Menu
Aparelhos Auditivos

Detalhes sobre o Pure 700 da Siemens

Surdez severa é complicada. Para dizer o mínimo. Quando decidi que era hora de trocar de aparelhos e ficar em dia com a tecnologia, percebi que era uma pesquisa bem cansativa, mas que deve ser feita com amor e carinho. Caso contrário, a chance de decepção é bem alta.

Depois de meses pesquisando o assunto na internet, me decidi. Optei pelo modelo Pure 700 da Siemens.

O Pure 700

O Pure 700 é quase imperceptível. Ok, já passei há anos da fase de me importar se alguém vai ou não vai enxergar meus aparelhos. Os intracanais que uso hoje são quase invisíveis, só aparecem se eu estiver com o cabelo preso. Quem disser que a discrição não tem alguma importância quando se fala em aparelho auditivo, está mentindo. Ninguém gosta de se sentir invadido, com olhares curiosos. Discrição já foi o fator número 1 para mim na hora de fazer uma escolha dessas. Hoje, não mais.

O Pure 700 é assim:

Tecnologias que ele possui:

Receptor no canal (RIC – receptor in the canal):  o receptor fica fora do aparelho, deixando-o menor e mais discreto.

– Alta potência: apesar do tamanho pequeno, ele possui diversos níveis de potência para atender a diversos níveis de perda auditiva. Atende de perdas auditivas de grau leve a moderadamente severo.

– Conexão Bluetooth a equipamentos de áudio como celular e TV, mesmo se o equipamento de áudio não possuir Bluetooth: para esses casos, o Tek acompanha o Tek Transmiter que é um adaptador Bluetooth. Por exemplo, você conecta esse adaptador na TV e ela passa a ter conexão Bluetooth para conectar aos seus aparelhos auditivos.

–  DataLearning: é um recurso que aprende as preferências de ajuste do usuário. Isso quer dizer que após alguns dias de uso, o aparelho aprende suas preferências e passa a ajustá-lo automaticamente. Quanto mais você usar, menos ajustes são necessários.

SoundSmoothing: vários aparelhos auditivos já possuem tecnologia de redução de ruídos contínuos, como o ar condicionado, de forma que o aparelho amplifica a fala e reduz o ruído, oferecendo maior qualidade sonora. Mas o Pure, além de reduzir os ruídos contínuos, oferece um recurso que é a redução de ruídos abruptos como o barulho de pratos batendo. São ruídos muito curtos e altos, que incomodam quem usa aparelhos. Com esse recurso, por exemplo, a conversa durante um jantar se torna muito mais fácil.

Baterias recarregáveis: é ótimo não ter que se preocupar com a compra de pilhas e o manuseio delas (pacientes mais idosos têm dificuldade de manusear peças muito pequenas, aliás, até eu tenho!). O Pure pode ser carregado durante a noite. Ele precisa de apenas 5 horas para estar carregado para o dia seguinte todo de uso.

Pelo que pesquisei,  os grandes diferenciais do Pure em relação aos aparelhos similares de outras marcas são o tamanho pequeno, performance, baterias recarregáveis e conexão Bluetooth. Alguns desses itens até podem ser encontrados em aparelhos similares, mas não tudo em um único aparelho.


O Tek é um controle remoto convencional (ajusta as funções de programa e volume do aparelho e controla o nível da bateria) e também tem a função de conexão Bluetooth. É ele que conecta o Pure com a TV, o celular, o Ipod, MP3, PC…

***sim, eu adoraria falar ao telefone ou até mesmo ouvir meu Ipod através do aparelho, PORÉM, não farei nenhuma grande expectativa quanto a isso. Ouvir música através de aparelhos auditivos é muito esquisito. E não falo ao telefone há tantos anos que nem lembro mais como é.

A verdade é que as pessoas têm mais expectativa quanto a isso do que eu mesma. Até me pergunto ‘poxa, alguém vai morrer se não conseguir falar no telefone comigo??‘.  Brincadeiras à parte, esse é um fator de stress pra mim. Não é porque o aparelho conecta com o telefone que vou conectar e sair falando – quem dera fosse simples assim!

Existem outros controles remotos convencionais, sem a função da conexão Bluetooth: ePen (parece uma caneta, ganhou prêmio de design fora do Brasil) e o ProPocket.  Mesmo usando dois aparelhos só é preciso um Tek. Os aparelhos têm uma tecnologia que chama e2e wireless 2.0, que permite que os dois aparelhos se comuniquem, via wireless.

Assim, quando você ajusta o volume ou programa de um deles, o outro se ajusta automaticamente. Ter os dois aparelhos em sincronia permite maior localização sonora, ou seja, identificação de onde vem o som.   Isso não diz respeito apenas a conforto auditivo, não. Diz respeito à segurança também. Exemplo: ao atravessar a rua, você consegue identificar facilmente de onde vem a buzina do carro.

Com o e2e wireless, os dois aparelhos auditivos atuam como um sistema único binaural.

Alguém já usa esse modelo? Ou conhece alguém que use? Tell me! 🙂

Agora vou passar pela parte chata, estressante e cansativa: a adaptação das próteses junto à fonoaudióloga. Depois de muitos anos, aprendi que é, definitivamente, a questão que deve ser levada mais a sério. Como já escrevi em outro post, as coisas não acontecem num passe de mágica, e não é no primeiro minuto após colocar seu novo amigo que você irá amá-lo e ele retribuirá funcionando perfeitamente. Demora!

Rola frustração, irritação, nervoso, medo. Tudo! É preciso muita “força na peruca” para segurar a barra e ter energia suficiente até conseguir um som que nos agrade. E não, não é para ter vergonha de ir ao consultório quantas vezes forem necessárias. É o único jeito de tirar proveito de tudo o que o seu novo aparelho oferece. Nada de desistir nas primeiras semanas!

Sobre

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 38 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

32 Comentários

  • Emilio Maria Boria
    05/06/2017 at 5:31 pm

    Procurando um bom aparelho.
    Preciso de endereco e telefone da firma vendedora
    Agradeco a colaboracao.

    Responder
  • Ermelinda Vizinho
    01/03/2017 at 11:41 pm

    Gostaria de saber onde existe loja de venda dos aparelhos Siemens pure em Portugal e o preço do 701.
    Muito obrigada

    Responder
    • Paula Pfeifer Moreira
      17/05/2017 at 9:36 pm

      Ermelinda

      encontro de leitores do cronicas da surdez dia 25 de maio as 17hs no Hotel Eurostar das Letras no Rossio!

      Venha!

      Bjos

      Responder
  • Ana Cláudia Rufino
    06/04/2015 at 1:35 pm

    Percuso só tem um s e não revisei e escrevi errado. Corrige por favor, se puder. Beijos. Detesto erros de português. Bj.

    Responder
  • Ana Cláudia Rufino
    06/04/2015 at 1:32 pm

    Olá! Bom dia!
    Adorei a matéria a respeito da “saga” em busca do aparelho ideal. Eu como deficiente auditiva bilateral sei muito bem como é o percusso.
    Estou procurando uma aparelho retroauricular mais moderno e pesquiso a tecnologia e preços é óbvio.
    Você tem alguma referência de preço do adaptador para tv para aparelho auditivo e o dispositivo soundgate?
    Estou pesquisando e não encontrei preço até agora. Os aparelhos auditivos, já tenho idéia dos preços.
    Tenho mil dúvidas ainda. Vou continuar pesquisando.
    Que você tenha uma excelente adaptação.
    Beijão e obrigada pela generosidade de compartilhar informações importantes.

    Responder
  • Leandro Silva
    25/02/2015 at 9:50 pm

    Comecei a fazer o teste do aparelho hoje, o pure 701 e a resposta esta sendo muito positiva, recomendo a todos!

    Responder
    • orides riciardi
      22/05/2017 at 3:34 pm

      boa tarde Leandro tudo bem, estou fazendo pesquisa para compra de aparelho, então esse aparelho e muito bom, podeconfiar

      Responder
  • Josiane Segantim
    03/02/2014 at 11:16 pm

    Olá..é primeira vez que entro neste blog…eu amei..aprendi tantas coisas me ajudou mto….
    Sou deficiente auditiva de nascencia, uso aparelho só no lado esquerdo (perda moderada)..pois o lado direito é perda severa..quase não uso pq não consigo acostumar;;;dói a cabeça tal…
    Tenho 23 anos, sou casada. E trabalho como vendedora de tecidos em Campo Grande-MS…foi um desafio trabalhar com pessoas mas graças a Deus tenho superado a cada dia.
    Foi através deste blog que fico sabendo que existe novas tecnologias de aparelho…penso em comprar novos aparelhos para ter uma qualidade de vida melhor.
    abraços e Parabéns pelo seu blog…vou continuar lendo sempre

    Responder
  • fernando souza
    18/11/2013 at 7:43 pm

    Ola andrea!
    Certo.
    Aconselho assim;
    Primeiro entre no site siemens auditivo, e seleciona o seu estado e municipios desejado, e em seguida encontrará o endereço preferido.

    Espero ter ajudado isso.

    Atenciosamente
    Fernando Souza

    Responder
  • Andréa
    24/10/2013 at 11:57 am

    Olá! Estava lendo seu blog e sou usaria de aparelho auditivo há 10 anos, o meu é um B12, e agora estou prestes a comprar outro, o meu aparelho eu comprei na Widex.O que você acha da wider?Gostaria de saber quanta custa O Pure 700, no caso a minha perda perda é moderadamente severa? E se você sabe se o Pure 700 tem alguma empresa que vende em Belém do Pará?Obrigada! Andréa.

    Responder
  • Fernando de Souza
    01/08/2011 at 10:33 am

    Ola bom dia a todos,

    Bom, eu estou usando o aparelho auditivo da siemens pure 701 há quatro dias que estou usando.

    Antes testei um aparelho pure 501, e nao conseguir ouvir bem ou seja ouvindo barulho que nao consegue identificar o sons.

    Pois esse 501 só tens 8 canais e o 701 tens 16 canais, por isso quanto mais canais captam mais sons.

    E ja estava falando errado, e estou começado a falar devagar e autocorrigir na lingua portuguesa.

    E o preço do Pure 701 custou mais 10.000,00, pois o preço nao importa, o que mais importante é ouvir bem, que meus pais está feliz em que estou ouvindo e falando.
    ___________________________________________________

    Eu sou portadora deficiencia auditiva, perda auditiva severa na faixa de 90db,

    Quando eu tinha 5 anos de idade e usei primeira vez com o aparelho auditivo e comecei a falar ao 8 anos de idade, pois falava errado. E ja usei em varias marca de aparelhos auditivos.

    Desde ja agradeço pela atençao

    Abraço a todos! Que deus te ilumine…

    Responder
  • Ana Saleme
    16/06/2011 at 5:53 pm

    Oi, sou mãe do Biel, um menino de 12 anos e que já usa prótese auditiva há 10 anos. Este ano estamos fazendo uma nova seleção de prótese. O Biel já testou o Pure 700 e agora vai testar o Pure 701. Alguém sabe me dizer qual é a diferença entre eles?

    Responder
  • Julia
    02/06/2011 at 12:14 am

    adorei o site… achei aqui sem querer, estava pesquisando sobre o Pure pois estou pensando em comprá-lo… vc sabe me informar a diferença entre o Pure 700 e o 701? Procurei no site da siemens mas nao encontrei nada.
    Para quem interessar, estou testando um aparelho da Siemens (um pouco maior que o Pure, mas não sei o nome) e estou gostando bastante, me adaptei bem melhor a ele do que aos de outras marcas. Para testar o aparelho é só ir em alguma revendedora e marcar a avaliação, que é grátis, e lá eles farão a audiometria se necessário e indicarão qual é o melhor aparelho para o tipo de perda.
    Quanto ao preço, pelo menos no RJ, os aparelhos mais avançados como o Pure saem, no mínimo, por uns 8 mil reais cada um (pelo que me falaram até então é sempre aconselhável usar nos dois ouvidos).
    Mas de qualquer jeito os aparelhos de outras marcas de tecnologias mais avançadas também saem nessa faixa de preço.

    Responder
  • Dimas
    07/03/2011 at 2:56 pm

    Muito esclarecedor este post, meus parabéns!
    Gostaria muito de saber o valor desse aparelho,pois estou muito interessado e precisando comprar um.porfavor me de uma resposta .

    Grato.

    Responder
    • Crônicas da Surdez
      15/03/2011 at 11:00 am

      Dimas,
      O preço do Pure varia de revenda para revenda Siemens.
      Tens que ir até a revenda mais próxima, não apenas para saber o preço, mas para saber se ele é o aparelho indicado para o teu caso.
      Abraço,

      Responder
  • José
    07/10/2010 at 4:43 pm

    Olá a todos.
    Estive lendo os vossos comentários sobre o Pure 700, pois despertou-me a publicidade num jornal diário, como estou interessado em testar o Pure 700, mas gostaria de ficar com a idéia do custo de cada um, que alguém me disponibilizar valores, ficaria muito agradecido.
    Um abraço
    José

    Responder
  • simone
    12/09/2010 at 11:15 pm

    Olá,tudo bem? Estou testando o pure 700, realmente perto do que eu já tenho (tenho um modelo tego oticon) realmente é fantastico.O problema é a expectativa que a gente tem quando vai testar um aparelho achando que vai ouvir tudinho de uma forma natural, mas o ouvido humano realmente ainda não tem nada comparado à ele. Considero o aparelho auditivo como um recurso, ou seja, uma ajuda para ouvir melhor mas tenho que admitir que até hoje não é igual à um ouvido natural, esta proximo mas falta bastante para ficar igual.Mas o que me deixa aliviada é que a tecnologia está cada vem mais avançada e as facilidades que hoje se tem nesse aparelho é excepcional. Abraços e boa sorte com o seu aparelho!
    Simone.

    Responder
  • Marcela Cordeiro
    16/07/2010 at 3:19 am

    Nossa, amei as funcionalidades desse aparelho, salvei o link!
    Me interessei muitíssimo!
    Só fiquei curiosa com uma coisa: a média de preço é similar ao do intracanal, ou maior?
    Bjos!

    Responder
  • Tania Carvalho
    09/07/2010 at 10:49 pm

    Menina do céu, preciso mostrar isso para os meus irmãos, quem sabe o mais velho se anime e queira largar essa vida de ‘velha surda da praça é nossa’ e o mais novo se anima na possibilidade de usar no ouvido algo mais que um simples aparelho-auditivo!!!! Faz tempo que não venho aqui, assino o feed do outro blog e preciso assinar desse aqui logo! Mas é pq minha cx de msg agora anda tão lotada que acho que vou ter que separar emails para feeds, outros para vendas que faço e outro pessoal. Teve umas coisas que não entendi direito, vc não conversa ao telefone? Por que? Nem com aparelho?
    Ah, daqui a pouco posto mais alguma pergunta, vou ler tudinho nos links que vc postou hehehe
    Ahh mas antes de tudo, vc conseguiu o seu como? Onde? Se puder me indicar até mesmo o local, médico aí em … onde que vc mora mesmo? rsss
    Agradeceria muito…. agora vou me atualizar com o resto do blog, dá licença!
    Bjosss

    Responder
  • Ester
    09/07/2010 at 5:49 pm

    Vc poderia me dizer qual o aparelho a siemens recomenda pra qm tem de 80% a 85% de perda auditiva? Com interesse em uma melhor compreensão na fala …. bjs

    Responder
  • Juliana
    03/07/2010 at 2:32 pm

    Oie! desculpe a ignorância, mas como você comprou o aparelho? com a ajuda de uma fono/otorrino? minha mãe se interessou..
    mandei o link do teu blog… ela esta empolgadíssima!
    obrigada!

    Responder
  • April
    03/07/2010 at 1:52 am

    Oi Paula,

    Adorei seu Blog e a maneira como você escreve, tenho perda auditiva moderadamente severa ou severa (não sei ao certo) no ouvido direito e severa profunda no esquerdo e fiquei com uma dúvida quanto ao aparelho que vc escolheu, se a sua perda é severa a ponto de não conseguir falar ao telefone e ouvir música de aparelho como você se adaptou a esse modelo se ele atinge apenas perdas de grau moderadamente severo? Você testou aparelhos mais potentes? Pergunto porque eu também fiz vários testes há um ano e acabei optando por um modelo um pouco maior mas que atinge perdas severas, o meu é de outro fabricante mas lembro que havia modelo com ganho semelhante da Siemens, que me deixou até na dúvida de qual optar.
    Apesar da minha perda ainda consigo falar ao telefone e ouvir música, mas sem esses aparelhinos milagrosos não ouço absolutamente nada, também já passei da fase de me preocupar se são discretos ou não, se bem que tenho um cabelo “juba de leão” que camufla muito bem rsrsrsrs
    Beijos e boa sorte

    Responder
  • Samara Correia
    03/07/2010 at 1:05 am

    Aihh que aparelho bonito!!! Cheio de coisinhas, né?! Mas pelo menos pra mim… o que importa é o som ficar bom, o resto é brinde ^^”

    Meu aparelho tb é desses retroauricular, mas ele é bem pequenino e o fio que liga até o ouvido é bem fininho, logo o aparelho e super discreto!

    Quando fui procurar meu aparelho tb fiquei sabendo dessa coisa de ouvir música pela aparelho, mas eu sempre achei isso totalmente louco, pq.. se eu tenho problema auditivo, pq eu vou ficar colocando música dentro do meu ouvido para agredir a pouco audição que já tenho?! Sei lá se o que eu penso faz sentindo.. huahuahua, mas é assim que eu penso!

    E essa de antender telefone tb não rola, eu sóatendo telefone com o ouvido direito (que tem perda mais amena), no esquerdo mesmo com o aparelho não escuto nada de telefone =/

    Tirando todas as coisas legais e tecnológicas, espero que o som fique agradável, os barulhinhos chato sejam menores, e o aparelho seja confortável de usar, afinal.. isso é o que mais importa, né?!

    Mas claro que desejei testar esse aparelho lindinho… mas tenho que esperar mais um tempo pra pensar em trocar de aparelho, além do meu aparelho ter apenas um aninho, só de lembrar como é tédio ficar indo na fono ajustar o aparelho eu logo mudo de ideia hahahaha

    bjus

    Responder
  • Sun Melody
    02/07/2010 at 3:07 pm

    Olá!

    É a primeira vez que cá venho, através da Lak do “Desculpe, não ouvi!”, e escrevo de Portugal.

    Vejo muita riqueza nos seus Post’s, e lendo recorda-me um pouco da altura em que utilizava aparelho auditivo, e quando vi que ele já não me ajudava bastante optei pelo Implante Coclear desde 2007.

    Tal como a Mónica Mendonça, vou aconselhar este Blog a muita gente, PARABÉNS!

    Beijos
    Sun Melody

    Responder
  • MONICA MENDONÇA
    01/07/2010 at 11:50 pm

    Amei este blog querida Paula, vim aqui através do blog da LAK….
    Sou Mãe de um rapazinho de 13 anos com deficiência auditiva tbém, é simplesmente maravilhoso seu blog, seus relatos são fartos de muita experiência, enfim vou recomendá-lo as mães que conheço….Achei uma graça seu novo AASI, meu filho não poderia usá-lo ele tem perda profunda de um lado e usa AASI,do outro lado é usuário de Implante Coclear.
    Boa Noite e aproveite os sons com seu novo melhor amigo..
    Bjs..

    Responder
  • Lakl
    01/07/2010 at 6:12 pm

    Paula,
    se você soubesse o tamanhãozão que é o implante coclear, acharia esse aparelho uma pulga hihihihi Achei ele realmente lindão. Pena que não contempla a minha perda (porque eu uso o IC num ouvido e AASI na outra orelha) senão estava trocando o meu agorinha mesmo.
    Sabe o que achei muito legal também? A cor. Ele não é bege. Só loiras ficam bem de aparelho bege, porque o cabelo camufla. O resto, fica parecendo bobo (olha que preconceituosa!!). Os meus são pretos!
    Enfim, também faço fono por conta da adaptação com o IC e, vou te falar, dei sorte, porque achei uma profissional com quem tenho afinidade incrível. Acho que a dica é essa, procurar alguém com quem vc tenha 100% de entrosamento e vice e versa….
    Torcendo pra sua adaptação em velocidade do som… Ops, da luz hihi
    Ahhhh falei do Crônicas lá no DNO e mandei todo mundo pra cá! Muita gente que me lê não é implantado, usa prótese e irão, com certeza, se identificar 100% com você!
    Beijos

    Responder
  • Briana Eger
    01/07/2010 at 12:23 pm

    Paula! Eu como estudante de Fonoaudiologia tenho que parabenizá-la novamente pelo blog e pelos esclarecimentos que você traz a todos!
    Acho muito importante você, como usuária de AASI, esclarecer todas as dificuldades enfrentadas no momento da adaptação do Aparelho. Estou, neste semestre, cursando o estágio em prótese e reabilitação auditiva e realmente (quase) tudo o que você descreveu é o que vivenciamos no dia a dia da faculdade…
    A grande expectativa do paciente quanto ao uso do aparelho e nosso trabalho de “diminuir” essa expectativa, porque por mais que o aparelho auxilie na melhora da audição, ele jamais substituirá nosso ouvido, mesmo com o aparelho o paciente não ouvirá como antes de ter a perda. Muitas vezes ficamos comovidos com a “decepção” do paciente quando explicamos isso e inúmeras coisas mais, que diminuem as suas expectativas.
    Mas também é muito gratificante vermos aqueles pacientes que chegam sem nenhuma expectativa e quando adaptamos os AASI, os olhos voltam a brilhar, se enchem de lágrimas apenas por ouvir o som dos passos no chão (o que muitas vezes nós, ouvintes normais, não damos bola!).
    E o que mais acho importante nesse teu relato é a questão de que sempre deve-se pesquisar o profissional que irá atendê-lo, bem como se ele lhe dá todo o suporte que você necessita após a adaptação, porque é bem como você falou, adaptar o aparelho não é apenas colocá-lo na orelha e pronto, seus problemas acabram, você ouve tudo normalmente. É muito comum a necessidade de programar, reprogramar, voltar à programação inicial, até encontrar uma que seja a mais adequada ao paciente e a sua perda.
    Mais uma vez muitíssimos parabéns pelo bolg e por essa linda iniciativa!
    Beijos

    Responder
  • Patrícia Lemos
    30/06/2010 at 3:49 pm

    Nossa,

    E eu que pensava que era só colocar o aparelhinho e sair ouvindo por aí. Super esclarecedor esse teu post, pois eu nunca parei pra pensar nos barulhos, ruídos e até na questão de atravessar uma rua, por exemplo. Não tenho este problema e nem conheço alguém que tenha, mas teu texto é tãão bom e o assunto interessante, que sempre te acompanho por aqui também. Bjos e sucesso!

    Responder
  • Jessica Freitas
    30/06/2010 at 10:38 am

    Passei por aqui só pra desejar BOA SORTE com seu novo aparelho!

    bjosss

    Responder
  • Aline Régia
    29/06/2010 at 10:18 pm

    Nossa Paula, adorei o blog! Me emocionei muito lendo os posts e relembrando alguns fatos da minha vida. Tenho deficiência auditiva, mas não sei ao certo em que grau, sempre fugi disso, rs.
    Ano passado precisei ir ao médico e quando ouvi de novo aquelas palavrinhas ‘você tem uma malformação congênita’, quase sai correndo! No fim das contas o problema nem era no ouvido, mas decidi que esse ano vou encarar de frete esse bicho e resolver a questão.
    E teu blog, tuas palavras e de tantas outras pessoas, me fazem ter mais força pra seguir em frente.
    Parabéns!!

    Responder
  • Jana
    29/06/2010 at 12:28 pm

    Poxa Paula, muito interessante isso sobre os aparelhos auditivos. Acho que pessoas que não convivem com essa dificuldade como eu não tem muito conhecimento sobre o assunto. Achei super legal, é muito bom poder se interar desse mundo que está tão próximo da gente.
    Te desejo muita sorte com os novos aparelhos. E, mais uma vez, parabéns pela iniciativa maravilhosa.

    Responder

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.