Como o livro Crônicas da Surdez te ajudou?

Como o livro Crônicas da Surdez te ajudou II

pat

‘Sou Psicóloga e tenho 37 anos.
Quando vi que tu tinha escrito um livro, fiquei louca pra ler e logo que foi lançado eu comprei e li numa “sentada”. Tu escreveu um livro sobre surdez aos 30 anos e eu descobri a minha surdez nessa idade. Tenho perda neurossensorial bilateral moderada. No que o livro ajudou? Me ajudou a percebeu que também tenho ruídos, talvez não tão altos e impertinentes como os teus. Parece que vivo no barulho da época em que a TV ficava fora do ar de madrugada (sou desse tempo!) – outras vezes parece a noite dos filmes em que tem barulho de algum inseto. Enfim algo difícil de descrever, mas que consigo conviver, apesar de ter descoberto há pouco graças ao teu depoimento sobre os teus ruídos. A tua aceitação em relação à surdez é o que eu quero ser quando crescer, pois como minha perda é moderada, parece que não posso me considerar deficiente e que por isso tenho alguns direitos. O teu relato sobre a Fono, a chatice do ajuste do aparelho, me fez lembrar de todas as angústias e receios que eu  tinha no inicio: como vou conseguir manejar um aparelho tão pequeno? Entre outras coisas. As fonos são uns anjos e um poço de paciência! Acho que pra mim ficaram mais questionamentos e refletir acerca do que é ser surdo e o que isso implica. Agora que tu fez o implante, comecei a me questionar se não é hora de trocar de trocar de aparelho. Mal posso esperar pelo volume 2 do livro!
Patrícia Wolff Müller
Psicóloga e Mestranda em Psicologia Clinica’
16 amaram.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 36 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.