Menu
Acessibilidade / Crônicas da Surdez / Deficiência Auditiva / Viagem / Viajante Biônica

Companhia aérea acessível a surdos oralizados

viajante bionica paula pfeifer

A Viajante Biônica ataca novamente, desta vez descobrindo uma companhia aérea acessível a surdos oralizados nos Estados Unidos: a JetBlue!

Perdi a conta de quantos vôos já peguei nessa vida nos quais precisei passar mais de dez horas inventando diálogos na minha cabeça e sentindo raiva por não poder me divertir como os outros passageiros – os passageiros que ouviam! Lembro que antes do IC, quando a comissária vinha me entregar um par de fones de ouvido, eu dava um suspiro profundo e sentia vontade de chorar. De uns tempos pra cá, as coisas melhoraram um pouco. Em vôos domésticos, a Azul disponibiliza TV com vários programas bacanas, poucos legendados, mas já é alguma coisa (a culpa é dos canais de TV brasileiros que não sentem vergonha alguma de não legendar a programação, vide GNT e Multishow), embora não haja a opção de ativar legendas nos programas que sabemos que as têm.

Peguei um vôo de NY para Los Angeles pela companhia aérea americana JetBlue (do mesmo dono da brasileira Azul) e senti vontade de chorar de felicidade pois TODA A PROGRAMAÇÃO DO ENTRETENIMENTO DE BORDO É LEGENDADA. 🙂

IMG_4783-001 IMG_4784-001 IMG_4786-001

Tão vendo o botãozinho verde mágico da foto acima? Basta tocar nele e as legendas milagrosamente pulam na tela! Acho que foi o primeiro vôo no qual eu me senti um ser humano respeitado na minha vida inteira. A JetBlue me fez sentir fé na humanidade. Absolutamente todos os programas e filmes eram legendados. Não precisei me limitar a um ou dois, como sempre acontece nas outras companhias. Não precisei forçar o sono para o tempo passar. Não precisei ficar olhando para o lado e me sentindo inferior a ninguém. Acessibilidade, essa palavra linda e mágica!

Eu escuto e entendo em inglês com os meus implantes cocleares, mas não com a mesma facilidade e rapidez que uma pessoa que ouve. Por isso, não apenas amo, como preciso de legendas numa situação em que o áudio é em outra língua. Ah, a única coisa que estranhei é que os anúncios da cabine só saíam pelos alto-falantes do avião, quem estivesse com fones de ouvido não os ouvia. Quem estiver planejando viagem aos EUA, já sabe: existe uma companhia aérea na qual nossos vôos podem ser agradáveis e acessíveis! 🙂

JetBlue, quero dizer MUITO OBRIGADA. Vocês mudaram a minha percepção de como uma companhia aérea pode ser. De como uma companhia aérea tem que ser. Desejo que todas as outras cias aéreas do mundo sintam vergonha e mudem. Os milhões de passageiros com deficiência auditiva agradecem.

PS: decepção total e completa com a Delta Airlines, nessa viagem todos os vôos deles que eu peguei não tinha a opção de legendas na programação. Quer dizer, só em chinês e só em alguns filmes. #DeltaFail

Grupo SURDOS QUE OUVEM

Você se sente sozinho? Solitário? Não tem com quem conversar sobre a sua surdez? Gostaria de tirar mil dúvidas sobre os seus aparelhos auditivos? Gostaria de conversar com pessoas que já usam implante coclear há bastante tempo? Precisa de indicação de otorrino especializado em surdez e fonoaudiólogo de confiança?

Somos 22.000 pessoas com algum grau de deficiência auditiva no Grupo SURDOS QUE OUVEM. Para ganhar acesso a ele, basta se tornar Apoiador Mensal do Crônicas da Surdez a partir de R$5.







NOSSAS REDES SOCIAIS

LIVROS CRÔNICAS DA SURDEZ

Neste link você encontra os seguintes livros:

  1. Crônicas da Surdez: Aparelhos Auditivos
  2. Crônicas da Surdez: Implante Coclear
  3. Saia do Armário da Surdez

RECEBA NOSSAS NOVIDADES NO SEU EMAIL

Clique aqui para receber.

About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

2 Comments

  • […] na programação do avião é algo que quase não existe. Já fiz um post sobre uma companhia aérea acessível a surdos oralizados que é americana e deu show quando peguei um vôo deles: toda a programação era legendada, quase […]

    Reply
  • stephanie coelho
    24/07/2016 at 2:07 am

    Oi! Como vai? Então parece que nunca houve um momento de um comissário de bordo utilizar linguas de sinais … poxa.. dificil. Gosto do seu blog!!!

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Iniciar conversa
Clube dos Surdos Que Ouvem
Grupo SURDOS QUE OUVEM