Menu
Deficiência Auditiva / Surdos Que Ouvem / Tecnologia

Implante de condução óssea: como funciona, marcas e modelos

implante de condução óssea

Vamos conhecer mais um pouco sobre o sistema de condução óssea e suas aplicações? O implante de condução óssea também é conhecido como PAAO, prótese auditiva ancorada no osso, ou seja, é um aparelho auditivo que fica preso no osso do crânio.

Grupo SURDOS QUE OUVEM

Você se sente sozinho? Não tem com quem conversar sobre a sua surdez? Gostaria de tirar mil dúvidas sobre os seus aparelhos auditivos? Gostaria de conversar com pessoas que já usam implante coclear ou implante de condução óssea há bastante tempo? Precisa de indicação de otorrino especializado em surdez e fonoaudiólogo de confiança?

Somos 22.000 pessoas com algum grau de deficiência auditiva no Grupo SURDOS QUE OUVEM. Para ganhar acesso a ele, basta se tornar MEMBRO do Crônicas da Surdez a partir de R$5.

Como funciona o implante de condução óssea?

1

 

  1. O processador de fala (aparelho) captura o som.

 

  1. O aparelho converterá o som em vibração, ou seja, o aparelho vibra. O osso, onde foi instalado o sistema de ancoragem do aparelho, irá absorver a vibração emitida pelo aparelho.

 

  1. Por meio da vibração, o som será conduzido pelo osso do crânio até o ouvido interno, chegando até a cóclea (que é o caracolzinho da imagem acima).

 

  1. A cóclea irá receber o som por meio da vibração e converterá em estímulos auditivos, permitindo que a pessoa ouça.

 

Quem se beneficia com o implante de condução óssea?

  • Malformações da orelha externa e média (Microtia)
  • Surdez condutiva com dificuldade de adaptar AASI
  • Surdez neurossensorial profunda unilateral

Como funciona na surdez unilateral?

2

Os surdos unilaterais possuem um ouvido com perda profunda, e outro ouvido com audição normal. O aparelho de condução óssea é colocado no lado com perda auditiva, e conduz o som por vibração óssea até o outro ouvido, que irá ouvir e trabalhar por dois. É uma ferramenta para eliminar efeito sombra do lado surdo.

Para ouvir com o aparelho de condução óssea, é necessário ter cóclea em bom funcionamento, por isso no caso da surdez unilateral a pessoa não vai ouvir do lado implantado, mas no lado oposto.

Esta tecnologia auditiva é uma opção ao sistema CROSS de AASI, que também leva o som para o ouvido bom.

IMPLANTE PERCUTÂNEO

Este tipo de implante percutâneo utiliza um pino instalado superficialmente na região óssea atrás da orelha, instalado em uma micro cirurgia (não envolve abertura do ouvido). O pino osteoancorado serve para absorver melhor a vibração do aparelho e assim ter melhor qualidade do som.

Modelo: BAHA (Bone Anchored Hearind Aids)

Marca: Cochlear

baha

Modelo: Ponto

Marca: Oticon Medical

ponto

IMPLANTE TRANSCUTÂNEO

O implante transcutâneo consiste em implante de imã ou chip com vibrador ósseo por baixo da pele e os processadores externos se conectam por sobre uma pela intacta, com ímãs semelhantes aos do Implante Coclear.

Modelo: BAHA Attract

Marca: Cochlear

No caso do modelo BAHA Attract, o invés de um pino (BAHA Connect), implanta-se um imã por baixo da pele.

baha attract

Modelo: Osia

Marca: Cochlear

osia

Modelo: Bonebridge

Marca: MED-EL

bonebridge

Para quem não pode implantar ou não deseja realizar o implante:

A idade mínima para realização do implante é de 5 anos de idade, em função da falta de amadurecimento ósseo do crânio (em crianças, o osso ainda é muito fino para segurar o implante). Por isso as crianças menores devem usar arcos ou faixas com os aparelhos acoplados no acessório. Os mesmos acessórios também podem ser usados pelos adultos que não desejam realizar a cirurgia de implante.

BAHA – Cochlear

baha1

Ponto – Oticon Medical

ponto1

AdHear – MED-EL

A prótese é colada através de um adesivo atrás da orelha.

adhear1

Qual desses aparelhos de condução óssea é melhor para mim?

Cada aparelho de condução óssea tem suas particularidades, como potência, por exemplo. O otorrinolaringologista especializado em surdez e sua equipe irão indicar os modelos adequados para o seu caso.

A vantagem do implante de condução óssea é que o paciente pode testar – diferente do implante coclear. Ao analisar a qualidade do som, o paciente pode decidir com qual se sente mais confortável e qual possui a melhor qualidade sonora, no seu caso.

Post escrito com a colaboração de Maria de Menicucci








NOSSAS REDES SOCIAIS

LIVROS CRÔNICAS DA SURDEZ

Neste link você encontra os seguintes livros:

  1. Crônicas da Surdez: Aparelhos Auditivos
  2. Crônicas da Surdez: Implante Coclear
  3. Saia do Armário da Surdez

RECEBA NOSSAS NOVIDADES NO SEU EMAIL

Clique aqui para receber.

About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Iniciar conversa
    Clube dos Surdos Que Ouvem
    Grupo SURDOS QUE OUVEM