Histórias dos Leitores, Implante Coclear

Implante Coclear: a história da Sandra

29/03/2017

“Fiz o implante coclear no dia 12 de janeiro, e essa decisão  para mim foi o primeiro passo desse pequeno milagre que é ouvir de novo. Enxergo muitas possibilidades pela frente na minha vida agora. Pensava que pudesse ter problemas durante a recuperação, mas foi super tranquilo e melhor do que tinha previsto. Nesse meio tempo, até a ativação, tive que ensinar meus familiares, amigos e colegas a interagir comigo, a me cutucar e falar mais devagar, articular bem a boca. Mesmo que desde criança me concentrasse na leitura labial, sem sons tive dificuldade de compreender e deduzir as coisas. Por mais que eu soubesse como seria esse processo, na prática tudo é mais complicado. Me fechei um pouco, tinha que me adaptar com o silêncio. Era mais fácil ver filmes, séries com legendas.  Convivi com o constante famoso zumbido, minha ferramenta para suportá-lo tem sido a oração – sem Deus nada disso…

Leia Mais...

Deficiência auditiva

Unidos pela Audição em Portugal

28/03/2017

O MOVIMENTO PORTUGUÊS UPA – UNIDOS PELA AUDIÇÃO Alice Inácio (implantada unilateral) conhecia Inês Laborinho (implantada unilateral) e conhecia também Filipe Silva, de quando a filha deste, Bea, tinha sido implantada. Já André Vasconcelos, (implantado bilateral), que pertencia na altura a uma associação de implantados, cruzou-se com os três num grupo do Facebook, dinamizado por Alice e por Filipe, que planeavam uma Concentração Nacional do Implante Coclear, para chamar a atenção para os problemas dos implantados com a assistência técnica e o acesso ao bilateral. Em 28 de maio de 2016, foi o encontro em Coimbra, cidade portuguesa com uma Unidade Funcional de Implante Coclear: cerca de 20 implantados, familiares e amigos, numa tarde mágica, de partilha de testemunhos e emoções, de adultos e pais de crianças, o contar de histórias pessoais da surdez e o caminho até ao implante coclear. Lágrimas, muitas, e risos também! E revolta, pelas situações…

Leia Mais...

Crônicas da Surdez

Sobre cinema e surdez

26/03/2017

Foto: Shutterstock Foram muitos os pequenos prazeres da vida que a surdez me roubou e o implante coclear me devolveu. Se precisar escolher, eu diria que um dos que mais amo, hoje, é poder ir ao cinema e aproveitar cada mísero momento da experiência. Antes do implante coclear ir ao cinema sempre foi um martírio. A começar pela escolha do filme, que precisava ter legendas – e nós sabemos bem a dificuldade que é encontrar filmes legendados em horários ‘normais’, pois geralmente eles colocam os filmes legendados nos piores horários possíveis. Isso quando encontramos filmes legendados… O pessoal da campanha Legenda Para Quem Não Ouve Mas Se Emociona sabe bem disso. As frustrações Perdi a conta de quantos filmes nacionais e desenhos deixei de assistir na vida pela falta de legendas. Passei a afirmar categoricamente ‘eu odeio filmes brasileiros‘ mas isso não passava de auto-defesa, por saber que eles nunca…

Leia Mais...