso de queda, monitorar suas atividades físicas e até mesmo ajudar a prever e prevenir os primeiros sinais de demência. Embora algumas dessas funcionalidades estejam apenas em fase de teste, a base dessa próxima geração de aparelhos auditivos com IA já começou a ser implementada.

Quais aparelhos auditivos já usam inteligência artificial?

  1. Oticon More
  2. Starkey Genesis
  3. Widex Moment Sheer

10 coisas que a Inteligência Artificial faz pelos Aparelhos Auditivos

  1. Otimização automática do som: Os aparelhos auditivos com inteligência artificial são capazes de analisar o ambiente sonoro e ajustar automaticamente as configurações para uma audição ideal.
  2. Separação de fala e ruído: A inteligência artificial nos aparelhos auditivos pode identificar e separar a fala dos sons indesejados de fundo, melhorando a compreensão da fala em ambientes ruidosos.
  3. Aprendizado e adaptação personalizada: Os aparelhos auditivos com IA podem aprender as preferências e necessidades individuais do usuário, adaptando-se automaticamente para oferecer uma experiência auditiva personalizada.
  4. Redução de feedback e ruídos indesejados: A inteligência artificial ajuda a eliminar o incômodo feedback e outros ruídos indesejados, proporcionando um som mais claro e nítido.
  5. Conectividade com dispositivos inteligentes: Muitos aparelhos auditivos com IA possuem recursos de conectividade Bluetooth, permitindo que os usuários se conectem a smartphones, tablets e outros dispositivos eletrônicos para ajustar configurações e receber chamadas diretamente nos aparelhos auditivos.
  6. Reconhecimento automático de ambientes sonoros: Os aparelhos auditivos com IA podem identificar automaticamente diferentes ambientes sonoros, como restaurantes, cinemas ou ambientes ao ar livre, ajustando as configurações de acordo.
  7. Detecção de quedas: Alguns aparelhos auditivos com IA possuem sensores que podem detectar quedas e enviar alertas para contatos de emergência, fornecendo uma camada adicional de segurança.
  8. Tradução de idiomas: Alguns modelos de aparelhos auditivos com IA possuem recursos de tradução em tempo real, permitindo que os usuários compreendam e se comuniquem em diferentes idiomas.
  9. Melhoria da localização sonora: A IA nos aparelhos auditivos pode ajudar a determinar a direção da fala e dos sons ao redor, melhorando a percepção espacial e a compreensão da fonte sonora.
  10. Acompanhamento e análise de dados: Os aparelhos auditivos com IA podem coletar dados sobre o uso e as preferências do usuário, fornecendo informações valiosas para o ajuste e aprimoramento contínuo do dispositivo.

Inteligência artificial como aliada no tratamento da surdez

Um dos principais benefícios da IA nos aparelhos auditivos é a capacidade de adaptação. Esses dispositivos podem aprender e se ajustar automaticamente às preferências e necessidades individuais do usuário. Por exemplo, eles podem reconhecer padrões de uso, ajustar-se aos ambientes sonoros mais frequentes e até mesmo lembrar as configurações preferidas do usuário em diferentes situações. Essa capacidade de personalização proporciona uma audição mais confortável e eficaz.

Além disso, a IA também ajuda a lidar com o desafio de ouvir em ambientes com muito ruído. Através do aprendizado de máquina, os aparelhos auditivos podem identificar e separar a fala do ruído de fundo, amplificando a fala e reduzindo o impacto dos sons indesejados. Isso melhora significativamente a compreensão da fala em ambientes desafiadores, como restaurantes lotados ou eventos sociais barulhentos.

Outra aplicação interessante da IA nos aparelhos auditivos é a conectividade com dispositivos inteligentes. Muitos fabricantes estão integrando recursos de conectividade Bluetooth, permitindo que os usuários se conectem a smartphones, tablets e outros dispositivos eletrônicos. Isso oferece a oportunidade de ajustar as configurações dos aparelhos auditivos por meio de aplicativos móveis, receber chamadas telefônicas diretamente nos aparelhos auditivos e até mesmo transmitir áudio de dispositivos multimídia diretamente para os ouvidos.

A pesquisa e o desenvolvimento nessa área estão avançando rapidamente. Os fabricantes de aparelhos auditivos estão trabalhando em estreita colaboração com audiologistas e especialistas em IA para aprimorar ainda mais a funcionalidade e o desempenho dos dispositivos. Estudos científicos têm sido realizados para investigar os benefícios clínicos da IA nos aparelhos auditivos e sua eficácia no tratamento da perda auditiva.

É importante destacar que a integração da inteligência artificial nos aparelhos auditivos não substitui a consulta e o acompanhamento feito por um fonoaudiólogo, pois só ele pode avaliar as necessidades individuais do paciente, realizar testes audiométricos e ajustar adequadamente os aparelhos auditivos.

Eu preciso de um aparelho auditivo com IA?

Alguns pacientes não precisam de todos esses recursos – pessoas que vivem sozinhas ou raramente saem de casa e não se encontram frequentemente em ambientes com ruído e cheios de gente, por exemplo, podem não se beneficiar das funcionalidades encontradas em modelos mais avançados. Mas para quem está sempre em movimento e conectado, especialmente em situações com muitos sons envolvidos, recursos com IA permitem uma experiência auditiva mais aprimorada.

E para concluir…

À medida que a tecnologia continua a evoluir, a inteligência artificial está se tornando uma aliada poderosa no campo dos cuidados auditivos. Os aparelhos auditivos alimentados por IA oferecem uma audição mais natural, personalizada e eficaz, permitindo que as pessoas com perda auditiva desfrutem de uma melhor qualidade de vida. Com o avanço contínuo da IA, podemos esperar ainda mais inovações emocionantes e avanços no campo dos aparelhos auditivos nos próximos anos.

 

CLUBE DOS SURDOS QUE OUVEM: junte-se a nós!

grupo de surdos que ouvem deficiência auditiva surdez

A sua jornada da surdez não precisa ser solitária e desinformada! Para que ela seja mais leve, simples e cheia de amigos, torne-se MEMBRO do Clube dos Surdos Que Ouvem. No Clube, você terá acesso às nossas comunidades digitais (grupos no Facebook, Whatsapp e no Telegram), conteúdos exclusivos, descontos em produtos e acesso aos nossos cursos*.

São 21.700 usuários de aparelhos auditivos e implante coclear com os mais diferentes tipos e graus de surdez para você conversar e tirar suas dúvidas a respeito do universo da deficiência auditiva (direitos, aparelhos, médicos, fonos, implante, concursos, etc).

MOTIVOS para entrar para o Clube dos Surdos Que Ouvem:

  1. Estar em contato direto com quem já passou pelo que você está passando (isso faz toda a diferença!)
  2. Economizar milhares de reais na compra dos seus aparelhos auditivos
  3. Aprender a conseguir aparelho de audição gratuito pelo SUS
  4. Não cair em golpes (a internet está abarrotada de golpistas do zumbido, de aparelhos de surdez falsos e profissionais de saúde que não são especializados em perda auditiva!)
  5. Conversar com milhares de pessoas que têm surdez, otosclerose, síndromes e usam aparelhos para ouvir melhor
  6. Conhecer centenas de famílias de crianças com perda auditiva
  7. Fazer amigos, sair do isolamento e retomar sua qualidade de vida
  8. Pegar indicações de médico otorrino especialista em surdez e fonoaudiólogos do Brasil com pessoas de confiança

Se você for mãe ou pai de uma criança com perda auditiva, uma das comunidades digitais do Clube é um Grupo de Telegram com centenas de famílias se ajudando mutuamente todos os dias.

o melhor aparelho auditivo

Os erros que você NÃO PODE cometer ao comprar APARELHO AUDITIVO

Eu já passei pela saga da compra de aparelhos auditivos várias vezes. Já fui convencida a me endividar para comprar um aparelho auditivo “discreto e invisível” que sequer atendia a minha surdez. Já fui enganada ao levar um aparelho auditivo para o conserto na loja onde o comprei: a fonoaudióloga disse que ele não servia mais para mim sem sequer verificá-lo ou fazer uma nova audiometria. Já quase caí no conto do vigário de gastar uma fortuna num aparelho auditivo para surdez profunda “top de linha”, cujos recursos eu jamais poderia aproveitar devido à gravidade da minha surdez. Já fui pressionada a comprar um aparelho auditivo porque supostamente a “promoção imperdível” duraria apenas até o dia seguinte. E também quase cometi a burrada de comprar um aparelho de surdez que já estava quase saindo de linha por causa de um desconto estratosférico que ‘acabava amanhã’.

Mas VOCÊ não precisa passar por isso.

Criei um curso online rápido de 1h e 30min de duração que reúne tudo o que aprendi em 41 anos convivendo com a surdez 24hs por dia e que vai te fazer economizar muito dinheiro, tempo e energia para voltar a ouvir. Nele, você vai conhecer as PIORES PRÁTICAS da indústria da audição e tudo o que você precisa saber e perguntar ao profissional de saúde que estiver testando AASI com você.  Torne-se aluno AQUI.

O que você tem que saber ANTES de comprar um APARELHO AUDITIVO para não cometer ERROS:

Aqui estão as aulas que você vai assistir para comprar o seu aparelho de audição com segurança:

CURSOS SURDOS QUE OUVEM

 

 

 

About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

1 Comment

  • Renato Piccinin
    02/06/2023 at 16:19

    Posso concluir que os aparelhos que utilizam a IA são os considerados Premium? Ou seja, os de maior preço, tipo: R$ 13k a R$ 21k por aparelho?

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.