Destaques Relato de uma fonoaudióloga

Relato de fonoaudióloga: Aila Waleska

Que delícia poder reativar a tag Relato de Uma Fonoaudióloga, que estava adormecida há alguns meses. Quem quiser participar contando porque é apaixonada por audiologia e reabilitação auditiva, entre em contato: paula@cronicasdasurdez.com 😉

‘Olá queridos leitores e amigos, meu nome é Aila Waleska Coelho Gomes, sou fonoaudióloga por escolha e audiologista por paixão. Tenho 30 anos de idade, sou mineira de Belo Horizonte, mas a pouco mais de um ano vim me aventurar na cidade de Goiânia em busca de novos sentidos. Por incrível que pareça hoje chove em Goiânia, chuva forte que está teimando em tirar meu sono e assim resolvi escrever para vocês.

Quando me formei, há pouco mais de 8 anos, me doei por completo pros baixinhos e assim me especializei na área educacional, mas a vida como uma grande montanha russa me levou a trilhar um caminho encantador unindo meus baixinhos, meus adultos e meus sábios em um só lugar. E lá estava eu em um mundo azul, rosa, branco, amarelo, com pouco som ou sem som nenhum. Pegando um pouquinho de cada um e deixando muito do meu coração. Eu havia entrado em vários mundos e vários mundos entraram e entram diariamente no meu.

Tibum!!! Mergulhei de cabeça no mundo da perda auditiva e que mundo desafiador é esse! Sentia-me em um labirinto de perguntas, descobertas, medos e sorrisos. Quantas noites sem dormir pensando nas adaptações, nas angustias, nos medos e nas celebrações… Simplesmente encantador.

Meu olfato, minha visão, meu paladar, meu tato, meu mundo passou a ser dominado por opções, tamanho, cores, tecnologias de um “serzinho” que tem a função de dar prazer, de devolver sorrisos, de amplificar corações. Sabem de quem estou falando? Sim, desse mesmo. Aparelhos Auditivos, essas duas palavrinhas fazem meu coração acelerar como um carro de corrida ao lembrar os benefícios que trazem para uma toda vida. Algo tão simples aos nossos olhos capaz de mudar uma família.

Quando os pacientes chegam com aquele receio eu logo penso “me aguardem, farei uma mágica neste teu interior” e faço! Sou mágica, sou palhaça, conto contos e ate canto se necessário (nem queiram ouvir rs). Ao entrar na minha sala me comprometo a mudar as nossas vidas. As mãos frias, suadas de ansiedade saem quentinhas e saltitantes e assim vou enchendo minha “mala” com lindas histórias. Lembro de uma mãezinha que caiu em lágrimas quando sua filha falou “oi mãe, você me ouve?”. Essa simples frase demorou 17 anos para ser ouvida por essa mãe de perda profunda bilateral.

Tive a honra de atender o pequeno garoto de 4 anos que após 1 mês de uso, já estava dançando, emitindo sons, acariciando os pais com uma profunda gratidão. Esse pequeno era tachado pelo pediatra como preguiçoso, por isso não falava e na verdade doutor, ele precisava era de ajuda, pois ele não ouvia. Lembro de mil olhares tristes sentados na minha direção na expectativa “será que vou ouvir?”, “será que isso da certo?” e quando ligo os aparelhos ganho mil sorrisos escancarados dizendo “EU TO OUVINDO”, “DÁ CERTO”.

E hoje, há poucos minutos ouvi de uma paciente em lágrimas: “Acordo, lavo o rosto e aquele silêncio total que chega a doer minha alma, mas quando eu coloco meus aparelhos ai eu começo a viver. Meus aparelhos me devolvem a vida”.

Sou eternamente grata a Deus por permitir que eu mude um pouquinho à vida de cada um. Grata pela chuva que roubou meu sono, pois tenho certeza que este simples texto poderá mudar a sua vida. Acredite, não existem acasos. Se você está vivendo ou conhece alguém que vive em um mundo mais silencioso que o nosso, não se apavore, precisamos de apenas três doses:

*de coragem

*de amor

*de ajuda

Sou capaz de ficar aqui relatando muitas histórias, pois são vários os testemunhos, assim como vários são os medos de vocês pacientes e acreditem nosso também (rs), mas lhe convido… Segure firme em nossa mão (fono), acalme vossos corações que juntas vamos ouvir a vida e sentir as batidas dos nossos corações num único compasso…

No compasso da audição.’

72 amaram.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 36 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

21 Comentários

  • Olá, Drª Aila Waleska,
    Curti muito seu relato. O encontrei pq já estava procurando por suas referências e contado, devido a informações de minha irmã que esteve em seu consultório com meu pai – q tb amou vc – entretanto, ela ñ lembrava seu sobrenome e nem tem seu contato.
    Por isso, quero saber seuCONTATO para saber os custos de de levar meu pai e comprar novos aparelhos auditivos.
    Sou – meus contatos são:
    66 98463 0313

  • Que perfeito… depois que fiquei sem audição tive uma vontade imensa de fazer Fonoaudiologia. Não sei se dá certo, por eu ter perda severa e moderada, mas vou tentar.

    • Claro que vai dar certo Ju, olhe sempre pro teu coração… Fonoaudiologia é amor e isso tenho certeza de que você tem de sobra!
      Tenho uma amiga que é Fono e tem perda auditiva severa
      Confie em você e vai me contando por email
      Bjusssssssssss

  • Obrigada a todos leitores, amigos, família e pacientes pelos comentários e carinhos.
    Contem sempre comigo e com a Fonoaudiologia.
    Abraços carinhosos em cada um de vocês.

  • Que lindo relato!!!Fomos tao abençoados em ter uma audição perfeita, que nos passa despercebido a bênção que é ouvir..cantar…falar…
    Ao ler esse relato, percebe-se tamanha dedicação, compromisso, a profissão passa a exercer uma função social e emocional!
    Que Deus te abençoe na sua missão!

  • Dr. Preciso de indicação de um fono em Belo Horizonte, que atenda unimed.
    Meus primos são surdos e agora tiveram um filhinho que nasceu surdo também. Gostaria de ajuda-los a seguir em frente com o neném mais seguros.
    Desde já agradeço,

  • Quem tem o prazer de conhecer a Aila sabe o tamanho de seu amor pelo que faz. Vive cada atendimento, vibra com cada conquista e chora que só vendo rs
    Parabéns fono linda
    Sucesso!

  • Tenho perda auditiva e não é fácil adaptar com aparelhos auditivos, porém é possível graça aos grandes profissionais que encontramos nesta vida a fora como você que faz o fardo ser mais leve e ate prazeroso.
    Parabéns pela escolha dessa linda profissão e por honra-la e respeita-la com tua profunda admiração.

  • Quando o profissional atua por amor, o dia passa mais rápido, os problemas são resolvidos e as vezes nem são percebidos. Sou um privilegiado por ver de perto a leveza e facilidade com que você conduz as coisas. E aprendo com isso! Parabéns Aila pelo que você é e pelo que faz por seus pacientes. Somos orgulhosos e quero continuar perto para presenciar o sucesso que te espera.

  • Oi minha Fono querida, qual aconchegante é chegar na clinica e ser recebida pelo teu sorriso que acalma o profundo do nosso ser. Dra Aila atende minha mãe e ela com total quietude e doçura mudou as nossas vidas. Lembro do dia que voltamos do teste, minha mãe disse: Realmente faz diferença, foi bom, mas não preciso disso. Dra Aila se levantou pediu licença e tirou os óculos que minha mãe estava usando e pos sobre a mesa. Minha mãe assustada perguntou: Porque tirou meus óculos? eu preciso deles para enxergar e Dra Aila com total simpatia comparou o óculos ao aparelho auditivo e lá estava minha mãe convencida e sorrindo.
    Obrigada doutora por estar em nossas vidas. Abraços carinhosos da Dona Augusta e da nossa família

  • Que texto delicioso, me imaginei com você em consultório. Muitas vez um simples amor pode influenciar na mudança deste nosso mundo tão tumultuado. Parabéns acima de tudo por pensar no outro. Amei de paixão este blog.

  • Belíssima profissão!!! E que história inspiradora Aila Waleska! Parabéns por ser esta profissional que ama o que faz e com isso faz com maestria!

  • Que delícia este blog e concordo Dra Aila ao ler que não existem acasos. Descobri minha perda auditiva ha poucos meses e que desesperador, mas hoje minha alma foi acolhida com tuas palavras leves e simples. Paula você é um ser iluminado por ter este canal de comunicação. Parabéns!
    Dra Aila escreva mais vezes por favor para que nossa alma venha a ser sempre acariciada.
    Beijos!

  • Vivemos tempos onde não se ver profissionais como esta profissional, Aila Waleska, onde o foco não está no resultado financeiro, mas sim no bem estar de seus pacientes. Profissional tem q sensibilizar com o sofrimento dos outros. O maior ganho é um sorriso, um olhar brilhante de alegria de poder sentir_se a vida fluir.
    São profissionais como a Aila que, com um simples gesto em poder fazer bem aos outros é que engrandece. Primeiro ame, depois continui amando o que faz, principalmente em poder fazer com que as pessoas possam ouvir o som da vida.
    Parabéns Aila Waleska, você é mais que uma profissional, você é o diferencial que traz alegria e confiança.

  • Como é lindo e motivador ver profissional assim apaixonado pelo que faz.
    Precisamos de mais pessoas como você Ayla que acreditam que com pouco são capazes de mudar um pouco esse mundo.
    Deus continue te guiando e dando lhe sabedoria para continuar essa busca incessante de novas descobertas.
    Adorei o texto.
    Leve doce prazeroso de ler.:)

  • É encantadora a dedicação dessa profissional. Tenho certeza que o Senhor lhe abençoará ainda mais na sua profissão, porque é muito amor e dedicação envolvido.
    Texto emocionamente, minha querida!

  • A Dra. Aila Gomes tratou a minha mãe. Ela é muito profissional e atenciosa além de demostrar ser possuidora de um conhecimento impar.
    Ela é tão boa no que faz que está desperdiçada na empresa que trabalha. Ela deveria alçar voos mais altos e assim poder ajudar muito mais pessoas.

  • Que relato lindo! São de profissionais com essa paixão que precisamos em todas as areas desse mundo. Parabens Aila! É um previlegio trabalhar com aquilo que ama e vejo que você é apaixonada. Deus te abencoe!
    Adorei o blog!

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.