Menu
Crônicas da Surdez

Vídeo do Boticário sobre implante coclear: representatividade e visibilidade

boticário pais implante coclear

Hoje de manhã acordei com uma mensagem do meu amigo querido Sadi Consati no Instagram com o link de uma propaganda de Dia dos Pais do Boticário.

O VÍDEO…

Assisti ao vídeo às 6:45 da manhã e minha primeira reação foi ficar toda arrepiada. As lágrimas começaram a brotar instantaneamente, ainda mais depois que vi meu filho de 3 anos assistindo ao vídeo junto, com os olhos vidrados na tela. Ele me olhou e disse: “Mamãe, eles também têm implante!

Quando a gente se enxerga nas propagandas, nos filmes, na TV, nos outdoors, em campanhas publicitárias, nas revistas e nos vídeos a sensação é indescritível. Qualquer pessoa com deficiência na face da Terra conhece a sensação de se sentir invisível e de ser invisível aos olhos dos outros.

Segundo a OMS, no Relatório Mundial da Audição, 1,5 BILHÃO de pessoas no mundo hoje têm algum grau de perda auditiva (surdez).

É muita gente. Milhões de pessoas usam aparelhos auditivos. Quase um milhão de pessoas usam implante coclear.

E por que quase NUNCA vemos essas pessoas representadas nas mídias digitais e tradicionais?

REPRESENTATIVIDADE

Essa propaganda de Dia dos Pais do Boticário deu representatividade aos surdos que ouvem.

A sociedade ainda desconhece a diversidade da surdez. As pessoas sequer sabem que pessoas surdas podem ouvir e podem voltar a ouvir através da medicina, da fonoaudiologia e da tecnologia.

No geral, todo mundo pensa que surdo é só quem não ouve nada e que só se comunica através de Libras. É por isso que digo que as conversas e narrativas sobre diversidade e inclusão são tão limitadas e, de tantas formas, mais excluem do que incluem. A palavra de ordem é DIVERSIDADE.

Se as pessoas não são representadas nos filmes, propagandas, se não estão em posições de liderança, nas empresas e em todos os lugares, é como se elas não existissem.

VISIBILIDADE

Raras são as marcas que dão visibilidade às pessoas com deficiência. E raríssimas as que ousam mostrar a diversidade das deficiências, outros olhares, contar novas histórias.

É a primeira vez na vida que vejo uma propaganda na qual o implante coclear aparece o tempo todo e é protagonista do storytelling. Será que o time do Boticário sabe que Malala usa um implante coclear? Será que eles conhecem o movimento #surdosqueouvem?

O Boticário já tinha feito um vídeo sobre língua de sinais no Natal, também emocionante.

ARMÁRIO DA SURDEZ

A narrativa do vídeo vai de encontro a tudo o que promovo exaustivamente há 11 anos: a saída do armário da surdez. Como é importante ser VISTO. Como é importante ter por perto alguém que nos enxerga e nos escuta em toda a nossa vulnerabilidade. Quando encontramos esse apoio também encontramos força e coragem para nos expressarmos em toda a nossa plenitude.

O mais lindo da história é que o pai e a filha que inspiraram o vídeo são membros do Grupo Surdos Que Ouvem e ativistas incansáveis da reabilitação auditiva.

Marivaldo de Paula é um paizão daqueles que a gente acha que só existem nos filmes. Mas ele é real. E agora está nas telonas emocionando todo o Brasil. E eu não consigo parar de chorar cada vez que revejo o vídeo.

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

1 Comment

  • Juliana Malafaia
    24/07/2021 at 8:22 pm

    Eu simplesmente estou com um olho na minha lágrima rs

    Que vídeo mais gostoso, não tenho palavras para expressar o que senti.

    Lindo de ver. ?

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Iniciar conversa
Marque a sua consulta na Clínica Sonora