Menu
Aparelhos Auditivos

APARELHO AUDITIVO USADO: passo-a-passo anti GOLPES

aparelho auditivo usado

Comprar um aparelho auditivo usado requer alguns cuidados. Essa compra é bem mais complexa do que você imagina e, se você não prestar atenção a cada um dos pontos apresentados neste post, vai acabar fazendo um péssimo negócio. Para começar, a internet está abarrotada de golpistas vendendo falsos aparelhos auditivos – sejam eles usados ou novinhos em folha. Aparelhos para surdez são itens muito caros, por isso, antes de investir o seu dinheiro você precisa ter acesso à informação de qualidade para não cair em golpes e otimizar o investimento. Se não puder pagar por um, o SUS fornece aparelhos auditivos das mesmas marcas e fabricantes que você encontra nas lojas. Se puder pagar do próprio bolso, ANTES de comprar converse com milhares de pessoas que já usam aparelhos para surdez nas comunidades digitais do Clube dos Surdos Que Ouvem.

Passo-a-passo ANTES de comprar um Aparelho Auditivo USADO

  1. Saber se o aparelho é adequado para a sua perda auditiva
  2. Pedir uma cópia da nota fiscal do aparelho auditivo
  3. Descobrir se o aparelho para surdez ainda está na garantia
  4. Descobrir se o aparelho auditivo é considerado obsoleto pelo fabricante
  5. Descobrir se alguma loja ou fonoaudiólogo poderá ajustar o aparelho
  6. Pedir que o vendedor apresente um atestado recente de revisão
  7. Exigir um documento que ateste a doação

Saber se o aparelho é adequado para a sua perda auditiva

Não adianta nada comprar um aparelho supertop mais barato se ele não for adequado para a sua surdez. Seria o mesmo que comprar um sapato na liquidação que não serve no seu pé. O vendedor precisa conseguir essas informações junto ao fabricante mas, por via das dúvidas, o CERTO mesmo é você ter um fonoaudiólogo de confiança que te oriente no processo. Peça indicação de profissionais no Clube dos Surdos Que Ouvem.

Pedir uma cópia da nota fiscal do aparelho auditivo

A internet está cheia de golpistas, e esse é um dos motivos pelos quais proibimos qualquer tipo de venda dentro das nossas comunidades digitais. Exija a Nota Fiscal do aparelho auditivo usado para ter certeza da procedência do mesmo e evitar ser lesado por malandros.

Descobrir se o aparelho para surdez ainda está na garantia

Muitas lojas se recusam a continuar a garantia quando o paciente vende o aparelho para outra pessoa. Você vai ter que descobrir se o aparelho auditivo usado que quer comprar está na garantia e se a loja-fabricante estenderá a garantia a você, caso esteja.

Descobrir se o aparelho auditivo usado é considerado obsoleto pelo fabricante

Se o aparelho auditivo usado que você está pensando em comprar já for considerado obsoleto pelo fabricante (e cada vez mais rapidamente as mesmas consideram os aparelhos obsoletos para poderem vender seus lançamentos) ele não terá conserto e nem peças de reposição. Isso significa que você fará um péssimo negócio.

Descobrir se alguma loja ou fonoaudiólogo poderá ajustar o aparelho

Em muitos casos, as lojas se recusam a ajustar aparelhos auditivos que não foram vendidos por elas. Em outros, o fabricante “tranca” o software do aparelho para que ele não possa ser ajustado em nenhum lugar além das lojas próprias. Sendo assim, descubra se o aparelho auditivo usado poderá ser regulado por um profissional independente ou então, quanto vai custar ajustar esse aparelho na loja própria. E faça as contas!

Pedir que o vendedor apresente um atestado recente de revisão

Pense num aparelho auditivo usado como um carro usado. Antes de comprar, quem está vendendo precisa te provar que está tudo funcionando perfeitamente com ele.

Exigir um documento que ateste a doação

As lojas e fabricantes colocam cada vez mais empecilhos na questão dos aparelhos auditivos usados, afinal, se esse mercado ganhar força entre os pacientes, eles terão redução nas suas vendas. Muitos exigem um “atestado de doação ou de venda” para regular os aparelhos, alegando que não querem confusão com aparelhos roubados. Nesse ponto, eles estão certos, porém, pense: e se for um parente de uma pessoa falecida tentando te vender um aparelho auditivo usado? Pode ser que a loja se recuse a aceitar fazer os ajustes já que o atestado “deveria” ter sido dado…pelo falecido!

 

 

CLUBE DOS SURDOS QUE OUVEM

clube dos surdos que ouvem

Como MEMBRO do Clube dos Surdos Que Ouvem, você tem acesso às nossas comunidades digitais, conteúdos exclusivos, descontos em produtos e acesso aos nossos cursos. E o mais importante: a sua jornada da surdez deixa de ser solitária e desinformada e passa a ser muito mais leve, simples e cheia de amigos.

São 20 mil usuários de próteses auditivas com os mais diferentes tipos e graus de surdez para você conversar sobre as suas dúvidas a respeito do universo da deficiência auditiva.

Estar em contato direto com quem já passou pelo que você está passando faz toda a diferença! Vem com a gente aprender a retomar a sua qualidade de vida e a economizar milhares de reais na hora de comprar um par de aparelho auditivo – ou até mesmo a como conseguir aparelhos auditivos grátis quando você não tem grana para comprar do próprio bolso!

Se você for mãe ou pai de uma criança com perda auditiva, uma das comunidades digitais do Clube é um Grupo de Telegram com centenas de famílias se ajudando mutuamente todos os dias.










About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Iniciar conversa
    Clube dos Surdos Que Ouvem
    Grupo SURDOS QUE OUVEM