Menu
Crônicas da Surdez / Deficiência Auditiva

Apresentando o Crônicas da Surdez

Confesso que quebrei a cabeça pensando em como seria o primeiro post deste novo blog. Acho que preciso me apresentar. A maioria de vocês já me conhece por causa do blog Sweetest Person, no qual escrevo sobre beleza, moda e literatura. Mas o Crônicas da Surdez vai trazer muitas pessoas novas à minha vida que ainda não sabem muito sobre mim. Pois bem, meu nome é Paula Veras Pfeifer, tenho 28 anos e decidi dividir com o mundo minhas impressões sobre as aventuras e as desventuras da surdez.

Surdez?? Pois é. A surdez é uma deficiência invisível. Ninguém me olha e adivinha que não escuto quase nada sem a ajuda de próteses auditivas. Não gosto de estereótipos e nem quero me enquadrar em nenhum. Mas existem vários ‘tipos’ de surdos: sinalizados (que se comunicam através da língua de sinais), oralizados (que comunicam oralmente e não utilizam língua de sinais), bilíngües (usam a língua de sinais e a língua oral) e deficientes auditivos (possuem perda auditiva leve/moderada e entendem o que é dito sem ajuda de aparelhos auditivos). Para mim, tanto faz ser chamada de surda, de deficiente auditiva ou de surda oralizada. Aliás, só não sou fluente em língua de sinais por falta de tempo para aprender e também porque ainda não senti vontade de fazer um curso longo (embora já tenha feito um de curta duração), já que não conheço nenhum surdo sinalizado e não teria com quem praticar.

Enfim, podem me chamar como preferirem. Simplesmente não escuto muita coisa se não tiver uma ajuda da tecnologia. Graças a Deus pela tecnologia! E, cá entre nós, acho que a palavra ‘surda’ é a melhor definição. Simples e certeira. Embora eu não me defina em função disso, que fique claro. É apenas um detalhe – um detalhe importantíssimo que me acompanha aonde quer que eu vá e que me transformou no ser humano que sou.

Este espaço virtual tem a intenção de ser um ponto de encontro para quem vivencia isso, seja por ser surdo, seja por ser amigo ou parente de pessoas surdas. Gostaria de fazer um pedido: se você conhece alguém que possa gostar e se identificar com esse blog, indique-o. A surdez, por incrível que pareça, ainda é um grande tabu. Não tenho intenção de discutir ‘certo e errado’, apenas quero dividir com o mundo as minhas experiências. Minha deficiência não é segredo nenhum, mas nunca fiz questão de sair anunciando isso por aí. Primeiro, porque é algo pessoal. Segundo, porque nem todas as pessoas são capazes de lidar com essa informação sem julgar e mudar de opinião a meu respeito. Terceiro, porque a surdez é apenas uma parte da minha vida. Ênfase no apenas!

Minha lembrança mais antiga a respeito da surdez remonta às minhas idas ao otorrino todas as vezes em que tive otite. E não foram poucas. Também lembro de reclamar para a minha mãe dizendo ‘tem um apito no meu ouvido’. A parte sem graça, embora engraçada, é que o médico que cuidava do meu caso dizia que eu tinha um ‘canal’ que iria abrir quando eu crescesse – e, com a ‘abertura‘ dele, viria a audição perfeita. Bom, a gente tem a opção de aceitar o que nos dizem ou de buscar uma segunda opinião – coisa que só fui fazer quando tinha 17 anos, no segundo ano do ensino médio.

“Deficiência auditiva neurossensorial bilateral de caráter moderadamente severo e progressivo.” Após o diagnóstico, em 1997, a sensação que tive foi de que passava um filme com todos os momentos em que a surdez era nítida na minha cabeça. Tão nítida que não foi percebida. Nunca vou me esquecer desse dia. Na porta do elevador, em frente ao consultório, ainda em estado de choque, olhei para minha mãe e disse “nunca mais toque nesse assunto’. A capacidade de negação do ser humano é fantástica. Finalmente alguém explicou com todas as letras qual era o meu problema, e não aceitei. Surda?? Imagina, impossível.

Muitas coisas começaram a fazer sentido. Porque sempre dei um jeito de sentar nas classes encostadas à parede? Bem óbvio: só assim poderia ter uma visão panorâmica da sala de aula e VER quando alguém me chamasse. Porque ouvir, que era bom, nada. Porque obrigava as pessoas a falarem de frente para mim? Mais óbvio ainda: eu já era mestre em leitura labial sem saber.

Ao mesmo tempo em que pretendia esquecer o assunto e seguir vivendo, fiquei curiosa a respeito de como seria ouvir. Ainda ouvia muita coisa, mas a deficiência auditiva já me prejudicava em vários níveis. Principalmente no convívio social – eu estava ficando cada vez mais introspectiva. Foi então que a saga dos aparelhos auditivos teve início na minha vida. Saga porque minhas primeiras experiências foram péssimas. Mas isso é assunto para futuros posts.

Enfim, aqui no Crônicas da Surdez vou dividir com vocês minhas experiências e minha  história de vida. Quando descobri minha deficiência, não tinha com quem conversar, bem como nenhum amigo surdo e nem conhecia ninguém com o mesmo problema. Fui fazendo minhas descobertas sozinha, mas tenho certeza absoluta que meu aprendizado todo teria sido muito mais fácil se existisse alguém, na época, com quem pudesse falar sobre minhas angústias. E minha intenção, com este blog, é ser essa pessoa! Posso garantir que tenho muitas histórias engraçadas – e outras tantas tristes e complicadas –  para contar.

Entrem em contato comigo e coloquem aqueles que vocês acham que vão gostar desse blog em contato também. Tem muita gente por aí, de todas as faixas etárias, sofrendo com a surdez e precisando de ajuda. Vamos desmistificar a surdez, de uma vez por todas! Conto com vocês! 🙂

PS: ficarei felicíssima com os comments, e já aviso que vale tudo: idéias, perguntas, sugestões e tudo o mais! Se você também possui algum grau de deficiência auditiva e conhece alguém que tenha, entre em contato comigo e sugira o Crônicas! Vamos interagir!

Sobre

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 38 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

223 Comentários

  • Mirian
    30/10/2017 at 11:23 am

    Fiquei sabendo que, agora, os surdos unilaterais poderão concorrer em concurso público como PNE’s. Uma pena que essa lei tenha chegado tão tarde….. entre os anos de 2008 e 2011, passei em vários grandes concursos: FURNAS, ANP, UFF e em todos fui reprovada por não ter a deficiência reconhecida por nenhuma das juntas desses órgãos. Agora, está mais difícil passar… não tenho mais o mesmo pique de estudos antes e fora que antes, passei na minha área específica, com menos concorrência e agora vai ficar difícil pois a maioria dos concursos

    Responder
  • joelma
    09/07/2015 at 12:17 am

    Olá Paula!

    Gostei da sua história quero te falar estou descobrindo minha surdez
    agora,já perdi do lado esquerdo e de um tempo para cá estou perdendo
    d lado direito e não quero aceitar e me tratar esta sendo muito dificil
    mas gostaria muito de que fosse apenas uma impressão que tudo isso vai
    passar.

    Joelma

    Responder
  • Daniele Santos
    30/06/2015 at 3:21 pm

    Oi, Paula!
    Descobri esse blog tem um tempo e estou amando seus posts, me identifico muito! Desejo a você muito sucesso e NÃO ABANDONE O BLOG POR FAVOR!!! Você é uma inspiração para nós, que partilhamos do mesmo problema (ou similares).
    Bjks da sua nova fã Dani

    Responder
  • Ana Paula
    27/11/2013 at 4:43 pm

    adorei esse post, se parece com a minha história.

    Responder
  • Alessandra
    28/02/2013 at 6:25 pm

    Oi Paula os aparelhos estão me ajudando sim , moro em Minas Gerais….um grande abraço Alessandra.

    Responder
  • beats by dr dre
    10/01/2012 at 4:16 am

    You must take part in a contest personally of the best sites on the web. I will highly recommend this site!

    Responder
  • five fingers bikila
    10/01/2012 at 4:15 am

    This really answered my problem, thanks!

    Responder
  • Ditsideld
    10/01/2012 at 3:18 am

    gay online dating south africa
    men seeking men london ontario

    gay men dating service
    men seeking men las vegas

    dating websites for gay men
    men seeking men sri lanka

    gay daddy dating sites
    men seeking men seattle

    Responder
  • Ditsideld
    09/01/2012 at 11:07 pm

    man seeking man chennai
    free gay millionaire dating

    Responder
  • woolrich london
    09/01/2012 at 1:44 pm

    Once i initially left a comment I visited the -Notify me when new comments are added – checkbox now every time a comment is added I get five e-mail with the same comment. Can there be any way it is possible to clear away me from that services? Thanks!

    Responder
  • converse cuir
    09/01/2012 at 1:44 pm

    This is the appropriate weblog for anybody who wants to search out out about this topic. You realize a lot its almost hard to argue with you (not that I really would need…HaHa). You definitely put a brand new spin on a subject thats been written about for years. Nice stuff, just great!

    Responder
  • ugg scarpe
    08/01/2012 at 10:23 am

    It is the right blog for everyone who wants to discover more on the following issue. You know a lot of its almost complicated to argue with you (not that I really would likely want…HaHa). You definitely put a fresh spin over a topic that is been written about for many years. Amazing stuff, just simply good!

    Responder
  • Miguel
    20/11/2011 at 11:32 pm

    Que legal Paulinha! Parabéns, vá em frente. Bjos

    Responder
  • verena gonçalves da silva
    22/05/2011 at 2:25 pm

    Ola Paula,ha 8 anos atras cometi o maior erro da minha vida coloquei um pircing no canal auditivo e tive complicaçoes serias,quase cheguei ao obito!!!!
    Hoje nao tenho parte da orelha direita,tenho surdez severa…nao foi muito facil,lidar com a situaçao nao,uma coisa e voce nascer com o problema outra e voce de uma hora pra outra ter parte do seu corpo mutilado e ainda passar a nao escutar bem!!!!!!!!!Mas foi bom hoje vejo e escuto a vida com + alegria,afinal tive uma segunda chance!!!!!!!!!!
    Parabens Paula pelo blog e muito bom!!!!!!!

    Responder
  • […] isso tudo acompanhei torcendo muito o desenvolvimento do projeto darling da Paula, o blog Crônicas da Surdez, lugar pra falar das histórias de quem é deficiente auditivo, sempre com muita delicadeza e bom […]

    Responder
  • Alessandra
    24/03/2011 at 11:57 pm

    Oi Paula boa noite amei seu blogg , tenho deficiencia auditiva severa e ainda não descobriram a causa , estou em tratamento , uso protese auditiva bilateral,mas ainda não aceitei minha situa çao as vezes fico depressiva, mas meu amigos e meu namorado me enchem de esperança e confiança , e sei q vou consiguir superar essa fase, é muito saber q temos pessoas como vc q estão disposta a trocar confidencias..Obrigada Alessandra.

    Responder
    • Crônicas da Surdez
      25/03/2011 at 12:05 pm

      Oi Ale
      Não tem porque ficar depressiva, são fatos da vida, acontece, e cabe a nós lidar da melhor forma com eles.
      Os aparelhos estão te ajudando?
      Onde tu moras?
      Bjo,

      Responder
  • Marcela Cordeiro
    16/07/2010 at 2:28 am

    Oi Paula, sou surda neurossensorial severa como vc.
    Descobri su blog atrtavés do blog da Lak.
    Me emocionei qd vc disse “Fui fazendo minhas descobertas sozinha, mas tenho certeza absoluta que meu aprendizado todo teria sido muito mais fácil se existisse alguém, na época, com quem pudesse falar sobre minhas angústias”
    Foi a mesma coisa que passei!
    Mas graças a Deus, somos duas vencedoras!
    Vou acompanhar seu blog sempre que puder, amei sua iniciativa!
    Bjos

    Responder
  • Nai
    24/06/2010 at 2:24 pm

    Sinceramente não sei se fiquei mais surpresa ou emocionada com a sua sensibilidade de criar o blog, q, diga-se, está lindo lindo, e olha q só li a apresentação, pq confesso que não estava entendendo direito e este primeiro post…

    Eu acho ainda, que você conseguiu abrir um espaço no coração (e queira Deus, na cabeça) das pessoas que desconhecem esta deficiência, pq não tem convivência (eu nem imaginam ter) com ela, pq o modo com que vc escreve é tão sutil, mas ao mesmo tempo tão verdadeiro, que é impossível não se interessar! Eu já virei fã!!!

    Com certeza tu és uma menina muito abençoada!

    Parabéns mais uma vez! Espero que vc realize todas as suas expectativas e tenha certeza absoluta que está fazendo um belo ‘trabalho’! Bjos

    Responder
  • ligia
    21/06/2010 at 6:14 pm

    pq so fui ver esse blog hj? parabéns pela iniciativa, paula!
    e mto mto mto sucesso! vc merece!

    Responder
  • Cristiano F.
    05/06/2010 at 8:12 pm

    Olá!Obrigado pela autorização da utilização de trechos de seus textos no trabalho que lhe comentei.Foi um sucesso e um dos resultados é um video que achei interessante postar no Youtube.
    Segue o link:
    http://www.youtube.com/watch?v=9YPTCwzxs5E

    Responder
  • Kaliane Aquino [Hestia]
    31/05/2010 at 9:24 pm

    Parabéns pelo novo blog. Acompanho o sweetest e agora, acompanharei o crônicas também. Parabéns de verdade pela sua iniciativa e coragem de expor um pouco de sua vida aqui pra nós :*

    Responder
  • Luciana Amorim
    31/05/2010 at 12:33 pm

    Sou leitora do sweetest e com certeza vou te acompanhar aqui tb!!Para pessoas como vc só nos resta sentar e aplaudir!!!PARABÉNS E MUITO SUCESSO!!

    Responder
  • Lê Antoniolli
    29/05/2010 at 7:06 pm

    Poxa, Paulinha! Parabéns pelo novo blog. Acompanho o sweetest e agora, acompanharei o crônicas também. Trabalhar contigo foi ótimo. E ser tua amiga, mais ainda. Tu é muito especial. Sucesso pra ti! Um beijão xuxu!

    Responder
  • Alê Marques
    29/05/2010 at 6:57 pm

    Sou leitora do Sweetest. Parabéns por esse novo passo. Linda iniciativa.

    Responder
  • Viviane
    29/05/2010 at 3:20 pm

    Parabéns, Paula, pela iniciativa e, sobretudo, pela coragem ao fazê-lo. Por posições como estas é que contas com minha admiração. Bjo

    Responder
  • thais prestes veras
    28/05/2010 at 7:18 pm

    Tenho o imenso privilegio de ser tua dinda e amiga …
    Quero salientar que existem 2 tipos de pessoas no mundo
    AS SISTÊMICAS QUE FAZEM DIFERENÇA NO MUNDO E AS EGOLANDIAS …
    Adivinha a qual categoria pertences
    Parabens pela atitude humnanista e planetaria
    Saudaçoes humanistas ,.ONGianas e tercerista
    LOVES dinda TEX POR UM MUNDO MAIS HUMANO E SOLIDARIO
    Certamente depois desse blogger todos estaremos mais proximos por mais uma tematica humanista

    Responder
  • Patricia Noce
    28/05/2010 at 2:02 am

    Sou Bibliotecária e estudante de Pedagogia, 34, Osasco-SP. Cheguei até aqui através do site trendy twins. Quero parabenizá-la pela iniciativa e dizer que estarei aqui diariamente torcendo pelo seu sucesso e pelo sucesso de seu novo projeto: este blog. Um abraço!

    Responder
  • Carla Jaróla
    27/05/2010 at 11:21 pm

    Olá Paula, tudo bem?

    Também te conheço do Sweetest (blog que leio todo SANTO dia, está aqui nos meus Favoritos) e só soube daqui pela indicação do Trendy Twins.

    Acho que só pelo primeiro post vc já demonstrou que vai tirar isso de letra, sempre lidando com o assunto com a maior seriedade, respeito e carinho.

    Se eu já era sua fã, agora sou muito mais! Que vc tenha sucesso sempre, pois vc merece!

    Beijos!

    PS: Fiquei até com vergonha de divulgar meu humilde blog aqui!

    Responder
  • Ana Paula
    27/05/2010 at 11:11 pm

    Sou médica hematolgista e tratei uma vez de uma caso muito, muito especial. Uma menina adotada… Surda… Diagnóstico ? Leucemia Mielóide Aguda. Pensei: Como pode tanta coisa numa criança só ? Mas a menina era uma graça ! Suas mães adotivas ( sim, eram duas mulheres) eram sensacionais. No começo, confesso que por pura ignorância, achei que ela tinha algum problema comportamental, mas então me dei conta de ela ainda não conseguia se comunicar conosco e às vezes ficava aflita. O tempo passou, a quimioterapia terminou e Mayara continua mt bem. Uma linda adolescente cercada de amor e carinho. Já não trabalho no Hospital onde a conheci, mas sua mãe ainda me manda emails com notícias. Vou indicar o seu Blog ! Sucesso para vc !
    Beijos !

    Responder
  • Mariana
    27/05/2010 at 8:27 pm

    Amei a sua iniciativa de contar a sua vida baseada nas suas experiencias como surda, parabens e que o blog tenha bastante sucesso. beijos

    Responder
  • Lissandra Torres
    27/05/2010 at 6:48 pm

    Parabéns pelo espaço e iniciativa de compartilhar sua história com a gente. Virei sempre aqui acompanhar, pode ter certeza.

    Bjokas

    Responder
  • Bárbara Vella
    27/05/2010 at 5:23 pm

    AMEI,simplesmente

    Responder
  • Sou fã confessa do Sweetestperson, mas confesso que este novo blog já ocupa um lugar muito especial nos meus preferidos. Vida muito longa ao seu blog, ele vai nos ajudar a ouvir e perceber muito melhor as sutilezas da vida. Boa sorte, querida! (que não conheço mas me sinto íntima)

    Responder
  • Vic ceridono
    27/05/2010 at 2:16 pm

    Paula querida, tenho q te dizer q estou orgulhosa de vc e mto feliz por vc ter tomado essa atitude tão nobre e que vai com certeza ajudar
    mta gente. Lembro de quando a gente trocava longos emails, tempos atras, e vc sabe q sempre gostei mto de vc… Vc merece tudo de melhor!!!
    Mil beijos
    vic

    Responder
  • […] This post was mentioned on Twitter by Fernanda Andréa and TemdeTudo, SunSamadhi . SunSamadhi said: Apresentando o Crônicas da Surdez: http://bit.ly/cL1V7W via @addthis […]

    Responder
  • Soraya Teixeira
    27/05/2010 at 2:01 pm

    Oi, Paula!

    Sempre gostei do Sweetest e adorei a sua iniciativa de escrever o Crônicas. Tenho primas trigêmeas que têm graus variados de sudez congênita. Quando nasceram, o núcleo familiar mais próximo (pais, avós e as outras duas irmãs) decidiu começas a aprender Libras e hoje, 21 anos depois, todos são fluentes e as meninas, bilíngues. Eu nunca aprendi porque vivo longe delas mas sempre estudei o assunto porque me apaixonei pelo tema ao ler os relatos delicados do “Vendo Vozes”, do Oliver Sacks. A obra desse neurologista me fez compreender um pouco do universo das minha priminhas e das pessoas que vivem com surdez.

    Beijo e sucesso na nova casa!

    Responder
  • Mayara Siqueira
    27/05/2010 at 1:59 pm

    Olá!!!
    Vi o link do seu blog no twitter e resolvi vir conhecer… Achei muito interessante a forma com que vc colocou a sua história com a surdez.

    Não tenho problemas auditivos, mas gostei do blog… Acho uma idéia muito boa. E espero poder acompanhar os demais posts que virão! Mesmo não tendo o mesmo “problema”, nunca é demais conhecer um pouco mais da rotina e aflições de quem o tem.

    E além do mais… Surdo mesmo são as milhares de pessoas que podem ouvir e não querem!!!

    Parabéns pelo blog!

    Responder
  • Ana Paula
    27/05/2010 at 1:37 pm

    Parabéns pela iniciativa, e por viver a vida como ela é. Todos temos problemas, dificuldades, cada um com os seus. E viver bem “apesar” das dificuldades não é fácil, mas é a única maneira de ser feliz.

    Meu pai tem 72 anos, é super ativo, joga volei na praia, mas os ouvidos dele nunca foram muito bons. E ele nunca admitiu. Sempre frequentou os consultórios dos otorrinos, fazia limpezas periódicas e tal. Ao telefone, ele GRITA. E frequentemente não escuta chamados, conversas e tal.

    No mês passado ele obteve o diagnóstico de que está surdo para sons agudos. Então, vozes femininas são difíceis pra ele. Falei pra ele que agora vou falar grosso. O médico perguntou a ele se gostaria de usar um aparelho auditivo, e ele disse “NEM PENSAR”.

    Estou agora mesmo mandando o link do seu blog para ele. Sei que vai ajudar muito.

    beijos

    Responder
  • Viviam Alcalde
    27/05/2010 at 1:23 pm

    Fiquei sabendo pela Ana, no post da Tendy Twins, e fiquei surpresa! Vc é super inteligente, linda e talentosa! A surdez é só um detalhe que não muda nenhuma característica “sweetest” sua… 😉

    Conheço vc pouco pelo blog, twitter… mas de cara já a achei doce, mesmo!

    Muito sucesso nesse blog também! Adorei a iniciativa! Se eu puder ajudar de alguma forma, ajudarei!

    Beijão!

    Responder
  • Vanessa
    27/05/2010 at 1:04 pm

    Paula,

    Parabéns pelo blog, será uma verdadeira utilidade pública. Pelos comments, já deu para perceber que será um sucesso…ops… já é um sucesso.
    Já te conhecia pelo blog de beleza. Agora vou indicar este a algumas que pessoas que se interessarão. Pode ter certeza, que não só quem tem alguma deficiência acompanhará, como tbém pessoas que convivem de alguma forma com a surdez apoiarão.
    Muito sucesso e meu apoio como leitora.

    Bjs e tudo de bom

    Responder
  • Debora bessa
    27/05/2010 at 11:29 am

    Paula,parabéns por vc ser uma guerreira! Corajosa de se expor assim na net. Parabéns! bjs!:)

    Responder
  • joana aparecida
    27/05/2010 at 11:21 am

    parabens pelo novo blog. tenho certeza que sera um sucesso.
    vc merece o melhor…………beijo…..

    Responder
  • Jade Zamarchi
    27/05/2010 at 10:54 am

    Que incrível essa idéia, Paula! Tenho certeza que você vai inspirar muita gente.
    Parabéns de verdade! :***

    Responder
  • Soraya Aleixo
    27/05/2010 at 8:57 am

    Parabéns!!!
    Uma iniciativa linda e que me deixou de boca aberta…

    Responder
  • Carol Montai
    27/05/2010 at 1:14 am

    Paula…tenho três tias deficientes auditivas e como elas já são mais velhas e não tiveram condições de ter uma educação basilar especial sofreram muitas privações e dificuldades na vida … somente uma delas fez faculdade e usa muito a internet e por isso vou suuper indicar teu blog!! Tenho certeza que ela irá amar!! Eu, pra variar, já to te seguindo!! 😉
    Beijos

    Responder
  • Ana (Trendy Twins)
    27/05/2010 at 12:01 am
  • Liviany Moura
    26/05/2010 at 10:52 pm

    Ola Paula!

    Nossa… Como você escreve tão bem! Parabéns! Eu quis parar porque moro na França e aqui são quase 3 da manhã e eu estava estudando até ver o email que o meu marido me mandou com o teu blog. Como ele te achou? Eu não sei, mas so poderei saber quando ele acordar…. rs

    Não tenho nenhum grau de surdez, mas sou fono e faço mestrado aqui em linguagem e surdez… Por isso que o meu marido me fez o favor, e obrigada a ele!, de me direcionar até você.

    So li o primeiro post, mas podes ter certeza de que faras parte das minhas leituras diarias… =)

    Tô doidaaaaaaaa pra ler essa historia engraçada ai, mas vai ter que ficar pra amanha, jaja minha filhotinha acorda e eu ainda nem dormi… rs

    Beijo bemmmmmmmmm grande pra você e precisando de alguma coisa, estamos ai.

    Parabéns mais uma vez!

    Responder
  • Natali
    26/05/2010 at 5:04 pm

    Voce e sensacional.
    uso aparelhos e estou agora fazendo novas adptacoes com aparelho inclusive igualzinho o do seu blog vermelho e tudo e pensa comigo, agora eu consigo ate escutar musica …..
    parabens pelo maravilhoso trabalho me sinto orgulhosa de ter esta deficiencia e acreditar na tecnologia
    beijos
    Natali

    Responder
  • Karina
    26/05/2010 at 1:59 pm

    Oi PAULA…

    Sou fã de seus escritos, ja disse que é muito talentosa, já favoritei o Blog, pois sei que será sucesso!
    Adoro ler seus escritos!
    Bj
    ka

    Responder
  • Marina
    26/05/2010 at 12:38 pm

    Oi Paula! Já conhecia o Sweetest (e AMO), já gostava de você e agora gosto mais ainda, depois dessa sua iniciativa! No que depender de mim, vou divulgar muito o Crônicas!

    Beijos,

    Marina

    Responder
  • Luciana Marinho
    26/05/2010 at 2:45 am

    Oi Paula!
    Chorei ao ler seu post, tão profundo e tão leve! Espero que todas as pessoas que tenham algum tipo de dificuldade nunca tenham que lidar com isso sozinhas, que sempre existam pessoas como você com essa imensa capacidade de doação!!!!
    Beijos

    Responder
  • Tania Carvalho
    26/05/2010 at 1:12 am

    Acompanho o outro blog mais pelo meu email acredita? E hoje resolvi dá uma olhadinha e vi direitinho o ‘encaminhamento’ pra esse outro blog e tenho que dizer que li tudo rapidinho e entendendo perfeitamente tudo que eu lia, ao mesmo tempo passava um filminho na minha cabeça. Explico, não tenho nenhum problema no ouvido, mas na minha família, o gene dos problemas auditivos vai longe, tenho um tio que não ouve quase nada de um ouvido, e DOIS irmãos que ouvem muito ruim. O mais velho deixou de usar aparelho, não ele não fez cirurgia, deixou pq quebrou e ele decidiu passar o tempo lendo os lábios das pessoas ou pedindo pra falarem mais alto, o outro mais novo usa aparelho em 1 ouvido, mas seria melhor que usasse nos dois. Acredita que ele viajou, comprou o bendito que foi carinho que só e na volta, colocou no bolso e meu primo jogando futebol deu uma bolada e quebrou o aparelho? Fogo! E a parte da ‘velha surda feelings’ aqui em casa acontece sempre, falamos uma coisa e ele entende outra e as vz é algo tão diferente que morremos de rir todos juntos. É difícil pra eles, principalmente pro mais novo, cujo estado por conta tbm do aparelho requer mais cuidados, ele por ser mto na dele, devido ao problema desenvolveu depressão e tá tratando mas é fogo viu?! Vou mostrar o site pro meu irmão mais velho, mas acho que se ele ler meu comentário vai ficar bravo rsss Tomara que ele não leia aqui rssss

    Vou add nos meus favs tbm pra nao perder! Bjosss

    Responder
  • Flavia Ferrari
    25/05/2010 at 10:31 pm

    Paula,
    you are really the sweetest person I have ever met.
    Comecei a acompanhar seu blog e twitter apos o link das meninas do Superziper. Fiquei a cada dia mais admirada. Agora, com esta sua iniciativa de expor-se tao claramente fico mais fa sua.
    Parabens e sucesso, sempre.
    Beijo

    Responder
  • Laura Moreira
    25/05/2010 at 10:22 pm

    Paula!
    Te acompanho desde sempre pelo Sweetest… Ontem quando eu vi no twitter uma divulgação do seu novo blog (ainda não tinha visto o nome) fiquei triste por estar sem tempo pra visitar.
    Hoje, olha só minha surpresa!
    Também sou surda, em decorrência de uma meningite. Do ouvido direito não escuto nada, e é irreversível (4 opiniões médicas) e do esquerdo, eu ainda tenho 70%, dos quais tenho que cuidar muito bem.
    Não uso aparelho no direito, porque o dano foi no nervo, uu não tenho vibração no tímpano.
    Como TUDO nessa vida, tem o lado bom e o ruim. Não me incomodo com barulhos, durmo muito bem! heheheh Em compensação fico perdida quando alguém me grita, não tenho noção da onde vem o barulho, viro Velha Surda da praça é nossa quando alguém se senta do lado que eu nao ouço.
    Mas vivo super bem.
    E assim como você, percebo muito choque nas pessoas quando descobrem, mesmo que aparentemente eu seja uma pessoa normal.
    Enfim, espero poder compartilhar com você muitas das minhas histórias também.
    Amei o blog!
    Beijo

    Responder
  • Marcele Feldkircher
    25/05/2010 at 6:55 pm

    Paula!!!
    Leio o Sweetest Person todos os dias, e não sabia que você era surda!!! Adorei o novo blog, PARABÉNS!!!!

    Responder
  • Cristiano Ferreira
    25/05/2010 at 12:55 pm

    Olá! Sou estudante do curso de letras e terei que apresentar um trabalho onde o tema é sobre a surdez.Tenho a idéia da criação e um vídeo e gostaria de contar com alguns trechos desses seus textos.Outra coisa se possível ,seria uma foto sua para ilustração.

    Obrigado

    Responder
  • Leilani
    25/05/2010 at 12:22 pm

    Olá Paula! Uma amiga minha me indicou teu blog pq sou fonoaudióloga. Adorei teu primeiro post, já me tornei fã! Parabéns e sucesso!

    Responder
  • Jeissa
    25/05/2010 at 12:19 pm

    Sempre que tenho tempo dou uma olhada em alguns sites de moda e o Sweetest Person é um dos pouco que gosto e sempre apareço. E engraçado que olhando suas fotos não imaginamos tudo o que você escreveu nesse primeiro post.
    Quando vi o post no outro blog, não vou mentir, pensei: Como assim Crônicas da Surdez?! Engraçado como nos espantamos com uma coisa tão banal. Porque, como você falou, é algo que não podemos ver e quem te “conhece” só pelo blog não imagina!
    Passado o “susto” e lendo seu primeiro post.. admirei você pela primera vez, pela sua coragem de falar para todos do seu problema e por ser um meio de ajudar outras pessoas que sofrem do mesmo problema. Falar de moda, maquiagem é fácil, dividir uma vida, e de uma forma tão bonita, não é para qualquer pessoa. Parabéns!
    Que Deus ilumine esse seu dom de escrever e de trasmitir coisas boas.
    Beijos.

    Responder
  • Mariana
    25/05/2010 at 11:54 am

    Paula, parabéns pelo novo blog!
    Copiando um pedacinho do seu texto (“Segundo, porque nem todas as pessoas são capazes de lidar com essa informação sem julgar e mudar de opinião a meu respeito. “) posso te dizer uma coisa com certeza: realmente, muitas pessoas como eu, vão mudar a opinião a seu respeito. Mas é pra melhor. Te admiro ainda mais hj. Por ser quem vc é, pela simpatia, pelo dom de tocar seu leitor, e principalmente, pela coragem de expor algo tão pessoal com o intuito de ajudar o próximo!
    Vc já é sucesso, guria! Tenho certeza que esse novo blog nasceu pra brilhar como o Sweetest! Vou te acompanhar por aqui tb pq é sempre bom ter contato com uma pessoa q te acrescenta tantas coisas boas e te passa tanta energia positiva…mesmo que seja virtualmente!
    Parabéns!
    bjs

    Responder
  • Patricia
    25/05/2010 at 11:44 am

    Sweet Paula Person

    Linda a apresentação do novo blog. Alias linda, digna e emocionante – FIERCE mermo!!! Parabens!!!

    kisses

    Responder
  • Heloisa Boutin Capobianco
    25/05/2010 at 11:09 am

    Paulinha, te admiro ainda mais. Linda sua iniciativa. Vou divulgar seu espaço o máximo que puder! Amei conhecer um pouco da sua história!
    beijo grandão da sua amiga de Curitiba

    Helô

    Responder
  • Bruna
    25/05/2010 at 11:00 am

    Parabéns pelo novo blog!
    ja acompanhava o antigo e esse eu achei otimo, parabéns pela sua história, só pelo primeiro post, tenho certeza que vai ser incrivel!
    Eu ando escutando menos , devido um problema que tenho com cera de ouvido o.o Mas até eu resolver isso, as pessoas falam pra mim três vezes a mesma coisa e pra ver tv, só com leitura labial ou com legenda, se não fica muito alto e eu achei otima a idéia do blog!!
    Mandei até pro meu namorado que fala que se irrita em ter que repetir tudo o que fala :]

    :**

    Responder
  • Débora Motta
    25/05/2010 at 10:35 am

    Paula querida, parabéns pelo blog e pela iniciativa!
    Vou te acompanhar por aqui também.
    Tenho 2 primas que iniciaram com perda auditiva após adultas ( ou pelo menos se deram conta do problema aí), vou indicar o blog para elas!

    Uma coisa bem legal é o programa de triagem neonatal de surdez- o Teste da Orelhinha! É feito em todos recém-nascidos para detecção precoce de surdez, para que o tratamento seja o mais rápido possível!
    Vale divulgar!!

    Beijo, Débora.

    Responder
  • Briana Eger
    25/05/2010 at 9:17 am

    Paula, acompanho o Sweetest a algum tempo e nunca havia me passado isso pela cabeça! Sou estudante de Fonoaudiologia e todo o trabalho com surdos sempre me fascinou. Pra mim, neste momento, não há nada mais gratificante do que você ver o brilho nos olhos de uma pessoa que não escutava e que após a adaptação do aparelho se emociona só em ouvir o barulho dos próprios passos. Claro que também não é fácil quando temos que dar o diagnóstico da perda, porque apesar de ser uma deficiência que não é incapacitante, muitas pessoas ainda tem um “pré-conceito” de que o surdo não pode ter uma vida normal. Acho muito bonita essa tua atitude de compartilhar com quem ja te segue a algum tempo essa tua condição que te torna ainda mais especial.
    Sorte com o novo blog.

    P.S: Vou divulgar com o pessoal da minha faculdade, ok?

    Beeeijos

    Responder
  • Aluska
    25/05/2010 at 2:09 am

    Oi Paula, amei seu nova cantinho, parabéns pela linda iniciativa, sucesso sempre!!!
    beijãooo.

    Responder
  • Adeline
    25/05/2010 at 1:05 am

    Eu fiquei emocionada com esse primeiro post!
    Acompanho o sweetest há um bom tempo e nunca tinha imaginado que você fosse surda. Você é muito corajosa em falar desse problema tão abertamente.
    Sou professora e tenho 2 alunos surdos (um deles ainda escuta um pouco e o outro só se comunica por meio de sinais) com os quais eu não sei como lidar!!!
    Estou procurando me informar melhor sobre isso e vou iniciar um curso de libras pra tentar compreendê-los melhor.

    Quem diria que a moça que tem me dado AS MELHORES (de verdade!) dicas de moda também seria aquela que tb me ajudaria a compreender melhor os meus conflitos pedagógicos do mundo dos surdos.

    Parabéns, Paula!

    Responder
  • Sabrina
    25/05/2010 at 12:43 am

    Paula
    Parabéns pela iniciativa, é preciso muito coragem para se expor dessa maneira.
    Desejo sucesso para o Crônicas!!!
    bjssss

    Responder
  • Raquel Beltrame
    25/05/2010 at 12:29 am

    Paula, não sabia que você era deficiente auditiva. Parabéns pela iniciativa e muito sucesso!! Sou leitora assídua do Sweetest e este novo blog já entrou na lista dos meus favoritos. Beijos!

    Responder
  • Michelli
    25/05/2010 at 12:23 am

    Parabéns Paula!
    Muito legal tua iniciativa, com certeza teu novo Blog será um sucesso assim como o Sweetest.
    Sempre que possível, passarei por aqui tbém!
    Beijinhos,
    Michelli.

    Responder
  • Karina
    25/05/2010 at 12:20 am

    Isso se chama CORAGEM de se mostrar e muito amadurecimento! Essa é a beleza da vida, quem diria, lá nos teus 17 anos, que você dividiria isso com o mundo! Parabéns! Bjs

    Responder
  • Bruno
    25/05/2010 at 12:07 am

    Paulinha…

    Te conheço faz muito tempo, e juro…faz pouco que sei desta tua qualidade…sim, qualidade, a capacidade de se desligar dos barulhos chatos qdo se quer…porque na realidade vc não tem defeitos, ou problemas…apenas uma característica que te faz especial…como tantas outras, únicas neste ser zebrado, oncinha, feliz e querida que tu é…e isso não é um textinho baba-ovo…é sério…grande coisa vc usar um aparelho auditivo, um brinco ou uma melancia na cabeça…o q conta esta dentro deste coração imenso…é o que sempre me importou…talvez por isso a surdez tenha sido tão insignificante no meio de tantas qualidades…

    ou vc acha que pra mim foi estranho conversar sempre de frente pra vc? Pelo contrário, sinal de apreço e consideração. Vc nunca desviou o olhar…e queria q todos fossem assim…

    Ou o jeitinho meio “fanho” de dizer LUNA LUNA na nossa época do colégio…charme! sempre achei o máximo, e imitei como vc falava…era uma característica “fofinha” q garanto que não só eu adotei…

    A carinha tímida, meio desligada…p/ mim, é um charme a mais, o jeitinho Paula Xuxu de ser! E convenhamos…vc catou uma nata legal sendo assim, né?

    Na realidade vc mais me ensinou a ser educado do que a conviver com uma menina com deficiência auditiva…até pq vc sempre me ouviu (ou ao menos eu espero e sempre acreditei), desde confidências a problemas…e é isso que me importa…

    surda? nem notei, pois vc me ouve MUITO BEM!

    PARABÉNS!

    SUCESSO

    Responder
  • thais f.
    24/05/2010 at 11:41 pm

    Paulinha,

    Certeza que esse será mais um espaço de muito sucesso.

    Que este novo projeto te traga novos amigos, muitas histórias e que ajude muitas pessoas!

    Beijão

    Responder
  • Camila Zarpellon
    24/05/2010 at 11:40 pm

    Sou Leitora do outro blog e jamais imaginei que vc fosse deficiente auditiva. Vc é um exemplo de superação para muitas pessoas, com certeza…por tudo o que vc escreveu acima. Parabéns pela iniciativa do blog tbm e sucesso e que vc consiga alcançar muitas pessoas que precisam!!
    Beijos

    Responder
  • Raquel
    24/05/2010 at 11:12 pm

    Ai, Paula é quase um alívio ler isso….eu sei exatamente como é essa saga dos aparelhos auditivos, se assumir numa parte de vc que as pessoas não querem aceitar.
    Beijos

    Responder
  • Thereza
    24/05/2010 at 11:11 pm

    Paula,

    Amei seu novo espaço!

    E gostei da sensibilidade na qual você abordou o tema, ficou leve e envolvente. Aliás, todos seus textos são assim!

    Mais um espaço cativo para ler!!

    Beijão
    The

    Responder
  • Tata midori
    24/05/2010 at 11:08 pm

    Paula,

    A pior surdez é aquela onde as pessoas ouvem, mas não escutam nada do que acontecem ao seu redor. O seu “problema” na verdade lhe trouxe o grande poder de observar atentamente cada movimento q os “normais” nem pensariam em notar. Vc é a única (entre muitos) a poder se desligar de tudo e de todos quando achar conveniente. Invejei ao cubo isso! rs
    Adoooro com todo meu coração seu blog (apesar de nunca comentar), pode ter certeza que estarei acompanhando aqui também, com o coração aberto e cheio de expectativas, todas histórias maravilhosas que vc tem pra contar.
    Bjos linda!
    Thais
    Ps. Vc já é especial, antes mesmo de falar sobre isso! 😉

    Responder
  • Ale Londero
    24/05/2010 at 10:50 pm

    desde que te conheci tu me surpreendeu! a 1ª surpresa foi essa! mas passou como um raio, tu me surpreendeu tanto que a surdez foi fichinha! hauiahiaha..
    hoje eu li o post, e fiquei orgulhosa de ti!não sei porque, mas me inchou o peito!
    e fiquei muito feliz de ter passado meus dias ao teu lado, porque tu me ensinou muito! e não to falando de talão de produtor, ipva, melhor rímel, chocolate diet,… to falando em ser alguém melhor, e que quando tu precisava de mim eu também me sentia útil e privilegiada!
    eu ficava admirada de ver as pessoas que chegavam lá, te olhavam, achavam linda da cabeça aos pés e não entendiam o porque tu me olhava quando elas falavam enquanto tu escrevia algo, ou estava no pc!ainda me sinto feliz por estes momentos!
    sinto tua falta perua!
    te cuida e manda ficha que eu aposto em ti!!
    miiil beijooos!

    Responder
  • Dayane
    24/05/2010 at 10:47 pm

    Confesso que me impressionei, realmente não sabia e lógico que nem imaginava! acompanho o sweetest não faz muito tempo, mas já achava o máximo e ainda mais por ser um blog do nosso RS. A admiração só aumentou depois de ter lido esse primeiro post, e fiquei pensando em como nunca tinha pensado muito nisso, já que não conheço ninguém com problemas de audição, parece que é uma realidade distante, e olha só! não é!
    Parabéns pela iniciativa e pelos dois blogs, e tbm por ser essa pessoa que faz a diferença! beijoo

    Responder
  • Tati Longo
    24/05/2010 at 10:44 pm

    Brava e nobre iniciativa. Tive uma vizinha na infância que nasceu surda. A mãe da menina a rejeitou de imediado. Foi muito doloroso ver uma mãe insultar um ser indefeso porque ele não podia ouvir… tenho vontade de chorar cada vez que lembro. Deus e a natureza são maiores que tudo. Hoje ela é uma jovem linda, super bem resolvida em todos os aspectos da vida, orgulho da mãe e da família, cursa Pedagogia, sai para dançar, namora. VIVE. E dá exemplos diários a quem convive com ela. Parabéns Paula, a admiro ainda mais a partir de hoje. 🙂

    Responder
  • Léa Blezer
    24/05/2010 at 10:42 pm

    Eu acompanho o Sweetest há pouco tempo e vi o link no twitter, e pensei”nossa, como ela vai conseguir manter dois blogs?”, mas achei o nome interessante e entrei. Me surpreendeu o fato do nome estar literalmente falando do que se trata o blog, pois eu, como a maioria dos que deixaram posts aqui, não imaginava que Paula tivesse deficiência auditiva… Acredito que o blog será um inspirador não só pra outras pessoas que sofrem do mesmo problema, mas pessoas, que, assim como eu, estão tentando escutar com o coração as experiências das outras.
    Parabéns pelo blog, e vamos aí!
    abraço!

    Responder
  • Fernanda Danieleski
    24/05/2010 at 10:33 pm

    Parabéns pelo blog novo, Paula! É preciso coragem pra se abrir assim.
    Adoro o Sweetest e vou acompanhar o Crônicas certo
    Beijo e sucesso

    Responder
  • Micaela Pianezzola
    24/05/2010 at 10:30 pm

    Olá Paula!

    Leio a pouco tempo o Sweetest e gosto muito!
    Muito sucesso pra ti, este blogo tbm será demais! =D

    beijão

    Responder
  • Patrícia Lemos
    24/05/2010 at 10:30 pm

    Paula,

    Fiquei emocionada com isso e ao mesmo tempo chocada com o preconceito enrustido que há em nós. Eu, que me considero uma pessoa super sem preconceitos, fiquei chocada com a tua revelação. Isso demonstra que sempre, lá no fundinho, sempre temos um certo preconceito com qualquer tipo de coisa que seja diferente do “normal”. Parabéns menina e obrigada por contribuir por um mundo mais lindo (sweetest) e mais compreensível (aqui)!

    Beijão!

    Responder
  • anne
    24/05/2010 at 10:18 pm

    sweety,

    eu não canso de trocar email, sms, palavras no msn contigo mas estar na tua cia e conversar ao vivo é sempre melhor! me divirto horrores contigo e nossos papos sempre rendem demais! e o melhor é saber que esse teu detalhe te torna ainda mais especial.
    a exclusividade que tu me dá quando fala comigo, o olho no olho, os pedidos para eu falar diretamente a ti, enfim a intimidade que a gente conquistou com essa amizade só faz eu querer ler o crônicas para poder entender como pode alguém tão expressiva lidar tão bem com uma comunicação não direta, com ruídos, com assopros: uma tarefa que tu tira de letra escrevendo, escrevendo e escrevendo…
    keep going, escreva para o mundo te “ouvir” 😉

    um brinde ao crônicas e um cosmopolitan a ti!

    tua friend,
    anne

    Responder
    • Crônicas da Surdez
      28/02/2013 at 10:54 am

      Acabei de reler esse comment de 2010 perua, e me deu uma SAUDADE de ti, da tua voz e do teu sorriso! Beijo

      Responder
  • Katia
    24/05/2010 at 9:53 pm

    Sempre me indentifiquei muito com seu jeito unico de escrever,falar sobre beleza,coisa séria,sobre auto conhecimento e agora digo sem cerimonia nenhuma:sou sua fã.Pela superação,pela maneira como aborda os assuntos.
    Tive um episódio na minha vida que se tornou um divisor de aguas:Paralisia Facial.E de uma certa maneira me vi aprendendo a viver depois de algo que mudou para sempre minha essencia.

    Bjs

    Responder
  • Marília Pinto
    24/05/2010 at 9:38 pm

    Adorei a sinceridade.
    Sou estudante de Libras e apoio muito os usuários da Língua.

    Responder
  • Gili
    24/05/2010 at 9:38 pm

    Minha avó paterna era surda, meu pai era surdo e tenho 2 tios que também são. Pra mim é normal ver pessoas com aparelho auditivo, por causa disso… Não sei bem que tipo de surdez é essa da minha família, mas tem algo de genético (a mãe e 3 filhos com o mesmo problema)…
    Muito legal você compartilhar sua história conosco!
    Enfim, parabéns pela iniciativa do blog e sucesso pra vc!
    Beijos,

    Responder
  • Krisley
    24/05/2010 at 9:23 pm

    Legal ter um blog sobre surdez, todos os meus tios e tias são surdos-mudos e acho que vou entender muitas coisas aqui.

    Responder
  • nathaly niegeski
    24/05/2010 at 9:21 pm

    Lindo gesto, linda mulher corajosa! com toda certeza seu blog vai ser, ou melhor, já é um sucesso! Super parabéns!

    Responder
  • Bruna Lemos
    24/05/2010 at 9:08 pm

    Paula isso é um ótimo assunto. Na minha faculdade, cursei gastronomia, tinha um amigo surdo, ele falava mas para quem não convivia com ele era dificil entender o que ele dizia. Ele me marcou muito porque já era a 2 faculdade dele, e ele fazia tudo sozinho, acho que para ele era dificil porque não escutava o apitar do forno, mas não se abatia, foi uma lição de vida para mim. Não sei se ele trabalha na área, porque perdi contato, mas ele me divirtia muito.
    Precisamos de mais pessoas como você, que tirem o “pré-conceito” das pessoas.
    Parabéns.

    Responder
  • Mariel
    24/05/2010 at 8:51 pm

    Oi Paula!

    Adorei a iniciativa. E além de tudo, você escreve muito bem. Parabéns!

    😀

    Responder
  • Juliana Codato
    24/05/2010 at 8:50 pm

    Parabéns pelo blog Paulaa!! Sou leitora do Sweetest e agora desse também!!
    Vc é uma guerreira! Merece mto mto mtoooo sucesso! Torço por vc de coração!!
    Bjuss

    Responder
  • Fabi Sanguine
    24/05/2010 at 8:44 pm

    Parabéns Paula. Vc mostra com este blog o quão guerreira és. Já te admirava pelo Sweetest Person, agora quero mto te acompanhar por aqui tb!
    Beijão!!

    Responder
  • Débora
    24/05/2010 at 8:19 pm

    Parabéns pelo novo blog Paula! Sou assídua leitora e adoro o Sweetest. Mais uma vez vc se superou, muito bonito e bem escrito.
    Um beijão!!

    Responder
  • Grace Kelly
    24/05/2010 at 7:56 pm

    Adorei sua idéia e seu blog já é um sucesso. Seu texto é muito bem redigido, parabéns!! Namorei quatro anos com um surdo e entrei nesse mundo que não fazia idéia de como era. Não consigo ver deficiência em surdo, pelo contrário, eles colocam nós ouvintes no bolso. Depois lhe conto mais, agora preciso ir pra casa!! Beijos.

    Responder
  • Juliana Zago
    24/05/2010 at 7:40 pm

    Ei Paula!
    Bem, sou irmã de um deficiente auditivo. Cresci no meio de muitos… Meu irmão sempre frequentou a ASU, Associação dos Surdos, da cidade onde eu morava. Enfim, cresci ao lado dele. Ajudando, ‘defendendo’, ensinando. No próximo mês, junho; ele completa um ano de casado. Ele se casou com uma ouvinte.
    Eu aprendi ainda quando criança a linguagem das mãos, libras. Bom, tenho muuuuita coisa para contar. Se algum dia precisar de uma colaboradora para o blog…
    Enfim, virei sempre aqui…
    Bjs..

    Responder
  • Carol Linden
    24/05/2010 at 7:38 pm

    Você disse uma coisa que achei fantástica: viver com ajuda da tecnologia. Há alguns anos descobri uma “condição” que eu tenho desde pequena e que foi piorando (como sempre essas coisas pioram). Tenho intolerância à lactose e cheguei num ponto em que pra comer qualquer coisa que tenha um vestígio mínimo de leite, queijo, manteiga etc preciso tomar remédio antes. As pessoas estranham, fazem cara feia ou cara de pena, mas eu não tô nem aí. Melhor tomar o remédio e comer numa boa do que não tomar e viver sendo internada no hospital, como eu vivi uma época – e pior: com os médicos dizendo que eu tinha problemas mentais (hello?) e que precisava de terapia, porque “eu não tinha nada”. Mais uma: endometriose. Como me disse o 5º ginecologista que me atendeu (os 4 primeiros eram cada um pior do que o outro e me disseram de tudo, menos endometriose): menstruação pra mim é doença, do-en-ça. Operei recentemente e preciso tomar hormônio pra não menstruar de jeito nenhum. Se eu quiser ter filhos um dia? Fertilização in vitro. Ou seja: um monte de tecnologias me ajudando a viver melhor, a comer, a não me acabar de dor e sangramento. Honestamente? Em momento nenhum eu reclamo. Eu só penso em quem precisa dessas tecnologias e não tem acesso, porque infelizmente são coisas todas muito caras (quando estão disponíveis: o remédio pra intolerância à lactose é importado e não vende no Brasil, só na muamba mesmo).
    Parabéns pela iniciativa do blog. Sou sua leitora no outro e serei neste aqui também. 🙂

    Responder
  • Geísa Oliveira
    24/05/2010 at 7:25 pm

    Parabéns Paula, excelente texto, de uma sensibilidade sem cair para o piegas.
    Já seguia diariamente teu outro blog e agora acrescentei mais um.
    Fico feliz, também, por saber a pouco tempo que vc é de “Saint Mary” minha antiga cidade.
    Parabéns mais uma vez.

    Responder
  • Danielle Amorim
    24/05/2010 at 7:01 pm

    Mas que belo presente de aniversario ganhei!
    Paula, sou fisioterapeuta, e durante a universidade participei de um projeto de extensão chamado Viva a Diferença.
    Ele surgiu pq uma educadora fisica q lidava com deficientes percebeu q, no começo da semana, qdo perguntava como tinha sido o fds dos alunos, nunca tinham o q dizer… Que a vida deles era de casa pro tratamento, etc. Que muitos nao iam pro lazer por causa das barreiras arquitetonicas, dificuldades de transporte publico, nao saber como lidar, etc. Enfim, nesse projeto a unica atividade q tinhamos era a do LAZER. Até rally 4×4 c eles fizemos, e sempre buscando a inclusão. Foi uma bela experiencia p mim,nao so p a profissao q viria a ter, mas como pessoa. Pequenos habitos para quem tem qq deficiencia fazem toda a diferença.
    Hj estou morando na Suiça (tem pouco mais de um mes) e cheguei a chorar na rua nos primeiros dias qdo vi toda essa acessibilidade. Rua, transporte publico, banheiros… Cadeiras motorizadas, outras pessoas respeitando quem tinha deficiencia… apito no semaforo,etc. Eh outra coisa.
    Sucesso com o blog, pois eh SUPER IMPORTANTE, como vc bem sabe, um ponto de apoio e troca de experiencias para qualquer problema q se tenha. Por ex, eu tenho intolerancia a lactose q se definiu e piorou nos ultimos anos, e os blogs de receitas e expeciencias me ajudaram ABSURDAMENTE.
    Sucesso!

    Responder
  • Mirella Garcez Sousa
    24/05/2010 at 6:41 pm

    Tô orgulhosa,boquiaberta,pasma,encantada e novamente orgulhosa de vc!Eu pude visualizar tudo o que vc escreveu!Tem muita clareza…Te adimiro mais ainda…vou sempre estar por aqui tb!
    Deus te abençoe e tudo de bom nesse novo blog!Vai fazer tanto sucesso quanto ao outro!
    Bjossss

    Responder
  • Renata
    24/05/2010 at 6:18 pm

    Querida blogueira. Eu sou sua fã desde seu outro blog. Eu tenho que te parabenizar pelo teu mais novo blog. Confesso que li seu primeiro post neste blog e chorei do começo ao fim. Chorei por admirar ainda mais vc, por todo teu talento de se expressar e agora além de escrever sobre moda e afins vc escreve sobre tua vida, é uma coragem que poucos tem. Coragem de além de mostrar a tua carinha no blog compartilhar a tua história tão linda conosco, teus leitores e admiradores. Enfim, parabéns e te desejo muito mais sucesso ainda!!!!

    Responder
  • Flavia Gomes
    24/05/2010 at 6:11 pm

    Oi, adorei o post e a iniciativa.
    Não tenho nenhum problema diagnosticado de surdez, além de uma pequena perda do agudo por causa de remédio para as vistas (toxoplasmose que pegou minha visão central). Mas já fiz vários exames, pois não escuto direito. Não dá nada, além dessa perda do agudo que é equivalente a audição de idoso, segundo médicos.
    É chato mesmo. Dependendo só escuto se olho para a pessoa. Minha mãe quer que eu consulte de novo para ver se é surdez ou falta de atenção.
    Gostei do espaço, parabéns…

    Responder
  • Camila Martins
    24/05/2010 at 6:10 pm

    Direto pro “favoritos”! Me emociono com suas palavras sempre, sempre te falo isso. Amo o Sweetest, suas dicas, as informações de moda e tudo, mas o que mais gosto em você, é essa parte emocional. Te perguntei se o blog novo seria de Pequenos Escritos e confesso que fiquei meio triste quando disse que não, mas provavelmente esse vai me tocar ainda mais.
    Gosto muito do seu olhar sobre a vida. Um beijo Paula, sucesso =)

    Responder
  • Vanessa Silva
    24/05/2010 at 6:06 pm

    Eu lembro de vc já ter comentado num post lá no Sweetest sobre isso. E lembro também de ter feito um comentário sobre uma tia que compartilha desta condição.
    Desejo muita sorte neste novo espaço.
    Sempre vou passar por aqui também.
    Um beijo.

    Responder
  • Iris
    24/05/2010 at 5:40 pm

    Oi Paula. Eu sempre dou uma olhadinha no Sweetest e aí hoje vi que você lançou esse blog. Não fazia a mínima ideia que você era surda. Eu vou acompanhar o blog, porque minha mãe é deficiente – só que no caso dela, ela é cega. Ela tb tem muiiitas³ histórias engraçadas e outras nem tanto. Pode deixar que eu vou conferir sempre e ver você compartilhar essa história linda :} Porque qualquer coisa que é um pouco diferente do dia-a-dia dá trabalho, mas faz da gente cada vez mais vencedora.
    Amei sua história.
    Beijos

    Responder
  • Andressa
    24/05/2010 at 5:32 pm

    Linda iniciativa, Paula.
    Parabéns de coração!!

    Beijo.

    Responder
  • Juliana
    24/05/2010 at 5:32 pm

    Oi! Adorei o post.. por favor, não deixa de atualizar!
    beijo

    Responder
  • Letícia Souza
    24/05/2010 at 5:30 pm

    Parabéns pela iniciativa. Já gostava de ver o jeito que vc escreve sobre suas coisas pessoais, então vou acompanhar este tb.
    Já assinei pra receber os posts no email!
    Bjs e muito sucesso!

    Responder
  • Elianinha
    24/05/2010 at 5:22 pm

    Querida parabéns pelo primeiro post. Como educadora irá acrescentar e, muito seus “novos” assuntos e amigos que por aqui aparecerão. Na facul cursei libras e novamente vou cursar no próximo semestre um curso com duração de um ano e meio todos o sábados. Acredito que hoje se faz necessário este curso para muitas pessoas, pois determinadas empresas exigem. Então … vou adiante.
    Que este blog seja mais um espaço de sucesso, mostrando a vida realmente como ela é.
    Super beijos de quem a estima muito!!!

    Responder
  • Fernanda
    24/05/2010 at 5:22 pm

    Parabéns pela iniciativa. É bom ver pessoas que querem compartilhar sua história não para lamentar ou para ter atenção, mas sim para ajudar outros que passem pelas mesmas dificuldades.

    Muito sucesso aqui e no Sweetest (que por sinal eu adoro).
    Beijinhos

    Responder
  • Roberta Sampaio
    24/05/2010 at 5:21 pm

    Paula,que iniciativa legal!!! Na hora me veio uma conhecida,mas acho que se ela já não tiver visto esse espaço vai amar! Parabéns! =D
    beijo

    Responder
  • Jamily Passarelli
    24/05/2010 at 5:18 pm

    Paulinha querida, amei esse blog! Veja, eu já amo de paixão o Sweetest e esse agora é um dos meus favoritos também! E vou te explicar porque:
    A questão da coisa é LÓGICA! Você é humana como nós! Não tem e nunca teve essa de querer parecer ter a vida perfeita no seu blog. Tem seus problemas, suas qualidades, defeitos, chora, ama, odeia, se enputece e arrebatadoramente chega e compartilha algo tão pessoal assim com pessoas que você jamais viu/ou verá a cara. Seja por distância, por falta de oportunidade ou simples destino.
    E é isso que faz você ser o ser humano que é. Atenciosa, simples, humilde, engraçada e que nos faz pensar sobre a vida quando se expõe dessa forma. Singela e bonita forma.
    Quero te dizer que hoje você alcançou a estrelinha do topo comigo! Mulher de caráter!
    E agora já que você criou mais um vício para nós, bora ler o CDS todo dia!

    You’re lovely! Everytime!
    Muito amor, ?.
    Beijinhos.

    Responder
  • assunção
    24/05/2010 at 5:16 pm

    OI PAULA ,FIQUEI MUITO ORGULHOSA POR VC TER TIDO CORAGEM DE FALAR SOBRE ESSE PROBLEMA SEU ABERTAMENTE ,SOU PROFESSORA DE SURDOS SEI O QUANTO E DIFICIL PRA ELES ENCARAREM ESSE PROBLEMA DE FRENTE ,AS VEZES PASSAM ANOS SE NEGANDO ,TRANCADOS EM CASA POR Ñ ACEITAREM ESSE DIAGNOSTICO.OUTRAS VEZES SÃO SEUS FAMILIARES Q Ñ ACEITAM E AI PASSAM A NEGAR ATE PRA SI MESMO Q TEM UM FILHO OU PARENTE COM ESSA DEFICIENCIA.
    COSTUMAMOS DIZER NA INSTITUIÇÃO ONDE DOU AULA( Ñ SEI SE VC JAOUVIU LAR DAAAPPE) AQUI EM ALAGOAS QUE OS SURDOS Ñ E DIFICIENTE E SIM EFICIENTE,E AGORA ENCONTREI ISSO EM VC PARABENS QUE SEU BLOG TENHA MUITO SUCESSO BJUS

    Responder
  • Ale Vernier
    24/05/2010 at 5:16 pm

    Minha amiga do cuore!!

    Coragem e autenticidade são qualidades que pouquíssimo seres humanos tem, ainda mais hoje em dia, neste mundo tãooo crítico e por vezes fútil que vivemos.

    Te admirei desde a primeira leitura do teu dos posts do Sweetest… foi afinidade à primeira vista! Daí para uma amizade real foi um pulo, algo que aconteceu graças aos encontros maravilhosos que pessoas especiais como nós tem a chance de ter.

    E tu és assim, simplesmente especial e ao mesmo tempo tãooooooo especial! Sinto mtooooooo orgulho de te ter como amiga… presentinho que Deus coloca nas nossas vidas. E, sinceramente, me sinto honrada de te ter perto de mim.

    A cada papo nosso, visita tua me sinto abençoada por poder dividir esta caminhada que temos aqui com alguém tão querida, sincera e com uma energia maravilhosa. A vida com uma amiga como tu, fica repleta de flores… de todas as cores!

    Costumo dizer que seres de luz sempre se atraem… não é à toa que tu és uma estrela enorme com uma constelação pra lá de brilhosa perto de ti!

    Que a vida sempre retribua toda esta tua sagacidade e vida que pulsa dentro de ti! Quero te ver feliz, sempre e pra sempre!

    Amo-te!!!

    Responder
  • Samanta
    24/05/2010 at 5:11 pm

    Oi Paula!!! Sou fã do sweetest e agora dessa sua nova empreitada….enfim acho que sou fã da Paula Veras Pfeifer!!! Parabéns pela iniciativa e que você colha muitos frutos por isso!
    Ah, por isso que num post seu você comentou algo sobre ler labios, acho que foi num post que falava tambem da coca cola plus….Nossa não tinha entendido…mas deve ser demais ser perita em leitura labial!!! rssrrs
    Beijos no seu coração!

    Responder
  • Daniela Momoli
    24/05/2010 at 5:10 pm

    Parabéns pelo Blog… Te admiro muito !!!

    Bjs
    Dani

    Responder
  • Daiana
    24/05/2010 at 5:07 pm

    Paula querida,
    sua disposição em ajudar as pessoas que estão passando pela mesma angústia que você passoou antes só mostra ainda mais a pessoa maravilhosa que você é. Muito obrigada por compartilhar conosco essa sua energia e simplicidade e por se doar dessa forma em prol de pessoas desconhecidas.
    Boa semana a você.
    BJOKS

    Responder
  • Camila
    24/05/2010 at 5:01 pm

    Paulinha!!! Adorei sua iniciativa! Sou sua fã do Sweetest e agora também do Crônicas.
    Tenho um amigo com essa mesma característica sua! Não falo que é um problema pois assim como Pedro (meu amigo) sei que você não encara isso como um! Já falei com ele do seu novo blog!

    Muito sucesso!

    Beijão

    Responder
  • Cristiane
    24/05/2010 at 4:55 pm

    Paula! Que coragem!
    Todos sabemos de seu talento para falar de coisas mais corriqueiras, mais ligadas ao seu dia a dia e que te dao muito prazer…e de coisas nao tao corriqueiras, mas que fazem a gente pensar (seus Pequenos Escritos).
    Agora, vc nos surpreende com esta nova empreitada; pra falar de uma condicao que vc aprendeu aos pouquinhos a conviver, aceitar e driblar.
    Mantenha esta alegria, este clima leve, e continue a nos premiar diariamente com sua inteligencia e carisma
    um beijo carinhoso
    Cristiane

    Responder
  • Marina Smith
    24/05/2010 at 4:52 pm

    Sucesso, flor!!!

    Beijos!

    Responder
  • Ariane
    24/05/2010 at 4:52 pm

    Esse blog será um verdadeiro sucesso!!!
    Adoro o Sweetest e já estou adorando este.

    Tenho certeza que você não é menos feliz por ter deficiência auditiva, você é uma pessoa iluminada!!!

    Votos de toda a felicidade do mundo!!!
    Beijos

    Ariane – Rosa Choc Cosméticos – http://rosachoccosmeticos.blogspot.com

    Responder
  • Jane
    24/05/2010 at 4:50 pm

    Parabéns pelo novo blog. A proposta de compartilhar problemas semelhantes é maravilhosa, com certeza será de enorme utilidade para todos. Vou acompanhar sempre!

    Responder
  • Patrícia
    24/05/2010 at 4:26 pm

    Paula…

    Eu estava super curiosa em relação ao seu blog novo, fiquei imaginando do que poderia ser e claro para minha surpresa tudo que pensei não chegou nem perto, fiquei super emocionada por você se “expor” desta maneira e tenha certeza que será de grande ajuda para todos…

    Parabéns…muita luz na sua vida!!!
    Beijos…

    Responder
  • Izabella Pimenta
    24/05/2010 at 4:25 pm

    Encantada… encantada com a leveza e carinho de suas palavras com um assunto tão pouco comum. Sou dentista em Belo Horizonte e atendo alguns pacientes surdos… não sei “libras” mas me comunico muito bem com eles de diversas formas! Até hoje não sei como eles foram e encaminhados a mim, e muito menos porque estão há alguns anos comigo, mas acho que o carinho e tratá-los como todos os outros pacientes os fazem sentir confortáveis comigo e minha forma de atender suas necessidades odontológicas!
    Vou contar a todos eles sobre seu Blog e também à três fonoaudiólogas (tbém pacientes) que trabalham com deficiências auditivas… acho que todos vão adorar!
    Parabéns por aqui e pelo Sweetes Person (que já acompanho há alguns meses)!!!
    Abraços Izabella Pimenta

    Responder
  • Parabéns pelo novo blog! Sucesso! ;*

    Responder
  • @DrikaAnschau
    24/05/2010 at 4:19 pm

    Oi Paula!! Te acompanho no outro blog há pouco tempo… mas só porque demorei pra “te” encontrar, pq desde então passei a acompanha o blog e vc pelo twitter. Adoro seus posts e a alegria que vc demonstra através das palavras. Sei como pequenos detalhes fazem a diferença no nosso dia a dia, e esse novo blog com certeza além de nos fazer vibrar com seus textos vai informar e auxiliar muitas pessoas que precisavam de um lugar assim pra se apoiar! Mto sucesso nessa nova fase linda. Bjinhuss

    Responder
  • Blog Consuma com Moderação
    24/05/2010 at 4:17 pm

    Oi Paula!
    Sou leitora do SP, amei seu novo blog. Parabéns!
    Nem imaginava que vc tinha essa deficiência, a minha sempre foi visual e só consegui progressos há 1 ano e meio atrás, após uma cirurgia.
    Acho que falar abertamente do assunto, ajuda e muito quem está com dificuldades em aceitar uma deficiência, pois a pessoa se sente acolhida e pode compartilhar suas dificuldades diárias.
    Beijos!

    Responder
  • Celina
    24/05/2010 at 4:13 pm

    Paula, muito legal o teu novo blog.
    Já te admirava pelo Sweetest, por ser uma representante dos pampas (e gremista!!) entre os blogs de moda mais acessados e comentados do Brasil e agora então, mais ainda!! Parabéns por saber encarar o essa deficiência com naturalidade e bom humor.
    Tu merece todo sucesso que tens e mais.
    Beijos

    Responder
  • Rose Garcia
    24/05/2010 at 4:13 pm

    Paula,
    Sou fã do seu blog, mas, nunca comentei…hoje não aguentei e resolvi postar. Precisava….
    Assim como o Sadi, a Ka, também estou orgulhosa de você…e nem nos conhecemos….vc nos emocionou com sua leveza…
    Está na hora do ser humano deixar de olhar as diferenças, na verdade não existem diferenças….somos iguais… Estou cansada de ver as injustiças e indiferença da minoria que se julga “normal”… Vejo pessoas brilhantes que não conseguem um lugar ao sol por estarem numa cadeira de rodas, ou sem enxergar, ou não gostar de pessoas do outro sexo… E está na hora de nos unirmos e enxergar a beleza do outro sem aumentar os detalhes…
    Parabéns por ser essa mulher encantadora, menina… você vai longe!!!!
    Bjs, fique com Deus!!!

    Responder
  • @milamori
    24/05/2010 at 4:09 pm

    Mal tenho palavras para expressar que grata surpresa foi descobrir hoje este blog. Se eu começar a dizer com quais partes me identifico vou acabar copiando o post inteiro aqui neste comentário. Também sofro de deficiência auditiva desde bebê. Não uso aparelho por… Por quê mesmo? Acho que me acostumei a ser assim, não sei. Já fui zoada, já passei por antipática, já fiz gente repetir duzentas vezes o que queriam falar comigo, já aprendi leitura labial… Enfim, poucos entendem o que é isso. Conseguiste escrever muitas coisas que me tocaram e espero que toquem outras pessoas. Obrigada por compartilhar conosco tuas ideias e pensamentos e sucesso no novo blog.
    @milamori

    Responder
  • Barbara Resende
    24/05/2010 at 4:05 pm

    Paula, parabéns pelo novo blog e vai ser ótimo para você dividir algo que sempre foi muito seu e poucas pessoas conheciam!

    Que te dê muitas forças para ser uma pessoa cada vez mais incrível!

    bjs…

    Responder
  • Jaky
    24/05/2010 at 3:58 pm

    Ola Paula! Acompanho sempre seu blog do Sweetest Person e te admiro muito! Essa iniciativa de fazer um blog para contar e dividir sua deficiencia, acho que foi um dos gestos mais lindos que vao ajudar com certeza milhares de pessoas a conviver com esse “tabu”!

    Parabéns pela iniciativa, e sei que com seu talento e carisma, esse blog vai ser um sucesso e como sempre vc ira ser mto reconhecida, nao so pelo seu talento como escritora mas sim como pessoa.

    Um beijo,

    Jaky

    Responder
  • Aramantha Mariano Silva Meneses
    24/05/2010 at 3:45 pm

    Ai que espaço interessante! Idéia Fabulosa!
    Tenho uma sobrinha de 5 aninhos que é surda, porém com um novo aparelhinho ela consegue ouvir sons acima de 70 decibéis, o que já é ótimo pois chamando ela em um tom mais alto ela percebe. A Giovanna começa agora a se comunicar com poucas palavras na forma oral, já escreve nossos nomes quando falamos devagar e bem de frente a ela (acho que pela identificação labial), além de ser craque em nos ensinar libras kkk…
    Ela é super criativa, esperta, inteligente mesmo! E acredito que a surdez nunca a impedirá de nada, assim como não te impediu de ser essa pessoa criativa que és!

    Estarei sempre aqui para dar uma olhadinha nos teus textos.

    Beijo Grande
    Ara

    Responder
  • Hay
    24/05/2010 at 3:42 pm

    Oii Paula,

    primeiramente gostaria de parabenizá-la pela iniciativa desse blog. Aposto que assim como eu, muitas outras leitoras do Sweetest jamais imaginaram que vc possui deficiencia auditiva. Mas achei de muito bom gosto e de imensa criatividade a criação desse blog. Ajudarão mtas pessoas que tbm possuem surdez q ajudarão quem não tem.!

    Muita sorte e muita luz nesse seu novo caminho aqui no Cronicas!

    Acompanharei os dois blogs com mto carinho!

    Parabéns novamente!

    beeijinhos, moça!

    Responder
  • Amiga Chic
    24/05/2010 at 3:40 pm

    Paulinha,

    Achei incrivél a sua coragem de falar para todo mundo dessa sua deficiência auditiva. Você abriu o seu coração e está emocionando a todos que estão lendo esse post. Atitude louvável! Bato palmas para você!

    Tenho certeza de que esse Blog ajudará a muitas pessoas que sofrem ou sofreram com esse tipo de problema.

    Parabéns!!!

    Bjo enorme
    Fabiana

    Responder
  • Thamires
    24/05/2010 at 3:40 pm

    Paulinha, amo o sweetes e não fazia idéia desse seu problema, acho que essa iniciativa de você por pra fora os problemas de ser “diferente” faz com que cada leitor de qualquer um dos blogs se emocione e se sinta parte da sua vida, mesmo que com poucas palavras, fazemos parte um da vida do outro.
    Tenho certeza que seu novo projeto será tão maravilhoso quanto o outro.
    Parabéns.

    Responder
  • Andrea Czaikowski
    24/05/2010 at 3:32 pm

    Olá, Paula!!
    primeiro quero dizer além de ser fiel leitora do Swetest serei também desse novo blog…quero te parabenizar por falar deste assunto de uma forma leve e sincera e agora consigo entender bem a sua timidez no encontro em Ctba do qual participei…depois quero dizer que me assustei um pouco porque eu tenho uma deficiência no ouvido esquerdo a qual nunca fui procurar um médico e sei que ouço muito pouco, às vezes nada desse ouvido…seu post me alertou e vou procurar um médico com urgência…bjos e muito sucesso em sua nova empreitada.

    Responder
  • Fê Borges
    24/05/2010 at 3:27 pm

    Oi Paula,

    Você não sabe como esse seu novo blog me fez bem. Também tenho uma deficiência auditiva, no meu caso o problema é heteditário. Tenho apenas 20% de audição no ouvido direito e cerca de 10% no direito. Isso foi o que eu consegui recuperar depois das cirurgias para a colocação das protéses internas, que se desgastam com o tempo. Ou seja, tenho que refazer essas cirurgias de tempo em tempo para manter os 10% e 20% de audição que tenho. Mas confesso que me falta coragem de refazê-las. Convivo bem com todo mundo e quase ninguém percebe esse meu defeitinho. Tem alguns sons que não escuto mais, mas tenho lembranças… estou sempre atenta aos lábios das pessoas, mesmo não sabendo fazer leitura labial, mas com isso consigo entender a maioria das palavras. O que realmente é chato, é que a maioria das pessoas com as quais convivo não tem muita paciência com o problema e se irritam facilmente com isso. Acho que realmente não conseguem enxergar a dimensão do problema, pareço normal, me comporto como, mas não sou… não adianta querer que eu ouça como elas. Mas fazer o quê, outra cirurgia?? Ah não sei se estou disposta a passar por tudo novamente.
    Mas enfim, até que tem seu lado engraçado… por exemplo, pernilongos não me atrapalham o sono, festas de vizinho, qdo tem, é só abafar o melhor ouvido no travesseiro e voilá…. soninho de anjo. E quando são assuntos desagradáveis??? Basta mover os olhos em direção contrária a da boca “suja”.
    Agora, se tem algo que me deixa em pânico são esses atendentes de operadoras de celular… que faltam educadamente baixo, e eu me canso e fico envergonhada de ficar repetindo… ” o que?, o que?, o que??? hã?
    Conversar ao telefone é algo desgastante e cansativo pra mim, evito o máximo que posso. Mas enfim, também não rola de sair por ai com uma plaquinha dependurada no pescoço dizendo “Deficiente auditiva, por favor tenham paciência!”

    Beijos querida

    Responder
  • Daniele Franco
    24/05/2010 at 3:26 pm

    Oi Paula!
    Que linda a iniciativa, que coragem, que guerreira!! Sempre fui sua fã, agora ainda mais!! Mata a gente de orgulho!!!
    Sucesso nesse novo caminho e estarei sempre por aqui, e claro, indicando pras pessoas que possam estar aprendendo e dividindo desse blog tão especial com uma pessoa iluminada como vc!! Parabéns mesmo!!
    Um beijo enorme

    Responder
  • diana
    24/05/2010 at 3:23 pm

    Oi Paula,

    Nunca que poderia dizer (e nem pdoeria) que tinha deficiência auditiva e já te admirava antes (classe, bom gosto, bons textos) e com este relato não suave sobre um assunto tão pessoal e tão complicado como a surdez.

    Minha irmã (que não tem problemas auditivos nenhuns) há uns anos que decidiu fazer leitura de sinais apenas por interesse e é muito bom ver ela a falar com umas pessoas portadoras de deficiência que trabalham num supermercado perto da minha casa.

    Beijos

    Diana

    Responder
  • Taidje Gut
    24/05/2010 at 3:13 pm

    Paula, fiquei emocionada com teu post, com a tua história, com o blog, com todos os comentários. Nossa, quanta coragem e beleza nas tuas palavras. Como é bom começar uma semana descobrindo coisas tão sensíveis de uma pessoa que eu já admirava.

    Um beijo grande!

    Responder
  • Cristiane Soares
    24/05/2010 at 3:13 pm

    OI Paula…
    Acompanho vc no Sweetest Person à uns dois anos…adoro seu blog e sua autenticidade, simplicidade, sensibilidade, enfim vc é mix de qualidades e defeitos (como qualquer mortal) que a torna única e especial, acho vc um doce de pessoa. Não a conheço pessoalmente, mas quem sabe um dia, mas posso sim com propriedade afirmar que vc é um luxo!

    Bj linda!
    Sucesso no novo blog@

    Responder
  • Paola Lay
    24/05/2010 at 3:12 pm

    De uma sensibilidade e de um carinho imensos esse teu novo projeto. Não tenho dúvidas de que vai ser um sucesso, Paula.

    Beijos!

    Responder
  • Marcela de Vasconcellos
    24/05/2010 at 3:11 pm

    Adorei,

    ser surda faz parte de quem você é, mas não é só isso. Qaundo a gente encara o monstro ele é quem fica com medo!!!

    Parabéns pela coragem.
    Bju

    Responder
  • Nati Vozza
    24/05/2010 at 3:10 pm

    Paulinha!
    Todo sucesso do mundo nessa nova “caminhada”, vou passar por aqui sempre…Adoro o modo como escreve!

    Você merece tudo de melhor…Estou aqui, para o que precisar.
    Muitos beijoss,
    Nati

    Responder
  • Miah
    24/05/2010 at 3:10 pm

    Paula linda,

    Derramei umas boas lágrimas com seu texto! hehehe
    Parabéns pela iniciativa! Muito sucesso, e saiba que ganhou uma leitora cativa 😀

    Beijos

    Responder
  • Patrícia Maia
    24/05/2010 at 3:04 pm

    Finalmente esse filho nasceu!!
    Como era de se esperar, já nasceu mto bem escrito e emocionante.
    Parabéns, Paulinha, não só pela coragem de se expor, pois somente quem possui algum conhecido com deficiência que sabe que sempre há um olhar diferente quando este pequeno detalhe se torna público, mas também pela iniciativa de aliar esse mundo que muitos acreditam ser fútil (moda, beleza, etc) com este lado social tão importante.
    Espero que tenhas tanto sucesso neste seu espacinho quanto no outro!
    Beijos,
    Patrícia

    Responder
  • Patricia Bello
    24/05/2010 at 3:04 pm

    Oi, Paula. Sigo o Sweetest e queria comentar com você que, há um ano, fui diagnosticada com Síndrome de Menière. Causa surdez unilateral neurossensorial (o meu afetado é o ouvido direito), labirintite, e um conjunto de vários outros sintomas manifestados quando estou em “crise”. É complicado. As pessoas acham que é frescura e tal, mas tem dias que nem consigo levantar da cama, de tanto enjôo, dor de cabeça, vertigem… e me identifiquei com várias das coisas que você disse aí em cima! Inclusive com a parte de pedir que as pessoas falem de frente, por causa da leitura labial (em locais barulhentos), o apito no ouvido, etc…
    Assim como o Sweetest, o Crônicas vai pro meu Google Reader já!

    Beijocas e sucesso!

    Paty

    Responder
  • Isabelle Graziella M santos
    24/05/2010 at 2:58 pm

    Nossa Paula..ja era assidua tua no blog..e vim aqui conhecer esse seu novo cantinho e fiquei realmente supresa!PARABENS pelo novo blog, pela coragem e determinação!Vc cada vez mais demonstra ser um ser humano inigualável!Vc vai ver as recompensas que essa iniciativa vai te trazer..poder ajudar,compartilhar experiencias com pessoas que tem essa dificuldade tbm!Te admiro cada vez mais!
    Bjao

    Responder
  • Carlinha
    24/05/2010 at 2:58 pm

    Paula, que relato emocionante. Parabéns pelo talento da escrita cativante, leve, gostosa…

    Vou dizer que serei eu a pessoa a acompanhar o blog. Ainda acho que escuto “normalmente”, mas já fui diagnosticada como pessoa que não escuta determinada frequencia (não me aprofundei no assunto pq o técnico de uma audiometria para fins de trabalho disse não ser grave).

    Também em nada “atrapalha” minha vida pessoal, mas me preparo para no futuro ter que ser como foi o meu avô e hoje está sendo minha mãe. Todos escutam o barulho, mas não distinguem os sons. Para falar hoje com minha mãe, temos que ter paciência, falar claro e alto para que ela entenda. Acho que comigo vai ser assim (ou não, porque o blog até me inspirou a procurar soluções para o que até o momento tenho como inevitável).

    Não sei o nome da doença (se quer se tem cura) e independente de ter encontrado uma leve coincidência aqui, gosto do jeito que escreve!

    Beijos!

    Responder
  • Camila Faria Zagonel
    24/05/2010 at 2:58 pm

    Paula,

    Parabéns! Tenho certeza de que você será ainda mais admirada depois dessa iniciativa. 😉

    Beijos

    Responder
  • Carol Heinrichs
    24/05/2010 at 2:51 pm

    Confesso que fiquei até emocionada com as suas palavras Paula. Me comovo de uma forma muito profunda quando vejo qualquer pessoa, que passou por dificuldades (seja de qual espécie for) superar as dificuldades e compartilhar suas histórias com as pessoas.
    É muito bom conhecer um pouco mais das pessoas. Melhor ainda é saber que ela toma uma iniciativa para ajudar outras pessoas (milhares) que compartilham do mesmo problema.
    Parabéns Paula! Muito sucesso com o novo blog.
    Voltarei sempre.
    :*

    Responder
  • Kady
    24/05/2010 at 2:47 pm

    Parabéns Paula por esta nova etapa da sua vida! Com certeza terá sucesso como no Sweetest…
    Já a admirava não só pela beleza exterior e meiguice, mas também pela inteligência que mostrava nos Pequenos Escritos; impossível (para mim) não admirar pessoas que escrevem bem, que tem o dom de comover com palavras… Além de ser linda ainda é culta…
    Fiquei supresa ao saber da surdez, pois não tinha como imaginar, no blog você nunca citou nada… Agora, admiro-a AINDA MAIS! Guerreira!

    Este novo blog será um alento aos que tem a mesma dificuldade que você teve/tem e será uma alegria imensa às suas leitoras antigas, para mim será uma leitura motivacional =]

    Obrigada por nos presentear com mais este blog.

    Responder
  • Tatiane
    24/05/2010 at 2:44 pm

    Paula ,parabéns pela sua iniciativa .
    Adorei o post e com certeza passarei o link .A forma como vc escreve parece que estamos ouvindo vc falar aqui do nosso ladinho rs .

    bjus

    Responder
  • Luana Figueiredo
    24/05/2010 at 2:38 pm

    Fiquei emocionada Paula!

    Parabéns mais uma vez, você conseguiu ter uma iniciativa incrível!
    Muito sucesso neste novo blog!

    Bjooos ;**

    Responder
  • Priscila Caldas
    24/05/2010 at 2:34 pm

    Guria,
    Quantas pessoas têm problemas físicos, emocionais e mentais, e não possui essa coragem de expor e vontade de ajudar pessoas que sofrem do mesmo mal!!! Você é aqule beija-flor que com o bico busca água para apagar o fogo em toda floresta.
    Não te conheço pessoalmente, mas, estou muito orgulhosa da sua atitude! Você está fazendo algo diferente, e isso é incrível!
    Eu não sofro de surdez, mas, tenho distúrbio bipolar. Muitas pessoas ao meu redor não sabem. É complicado lidar com gente com cabeça pequena que pensa que quem toma remédios controlados é louco e, não pode ser o melhor no que faz e viver todas as coisas com a mesma intensidade que outras pessoas que não tomam remédio fazem e vivem. Por isso, acho que sei um pouco o que você passa…
    Parabéns, Paula! Que exemplo!!!!
    Vou acompanhar o Crônicas da Surdez com o mesmo entusiamos que acompanho o Sweetest Blog.

    Bjuxxx
    @PriscilaCaldas

    Responder
  • Ana Paula
    24/05/2010 at 2:33 pm

    Olá Paula!!

    Raramente comento, mas hj resolvi “dar as caras” só para te parabenizar pos essa linda iniciativa!!!

    Já sou fã do sweetest e tenho certeza que o Crônicas vai bombar tb!!

    Bjao

    Responder
  • Angelina Nunes Santos
    24/05/2010 at 2:19 pm

    Parabéns pelo novo blog!! Gostei da iniciativa e a considero muito valiosa!! Beijo.

    Responder
  • Joyce Terra
    24/05/2010 at 2:18 pm

    Parabéns, tenho certeza que seu novo blog vai inspirar muitas pessoas! Estou torcendo por vc! Beijos!

    Responder
  • Alessandra Mira
    24/05/2010 at 2:18 pm

    Paula, estarei todos os dias aqui, vivenciando suas histórias, de felicidade e tristezas, de aprendizagem de vida.

    Super sucessoo,

    Alê

    Responder
  • katherine
    24/05/2010 at 2:14 pm

    Parabéns pela sua coragem em se expôr e ao mesmo tempo esclarecer essse assunto pra suas leitoras!
    Desejo muito sucesso no blog!

    Responder
  • Keylla Maynne
    24/05/2010 at 2:10 pm

    Nossa. Parabéns, de verdade. Acho sua iniciativa super válida.
    E se despir assim, não é nada fácil. Falo por experiência propria.
    E pode contar comigo pra qualquer coisa, seja de divulgação á … sei lá. A qualquer coisa. Pode contar mesmo.

    Quando foi que voce resolveu ‘aceitar’ que sofria dessa deficiencia. E que precisava do uso de aparelho auditivo? Foi dificil aceitar esse fato?

    Responder
  • Mariana
    24/05/2010 at 2:05 pm

    Parabéns Paula!!
    Te achei o máximo quando te conheci no encontro da Farm, adorei nossos e-mails e cada dia que passa te acho mais incrível ainda! Você é um exemplo para todas nós!!!! Tenho certeza que esse blog aqui vai longe!!! Continue sempre assim, nos surpreendendo sempre!!!

    Responder
  • maria
    24/05/2010 at 1:59 pm

    Parabéns pela iniciativa!
    Há que falar abertamente sobre tudo, nada de tabus!
    E a propósito, gosto mesmo muito da forma como escreves.
    Continua com muita força, porque mais dia menos dia, vamos ter o livro “Crónicas da Surdez”!
    Beijinho from Portugal

    Responder
  • Christine Martens
    24/05/2010 at 1:57 pm

    Quanto mais eu leio o que tu escreve, mais eu te admiro! Já te achava uma mulher fantástica por escrever coisas tão lindas nos “Pequenos escritos”, ter que receber criticas de pessoas sem o minimo de educação e mesmo assim sair por cima com toda classe, agora com esse blog te admiro ainda mais! Talvez agora eu possa entender como tu te tornou essa mulher forte e encantadora!
    Parabéns por tu ser essa pessoa fantástica!

    Beijones!

    Responder
  • Pauliane
    24/05/2010 at 1:48 pm

    Paula estou emocionada com tamanha sensibilidade. Eu já te admirava e agora mais ainda! Mais ainda por ter caso de surdez em minha familia…!!
    Conheço algumas pessoas que podem compartilhar muitas informaçoes aqui, e estarei indicando seu novo blog com certeza!
    Boa sorte querida!!

    Super beijo!

    Pauli!

    Responder
  • mare
    24/05/2010 at 1:47 pm

    eeeeeee!!!

    viva! que bom que deu certo! fico feliz de ter participado disso tudo desde o comecinho!

    só coisa boa por vir!! tô sentindo!

    bjão <3

    Responder
  • Carol S.
    24/05/2010 at 1:44 pm

    Oi, Paula!

    Sou sua leitora faz um bom tempo, mas não costumo comentar muito.
    Quando li seu post no Sweetest dando link para esse espaço aqui, não entendi direito, achei que fosse uma licença poética, talvez um ponto de vista sob o qual você escreveria seus novos textos, sei lá. E que surpresa não foi descobrir que de licença não havia nada!

    Imagino que há tempos você tivesse vontade de se mostrar assim. De minha parte, posso dizer que tive a sensação de que você ficou até mesmo “aliviada” em “poder” falar sobre isso; e eu fiquei feliz em conhecer mais essa coisinha sobre você. Pq é isso que é, mais uma coisinha entre tantas outras que você também é – e todas elas igualmente importantes.

    Sinta-se abraçada, daqueles abraços de urso!
    Um grande beijo,
    Carol

    Responder
  • Tainá Nishimura
    24/05/2010 at 1:43 pm

    Paula! recebi com muito carinho seu novo blog e essa ‘novidade’..
    Entendo seu segredinho, tenho um dedo torto e não saio por aí mostrando.. eheehhe
    Parabéns!
    Tudo de mais delicioso sempre! =**

    Responder
  • Nine Copetti
    24/05/2010 at 1:33 pm

    Paula…
    Linda iniciativa. E emocionante!
    Que esta tua ação venha a ajudar muitas pessoas mundão afora… sucesso sempre!
    Beijo,
    Nine

    Responder
  • Carol Prince
    24/05/2010 at 1:31 pm

    Oi Paula!

    Parabéns pela iniciativa! São poucas as pessoas que se preocupam em ajudar os outros!

    Beijos!

    Responder
  • Mariana Martins Lehnen
    24/05/2010 at 1:31 pm

    Paulinha!

    To surpresa com essa “confidência”.
    Porém, mais feliz ainda de te “conhecer”, mesmo que virtualmente, e saber que tu é muito mais guerreira do que eu já sabia! :p
    Bem como o Sadi disse, não é pra qualquer um se expor, falar sobre um assunto tão íntimo e que ao mesmo tempo vai ajudar outras pessoas, com certeza.
    O Sweetest já é uma alegria diária, agora serão duas!

    Parabéns e sucesso.

    Responder
  • Fabi Ebert
    24/05/2010 at 1:29 pm

    Nossa, eu tambem sequer imaginava…
    Tenho certeza que esse blog serah um sucesso e tua iniciativa eh maravilhosa!
    Convivi com uma menina com problemas de audicao na minha infancia e agora meu pai estah ficando surdo em funcao da idade…

    Responder
  • Juliana
    24/05/2010 at 1:26 pm

    Oi Paulinha!!
    Eu tbm sou meio surda! ehehe
    Mas não chega a ser uma deficiência, eu ACHO.. (apesar de já ter frequentado fonos, não lembro o que me disseram. E não tenho MTO problema de memória hein! hehe)
    Não sei bem explicar como é.. às vezes é dificuldade de entender uma coisa que a pessoa fala na minha frente… tem que repetir 3x…
    Ou se alguém me chama e não estou com “a cabeça” no ambiente, ou estou concentrada em outra coisa, aquela voz simplesmente não entra pelos ouvidos! hahah
    E tirando a miopia! E um pouco de “gaguisse”. Eita, sou campeã! ehhehe
    Beijos e sucesso com o blog inovador!

    Responder
  • Mel Salvi
    24/05/2010 at 1:26 pm

    Paulinha,

    Lindo seu projeto. Esse blog vai mostrar o quanto uma deficiência NÃO define quem somos. Afinal, em graus diversos, todos nós temos alguma.
    Voce é uma pessoa especial e não é por causa da surdez. Tenho certeza que ela influenciou o seu caráter, mas não mudou sua essência que é linda.
    Parabéns!
    bjks da sua admiradora
    Mel

    Responder
  • Giovana Marin
    24/05/2010 at 1:24 pm

    Parabéns pela sua coragem!!!
    Já acompanho o Sweetest, e cada dia fico mais admirada com a pessoa querida que você é!!
    Muito sucesso!
    Bjo

    Responder
  • Laisa
    24/05/2010 at 1:19 pm

    Paula!
    Sou leitora do Sweetets há mais de ano e adorei saber que agora temos você ainda mais por perto 🙂
    Parabéns pela iniciativa, coragem e boa-vontade de compartilhar com pessoas que tem o mesmo problema que você!
    Muito sucesso! Nós leitores estamos aqui torcend e a disposição pro que você precisar :*

    Responder
  • Raíssa Novaes
    24/05/2010 at 1:14 pm

    Muito interessante este seu primeiro post, lembrei-me de um blog muito bacana:
    http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/

    espero que você goste da dica

    🙂

    Responder
  • Tatiana leão
    24/05/2010 at 1:10 pm

    Acompanho seu outro blog e seu Twitter e acabei de ficar impressionada com seu relato. Claro que, pela Internet, é fácil não perceber uma característica como a surdez, mas mais ainda impressiona a sua maneira de lidar com ela naqueles canais e o impacto de ler como você pretende lidar com ela por aqui.

    Parabéns pela iniciativa, aposto que virá muita coisa interessante por aqui.

    Beijos!

    Responder
  • Je Romanciuc
    24/05/2010 at 1:09 pm

    Certeza absoluta que será um sucesso!
    Parabens pela coragem!Coragem mesmo! de se expor,de mostrar um lado que,acredito eu, ninguem que te lê tenha percebido.
    Trocamos meia duzia de palavras no encontrinho aqui na Cavalera e de repente me veio um ‘click’ ! Tive uma grande amiga com o mesmo detalhe (apesar de ter perdido a audição total aos 2 anos ela fala muitissimo bem)
    Pq eu digo que TIVE essa grande amiga?Pq apesar de gostar muitissimo dela a convivencia foi dificil,nao pela diferença entre nós mas pela dificuldade dela em compartilhar da minha amizade com outras pessoas, ela nao tolerava que eu tivesse outras amigas, e eu não acho que isso fosse algo em função da surdez; com vc disse isso náo te define e eu acho que não deve mesmo definir ninguem!

    Muito sucesso nessa nova aventura!!!!

    Bjo

    Responder
  • Lays Fontes
    24/05/2010 at 1:09 pm

    Paula, parabéns pela iniciativa de se expor dessa forma numa internet onde cada vez mais aparecem pessoas que nada nos acrescenta.
    Você muda isso de forma considerável por somar muito na vida dos seus leitores.
    Sorte com o blog, o Sweetest e todos os outros que você vier a ter.

    Responder
  • Joana Borges
    24/05/2010 at 1:07 pm

    Paulinha, tem algum link de RSS? Quero te acompanhar pelo google reader, daí tentei o link do blog, mas o reader não reconhece…
    Parabéns! O blog está lindo!
    Beijocas!

    Responder
  • Celia Regina Siqueira
    24/05/2010 at 1:05 pm

    Leio o Sweetest Person e, embora o assunto seja diferente, gostei da proposta do blog.
    Não sou surda, mas conheço gente que usa aparelho auditivo e que, em alguns casos, isso não é suficiente para resolver o problema. É legal trocar experiências. Vou divulgar pros amigos.

    Responder
  • Lucky
    24/05/2010 at 1:05 pm

    Paula! Como mtas de suas leitoras do Sweetest, tb não fazia idéia de que vc era surda.
    Gostei mto do seu texto, da sua história, e, apesar de a surdez nem fazer parte da minha vida, quero acompanhar o blog, pois quero acompanhar uma história de superação e adaptação, que pode estar relacionada a qualquer questão das nossas vidas, física ou moral, que fuja dos “padrões”.
    Sucesso pro blog e pra vc!
    Bjs

    Responder
  • Carolina
    24/05/2010 at 1:03 pm

    Fiquei emocionada de ver que finalmente o blog está no ar! Tratar do tema surdez não é fácil, mas como alguém que vive isso, acho q tu terá muito sucesso! Vai ser bom pra ti e pra quem lê. Como alguém que te conhece e convive contigo posso dizer que simplesmente isso não define quem tu é. Ajudou a formar a Paula de hoje, mas tu foi além da questão da surdez, não se reduziu a isso. E fez sozinha. Admiro muito tua coragem de começar esse blog! Beijo!

    Responder
  • Mileni Portella
    24/05/2010 at 1:02 pm

    Guria tô passada…como foi que convivi contigo durante anos, tudo bem que quando somos crianças não percebemos as coisas com tanta facilidade, mas eu nunca imaginei e jamais percebi algo. Nem nas brincadeiras na pracinha, muito menos na sala de aula, nem quando te reencontrei no Santo, aquele dia. Tu não chegou a ser colega da Gisa???? Ela era surda total e não falava muito bem, teve meninguite na infância, lembro que ela foi da minha turma durante todo o 1ºgrau. Ela sentava na 1ª fila e os professores falavam de frente para ela, para ela entender.
    Bom, sucesso com o novo blog e parabéns pela iniciativa, com certeza ajudará muita genteee..
    Beijos

    Responder
  • Paula, mais uma vez Parabéns!
    Por coincidência almocei com o Rodrigo Trevisan neste domingo em Porto Alegre e estávamos falando em ti e ele me comentou a respeito da surdez. Nunca imaginei que teu novo blog fosse para falar justamente disso! Adorei!
    Parabéns e muito sucesso!!
    Um grande abraço,
    Nathalie.

    Responder
  • Fernanda
    24/05/2010 at 12:55 pm

    Oi Paula!

    Eu e minha irmã (deficiente auditiva) sempre acompanhamos seu blog, e nunca nos passou pela cabeça que você fosse tão próxima de nós. Parabéns pela sua iniciativa e revelação. Minha irmã é deficiente auditiva e desde pequena usa aparelho, frequenta fono, enfim, você sabe como é né. Hoje ela tem 19 anos, cursa Produção de Moda, é estilista de algumas peças da Nanaquel mas infelizmente ainda sofre pois nesse mundo tem pessoas que não sabem conviver com estas dificuldades. Ela é oralizada, não se comunica por sinais, a fala é perfeita. Eu e ela temos um blog, o http://www.falamosdemoda.blogspot.com e ela também tem twitter @ruwieser – Vou mostrar seu novo blog pra ela, e se precisar de alguma coisa pode entrar em contato. Parabéns e muito sucesso pra ti.
    Beijao,
    Fernanda

    Responder
  • Lilian
    24/05/2010 at 12:53 pm

    Não sou surda nem conheço ninguém surdo, e também não conhecia o seu blog. Mas adorei tudo: seu estilo leve e honesto, sua coragem, enfim, tudo! (Até o tema do blog, que ficou lindo!)

    Desejo sucesso para esse seu novo projeto. Vou divulgar!

    Beijos!

    Responder
  • Carol
    24/05/2010 at 12:52 pm

    Ótima iniciativa Paula!!! Parabéns e sucesso pra vc!! =)

    Beijos

    Responder
  • Leticia P.
    24/05/2010 at 12:51 pm

    Paula!!! Simplesmente amei! Que post lindo! Estou super feliz em poder estar aqui nesse dia de inauguração. Como te disse há alguns dias…conheci o Sweetest depois que vi o post da Marina sobre o encontrão..e agora tô sempre por lá…e mais do que nunca estarei sempre por aqui também!
    No início deste ano comecei o curso de Libras, apenas por vontade de aprender mais e pela possibilidade de ampliar minhas formas de comunicação – (leia-se: uma de minhas paixões). Confesso que estou encantada com tudo e gostando muito mais do podia imaginar! Não é fácil…num primeiro momento…num segundo também não! Mas com dedicação e vontade cada dia se torna mais prazeroso! O curso tem duração de três anos (estarei firme e forte) e depois temos a opção de prestar o exame de proficiência do Pro-Libras para sermos reconhecidas com intéprete.
    Sei que você não utiliza a língua de sinais…mas quis compartilhar isto contigo! De certa forma isto me fez sentir mais próxima…
    Nos falamos…beijos!

    Responder
  • Bruna
    24/05/2010 at 12:48 pm

    Olá,

    Adoro o Sweetest e achei super legal a iniciativa de fazer o blog , com certeza ja ganhou mais uma leitora assidua rsrsrs. Parabéns e que tenha muito sucesso com esse também!

    Bjks

    Responder
  • Ana Carla Araujo
    24/05/2010 at 12:48 pm

    Paulinha
    Fiquei impressionada lendo, no nosso encontrinho realmente não percebi.
    Coisa mais dificil é essa de se expor sem medos, parabéns. Com certeza vai ajudar várias pessoas e vc também será ajudada. Estamos aqui e vamos adorar ler tudo o que vc possa nos contar.
    Super Beijo

    Responder
  • kalli
    24/05/2010 at 12:47 pm

    Oi querida adorei poder conhecer mais do seu mundo, eu tbm sou “diferente” e gosto de lidar e escrever para pessoas com as mesmas dificuldades que eu.

    Espero que vc se realize ainda mais com a criação deste blog.

    Conheça meu cantinho tbm 🙂
    bjsssss

    Responder
  • Rose
    24/05/2010 at 12:46 pm

    Amiga,
    me solidarizo com você, pois meu noivo e meu cunhado têm perda auditiva altíssima, cerca de 90% da audição deles foi perdida. Os dois usam aparelho e vejo como sofrem para ouvir o mundo.
    Pela primeira vez meu noivo, depois que perdeu a vergonha de usar aparelho(que ficou guardado por 4 anos no armário), pôde ouvir o barulho da chuva, e aqueles sons mais agudos que deixam o mundo mais perfeito.
    Adorei seu blog!
    bjinhos

    Responder
  • Thais Lima
    24/05/2010 at 12:46 pm

    Paula, fiquei mt feliz c seu blog novo. Ja leio o Sweetest Person a algum tempo e nunca havia percebido esse detalhe. Detalhe mesmo, ja fiz um curso de Libras pq me interesso mt por isso e pq tenho déficit d audição. Qnd era criança coloquei um cotonete no ouvido(coisa d criança) e machuquei o ouvido interno. Foi aquele desespero dos meus pais e desde então uma otorrino me acompanha, mas ela disse p eu ñ me importar pq isso ñ faria diferença na pessoa q sou. Tive q fazer lavagem por algum tempo, mas com o decorrer fui esquecendo e só lembro desse detalhe qnd as pessoas s incomodam por repitir várias vezes a mesma coisa, ainda + ao telefone. Qnd vi esse blog me veio a lembrança e pela primeira vez eu to contando isso p alguém.

    É bom ver alguém ajudando e abrindo um espaço p pessoas. Espero q vc seja um porto realmente p várias pessoas. E o melhor, vc continua sendo a Paula fashionista, agora c um novo detalhe: humanitária.

    Vc está d parabéns!

    Responder
  • Mah Floripa
    24/05/2010 at 12:45 pm

    Oi Paula, parabéns pela coragem e iniciativa desse blog! E veja só eu comentei no dia do encontrinho em Curitiba q te achei meio aérea, que não conheci de te conhecer pq vc parecia retraída e tímida. Que engraçado eu jamais esperava que sua timidez pudesse vir da deficiência auditiva que acredito eu, muitas não perceberam e nem sabem! E o mais engraçado é que eu trabalho com surdos, tenho primo surdo, tenho curso de libras e um dia pretendo dar aulas de libras!
    Bom, que legal vc se abrir e nos apresentar esse blog novo! Espero que agora eu consiga perceber a pessoa linda que vc é por fora e por dentro, como mtas me falaram lá em Ctba…

    Beijos!
    Marina

    Responder
  • Ka
    24/05/2010 at 12:45 pm

    É esta Paula que eu queria que todos conhecessem, a Paula que abre o coração, que fala de um problema sério que a maioria iria querer esconder com uma naturalidade ímpar, que faz o ato de falar tão importante pois sabe o quão importante é saber ouvir!
    Amei seu relato, minha avó era “surda” desde a infância, e somente quando teve netos alguém teve a “brilhante” ideia de lhe dar um aparelho de surdez… Pois é, a falta de informação é dose, por isso esse seu relato é tão importante!
    Bjs!!!

    Responder
  • Camila
    24/05/2010 at 12:45 pm

    Oi Paula, vim conhecer seu novo blog e achei muito bonito a leveza com a qual voce trata o assunto. Cabeça erguida, fé em Deus e pé na tábua não é? Voce disse sobre o baque que foi receber o diagnóstico, sobre a negação. A Psicologia fala muito disso, das fases de adaptação a um certo diagnóstico, e gostaria de te perguntar se vc se apoiou em algum tipo de psicoterapia para lidar com o diagnostico, que hoje, parece ser tranquilo pra vc. Sou Psicóloga, e tenho dado aulas sobre aquisição de Linguagem, e os alunos sempre perguntam sobre o ensino ao surdo e/ou mudo. E de fato, o assunto é tabu em muitas esferas, infelizmente. beijos!

    Responder
  • Renuska Celidonio
    24/05/2010 at 12:45 pm

    Genial o texto, Paula!
    O blog certamente bombará.
    beijos.

    Responder
  • Ester Scotti
    24/05/2010 at 12:44 pm

    Paula, simplesmente arrasador teu post (e teu novo blog). Uma lição de vida, uma experiência que merece sim ser compartilhada com o mundo. Atitude admirável e palavras belas e certeiras. Parabéns por mais essa iniciativa.

    Beijos mil!

    Responder
  • Jamille
    24/05/2010 at 12:43 pm

    Oi Paula,
    Sou leitora do Sweetest, e com certeza vou passar por aqui tb…
    Parabéns pela iniciativa e sucesso pro novo blog tb…

    Bjs

    Jamille
    twitter: @jamilleks

    Responder
  • Patricia
    24/05/2010 at 12:39 pm

    orgulho imenso, as usual, da minha amiga gata! love U, parabens! Pati

    Responder
  • Caroline Piguin
    24/05/2010 at 12:34 pm

    Parabéns por esta iniciativa!
    que você tenha muito sucesso com esse blog também!

    um beijo

    Responder
  • Oi,Paula!!!
    24/05/2010 at 12:31 pm

    Parabéns pela iniciativa,achei super bacana conhecer um pouco mais sobre você e ver que além de linda e super talentosa és uma pessoa muito generosa.
    Super sucesso para este novo blog,você merece!!
    É,isso ai guria sempre vença seus medos e mostre que apesar das deficiências
    todos nós somos seres capazes de superação!!

    Beijos!!

    Responder
  • jéssica
    24/05/2010 at 12:31 pm

    parabéns pelo novo blog e boa sorte nessa nova etapa em sua vida
    bjoks

    Responder
  • Sadi
    24/05/2010 at 12:31 pm

    Emocionado, feliz e orgulhoso de você, my darling!!!
    Todo sucesso do mundo nessa etapa. Se desnudar dessa forma não é para qualquer um. Você é especial!
    Adoro-te!
    Bjão

    Responder
  • Vanessa
    24/05/2010 at 12:29 pm

    Oi guria!
    Eu vivo visitando o Sweetest e te acompanho no twitter tb. Hj to tri feliz com o sutiã que vc me sugeriu.
    Fiquei bastante surpresa e feliz ao saber que vc decidiu se aproximar mais da gente. Porque é isso que acontece quando revelamos quem somos.
    Na minha turma temos um amigo surdo muito querido. As vezes é difícil entender o que ele diz, mas ele nos entende perfeitamente.
    Ele era o pegador da turma e agora tá quietinho porque recém casou.
    Vou indicar teu blog pra ele.
    Mas quem já é certo que vem por aqui sou eu.
    Um beijo!
    Vanessa.

    Responder
  • alda
    24/05/2010 at 12:28 pm

    Amiga achei linda sua iniciativa, tanto da parte pessoal de expor teus mais íntimos sentimentos, quanto da social em querer ajudar/trocar experiências com outras pessoas. Super sucesso nessa tua nova empreitada e conte comigo p/ o que precisar.
    bjinho doce 🙂

    Responder
  • Alice Gonçalves
    24/05/2010 at 12:27 pm

    esse blog vai me ajudar com o convivio com meu pai que ficou surdo ha uns 10 anos e hoje necessita dos aparelho para ter uma audição normal!!

    boa sorte!!

    Responder
  • Cláudia
    24/05/2010 at 12:25 pm

    Parabéns Paula pela linda iniciativa!

    Eu tenho uma cliente que o filho é surdo, e eu vejo que muitas vezes ela sofre e o menino também, ,mas justamente por “ela” não saber lidar com a deficiência do filho…
    Vou indicar o teu blog para ela, acredito que vai ajudadá-la muito no tratamento do filho”!

    Achei super bacana a sua coragem de contar ao mundo o seu problema, e desabafar com nós leitoras, afinal, informção é muito importante, e acredito que com esta tua iniciativa você está ajudand muitas pessoas…

    Parabéns mais uma vez, e sucesso!

    Bjokas,
    Cláudia.

    Responder
  • Vanessa Medeiros Rodrigues
    24/05/2010 at 12:25 pm

    Excelente iniciativa, parabéns!
    Boa sorte e sucesso no seu novo blog!!!

    Responder
  • Julia
    24/05/2010 at 12:22 pm

    Oi Paula!
    Parabéns pela iniciativa de expor esse “detalhe”=).
    Beijos.

    Responder
  • Angelita Tessmann
    24/05/2010 at 12:22 pm

    Oi Paula.

    Jamais passou pela minha cabeça que tivesse esse problema… é uma deficiência invisível mesmo, mas com certeza superável quando se tem amigos para ajudar e, com certeza, tu será esse amigo para muitos que passarem por aqui!!

    Parabéns pelo projeto e boa sorte!!

    Responder
  • Priscilla Rezende
    24/05/2010 at 12:20 pm

    Em primeiro lugar quero dizer que fiquei boquiaberta ao saber que você é deficiente auditiva, porque eu te conheço pessoalmente e não percebi nada: dificuldade para ouvir, falar ou sinal de próteses! Em segundo quero te parabenizar por esse blog, não por sua “coragem” de expor esse seu “defeitinho”, mas por compartilhar o que melhor você sabe fazer: escrever textos que nos emocionam, nos fazem refletir. Essa é a Paula que eu conheci lá no comecinho do Sweetest. Beijo e sucesso!

    Responder
  • vivi
    24/05/2010 at 12:18 pm

    Eita orgulho!!! Parabens gata!

    Responder
  • Erika Maciel
    24/05/2010 at 12:18 pm

    Paula já acompanho o Sweetest Person a algum tempo…… e nunca me passou pela cabeça q se tivesse essa deficiência auditiva.

    Com certeza aqui vai ser mais um cantinho onde vou passar diariamente.

    Bjossssssssssssss

    Responder
  • Leticia Centeno
    24/05/2010 at 12:17 pm

    Oi Paula!

    Sou super leitora do sweetest e achei a sua iniciativa com O Cronicas, linda!
    De verdade. Sucesso com este espaco!

    Um beijo

    Lele

    Responder
  • Julia Laks
    24/05/2010 at 12:11 pm

    Parabéns Paula! Muito sucesso que tu merece guria!
    Beijos

    Responder

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.