Menu
Deficiência Auditiva / Histórias dos Leitores

A história da Suellen: perda auditiva moderada bilateral

‘Meu nome é Suellen, tenho 24 anos, moro no interior de São Paulo e quero compartilhar minha história com vocês!

Tenho perda auditiva desde criança (genética), porém, quando criança a perda era leve, fazia acompanhamento todo ano pra avaliar minha audição, o tal exame “audiometria” (era de lei o médico pedir rsrsrs). Confesso que não curtia muito fazer esse exame… Cheguei na fase adulta e parei de me cuidar, fiquei anos sem realizar a audiometria e como a perda era leve fui me virando bem. Só que com o passar dos anos a situação foi se complicando, tinha um pouco de dificuldade para me comunicar. Assistir à TV era sempre com o volume alto (minha mãe reclamava e pedia para baixar o volume), foi então que decidi procurar o médico pra saber o que estava acontecendo.

Quando realizei uma nova audiometria fiquei surpresa com o resultado, pois não foi bom, no exame estava escrito: –Perda auditiva moderada bilateral. O médico com o resultado em mãos me disse que esse tipo de perda já tem indicação para utilização dos “aparelhinhos auditivos”. Saí do consultório e fingi que aquilo não era comigo, pensei… imagina eu usar aparelhos!! Todos vão ver!! Comentar !!! Que tola eu né?

Como tenho rinite e minha garganta sempre inflama e etc, tive que retornar ao consultório e o otorrino me perguntou: ‘E e ai Suéllen já foi ver os aparelhos?’ Pensei ‘Afff, de novo esse papo??‘ , respondi que não e falei que não queria usar, pois tinha vergonha e tudo mais, e ele prontamente explicou que hoje em dia os aparelhos estão super modernos, pequenos, bem discretos, imperceptíveis, enfim, ele acabou me convencendo e fui procurar mais informações. Fiz o teste com um aparelho e não me adaptei, então procurei outro núcleo e nesse núcleo a fono me indicou outro modelo de aparelho com o qual me adaptei muito bem. Claro que de início minha preocupação era esconder os aparelhos, mas com o passar dos meses me acostumei. Hoje não vivo sem eles, trabalho normalmente, assisto TV sem atrapalhar minha mãe. Tranquei a faculdade de Nutrição por motivos pessoais mas pretendo voltar assim que possível.

Hoje falo da minha deficiência numa boa, não saio contando pra todo mundo pois isso é algo pessoal. Falo para as pessoas mais próximas a mim. Algumas pessoas ficam surpresas, e o que eu mais escuto:

  • – Nossa tão jovem e já usa aparelhos?
  • – Quando você tira não escuta nada?

 Tiro de letra e explico com maior prazer. Minha dica é que nunca deixem de se cuidar, os aparelhos são muito importantes para nós deficientes auditivos. Eu fiquei anos sem me cuidar e quando resolvi procurar ajuda minha perda já estava em outro estágio, então, se cuidem não façam como eu. Sei que no início é difícil, em alguns casos rola um pouco de vergonha (como senti no início) mas passa, nos acostumamos e passamos a levar numa boa.

Um abraço a todos que acompanham o blog Crônicas de Surdez, quem quiser me seguir no Instagram é @suellensousa503 ou Suéllen Caroline de Sousa no Facebook. Será um prazer fazer novas amizades!’

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

5 Comments

  • Angélica
    18/05/2016 at 12:10 pm

    Olá Suellen,
    Tenho perda total unilateral na OD e leve a moderada na OE. A minha perda ainda não descobri a causa, mas me acompanha desde criança. Também fiquei com vergonha de usar aparelho auditivo , mas depois desencanei! rsrs…Penso da seguinte maneira, óculos fica muito mais visível do que o aparelho auditivo e é tão normal ! Então, temos que agradecer que podemos utilizar de tal tecnologia para viver bem !!!
    Brinco com meu marido que somos uma dupla ele usa óculos e eu aparelho auditivo, então ele é meu ouvido e eu os olhos dele !!! rsrsrsrs
    Parabéns pela sua história !!!! beijos Angélica.

    Reply
  • Viviane
    02/04/2016 at 10:18 pm

    Suellen, parabéns pela sua decisão. Também tenho perda auditiva bilateral moderada, problema genético. Talvez seja o mesmo que voce. Só percebi apos os 20 anos, por ser progressiva. Sei o quanto foi difícil ter coragem para enfrentar e usar aparelhos. Hoje tambem não tenho mais vergonha, e falo quando preciso. Algumas pessoas ficam com pena, mas quando percebem que somos normais e capazes nos tratam de forma igual. O mundo na verdade não tem pena ou tempo de se preocupar conosco. Temos que nos virar.
    Abraços e que Deus proteja a todos nós.
    Viviane

    Reply
  • Zago Mattiello
    28/03/2016 at 2:34 am

    Show de depoimento e espero que toque o coração de outras pessoas com esses problemas… Vergonha devemos ter se não cuidarmos de nossa saúde, afinal, viver é uma Dádiva, é um presente de Deus e o melhor agradecimento que Ele espera de nós, é que cuidemos bem de nossa vida e saúde!!
    Parabéns e Deus te abençoe Suellen!!!

    Reply
  • Danielle
    27/03/2016 at 10:27 pm

    Foi exatamente assim que aconteceu comigo! Deixei o tempo passar e quando fui ver ja tinha perdido muita audição. Sentia muita vergonha de ter que usar aparelho, foi muito dificil pra mim. E apesar de escutar só de um ouvido com aparelho,me auto estima melhorou bastante. Deixei de ter vergonha de mim e passei a ouvir!

    Reply
  • Cleiton Barcellos
    27/03/2016 at 8:16 pm

    Parabéns suellen , bela iniciativa e que seu depoimento seja de exemplo pra muitas pessoas não só com deficiência auditiva, mas para todos que tenha alguma dificuldades com suas deficiência.

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Iniciar conversa
Marque a sua consulta na Clínica Sonora