Menu
Crônicas da Surdez / Deficiência Auditiva / Surdos Que Ouvem

SURDOS QUE OUVEM: a maioria dos surdos NÃO usa Libras

Sim, surdos podem ouvir – tanto com o seu resíduo auditivo quanto com aparelhos auditivos e implante coclear. Criei a expressão SURDOS QUE OUVEM e comecei a usá-la freneticamente nas redes sociais em 2017 por causa do meu TEDx Tals. Dê uma busca nas redes por #surdosqueouvem e você vai encontrar milhares de posts, pois a expressão se tornou um movimento de representatividade e de luta por acessibilidade para TODOS os surdos muito forte no Brasil.

Toda vez que explicava para alguém que era uma surda oralizada, a pessoa me olhava e dizia: “O quê? Surda o quê?“. Não é uma expressão intuitiva ou fácil de entender para quem não está familiarizado com o assunto deficiência auditiva… Criei o #surdosqueouvem surgiu justamente com o intuito de simplificar a explicação. É muito mais simples dizer a alguém que você é um surdo que ouve do que dizer que é um surdo oralizado – pare por cinco segundos para pensar no significado de oralizado e se coloque no lugar da pessoa que é leiga no assunto.

Quem são os surdos que ouvem?

Um surdo que ouve é uma pessoa com algum grau de surdez que pode ouvir! Como? Através da tecnologia dos aparelhos auditivos, implantes cocleares e próteses auditivas implantáveis. A cabeça do brasileiro padrão está setada para conectar surdez com língua de sinais, mas chegou a hora de atualizar o repertório, afinal, estamos em 2023!

Você acha que um surdo que ouve é novidade? Segundo a OMS, temos 1,5 bilhão de pessoas com algum grau de surdez no mundo. E apenas 30 milhões têm surdez profunda – aquilo que o senso comum acredita que seja o surdo. O famoso – e completamente errado – ‘surdo é só quem não ouve nada’.

Um surdo que ouve pode ouvir através da audição que lhe resta (chamamos de resíduo auditivo). Caso você não saiba, existem vários graus de deficiência auditiva (leve, moderado, severo, profundo), e todos eles, na maioria dos casos, se beneficiam do uso de aparelhos auditivos. Os casos que os aparelhos não ajudam mais (deficiência auditiva severa e profunda) são em geral ajudados por um implante coclearNenhum desses dispositivos cura a surdez, mas eles permitem que pessoas que não ouvem com sua audição natural ouçam através da ajuda da tecnologia.

Não é incrível? Bem, eu acho incrível. Afinal, tenho surdez de grau profundo nos dois ouvidos. Tenho dois ouvidos biônicos (implante coclear) e com eles consigo até mesmo falar no telefone ou conversar com alguém no escuro. Sem eles, não escuto absolutamente nada!

Não podemos deixar de falar também das pessoas que não são usuárias de tecnologia nenhuma mas são capazes de “ler” os lábios e, assim, entender o que os outros estão dizendo. São surdos que não ouvem, mas se comunicam como qualquer pessoa, e sem o uso de língua de sinais. E há também os surdos que não ouvem e não falam e somente usam Libras. Se você é novato por aqui, aposto que nunca imaginou que havia tanta DIVERSIDADE na deficiência auditiva! 🙂

A maioria dos surdos usa Libras?

É errado afirmar que a maioria dos surdos usa Libras. Veja o gráfico do IBGE lançado em 2021 junto com a Pesquisa Nacional de Saúde! No Brasil, a maioria dos surdos NÃO USA LIBRAS como forma de comunicação, apesar de toda a desinformação propagada pela mídia e pelos vendedores de tecnologias de acessibilidade focados em surdos sinalizados.

todo surdo usa libras

E quando falamos em ‘surdos do Brasil’, precisamos ter noção que essa palavra engloba todas os cidadãos brasileiros com algum grau de surdez (leve, moderado, severo ou profundo), sejam elas surdas oralizadas, sinalizadas ou bilíngues. É aí que a desinformação começa, porque o senso comum acredita, ERRONEAMENTE, que “surdo é só quem não ouve nada”, que “todo surdo usa Libras”, que “a Libras é a língua natural dos surdos” e uma série de outras bobagens que não fazem o menor sentido. Duvida? Então leia o post Quantos Surdos Há no Brasil e o Relatório Mundial da Audição da Organização Mundial de Saúde. Veja todos os dados da Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE a respeito de pessoas com deficiência aqui.

Crianças surdas podem ouvir?

Vivemos na melhor época da história da humanidade para as pessoas com algum grau de surdez! A medicina e a tecnologia hoje conseguem ajudar a maioria dos casos de perda auditiva. Sim, surdos podem ouvir! Conheça a nova geração de surdos que ouvem!

Quem são os surdos que ouvem?

Conheça as histórias de 12 pessoas surdas que voltaram a ouvir através de aparelhos auditivos, implante coclear, prótese osteoancorada e cirurgias da audição.

Onde se escondem os surdos que ouvem?

De acordo com o IBGE, há 2,3 milhões de pessoas COM ALGUM GRAU DE SURDEZ espalhadas pelo Brasil. Você já parou para observar a quantidade de lojas de aparelhos auditivos que existem na sua cidade? São muitas!!! E já parou para pensar por que elas existem? Porque é muita gente que precisa usar aparelhos auditivos para ouvir melhor. Ou seja, tem muiiiitooooo surdo que ouve por aí! Basta começar a prestar um pouco mais de atenção nas orelhas das pessoas!

Mas e o estereótipo clássico de surdo?

Você deve estar falando do velho estereótipo de surdo qualquer pessoa aprendeu (errado) na escola ou na TV. O ‘surdo mudo’, o surdo que não fala, que não ouve absolutamente nada e se comunica só através da língua de sinais. Eles são chamados de surdos sinalizados – ou seja, surdos que usam língua de sinais.

Acessibilidade para surdos que ouvem

Acessibilidade para surdos que ouvem não tem nada a ver com Libras!

Precisamos de legendas em todo vídeo (seja Netflix, aula virtual, YouTube, filme no cinema, etc) e nos programas de TV (no Brasil é bizarro, a maioria dos canais pagos só legenda se o programa tiver áudio em outra língua!). Além disso, seria incrível se tivéssemos acesso ao aro magnético com facilidade no Brasil – ele é muito comum nos EUA, na Argentina e na Europa e praticamente um desconhecido aqui. Ele torna possível que um usuário de aparelho auditivo ou implante coclear consiga compreender a fala humana com mais facilidade num ambiente com ruído.

Nós ouvimos através da tecnologia, mas isso não nos devolve a perfeição da audição natural. Por isso as legendas são TÃO importantes para nós! Além do mais, como já foi explicado, a maioria dos surdos não usa LIBRAS e na própria Lei de Libras está escrito que ela NÃO substitui o português escrito.

E você?

É um surdo que ouve? Não deixe de postar nas redes sociais uma foto sua com seus aparelhos auditivos ou implante coclear com a hashtag #surdosqueouvem para fazer com que mais e mais pessoas entendam como é que a gente funciona!

Vamos todos ajudar juntos a desmitificar a surdez e, principalmente, mostrar para o mundo a diversidade que existe dentro dessa deficiência! Afinal, se não fizermos isso, seguiremos sentindo na pele as consequências da invisibilidade e da falta de acessibilidade!

Vídeos sobre surdos que ouvem

TEDx Talks Surdos Que Ouvem

Deficiente auditivo ou surdo?

CLUBE DOS SURDOS QUE OUVEM: junte-se a nós!

clube dos surdos que ouvem grupo

A sua jornada da surdez não precisa ser solitária e desinformada! Para que ela seja mais leve, simples e cheia de amigos, torne-se MEMBRO do Clube dos Surdos Que Ouvem. No Clube, você terá acesso às nossas comunidades digitais (grupos no Facebook e no Telegram), conteúdos exclusivos, descontos em produtos e acesso aos nossos cursos*.

São 21 mil usuários de aparelhos auditivos e implante coclear com os mais diferentes tipos e graus de surdez para você conversar e tirar suas dúvidas a respeito do universo da deficiência auditiva (direitos, aparelhos, médicos, fonos, implante, concursos, etc).

MOTIVOS para entrar para o Clube dos Surdos Que Ouvem:

      1. Estar em contato direto com quem já passou pelo que você está passando (isso faz toda a diferença!)
      2. Economizar milhares de reais na compra dos seus aparelhos auditivos
      3. Aprender a conseguir aparelho de audição gratuito pelo SUS
      4. Não cair em golpes (a internet está abarrotada de golpistas do zumbido, de aparelhos de surdez falsos e profissionais de saúde que não são especializados em perda auditiva!)
      5. Conversar com milhares de pessoas que têm surdez, otosclerose, síndromes e usam aparelhos para ouvir melhor
      6. Conhecer centenas de famílias de crianças com perda auditiva
      7. Fazer amigos, sair do isolamento e retomar sua qualidade de vida
      8. Pegar indicações dos melhores médicos otorrinos e fonoaudiólogos do Brasi com pessoas de confiança

Se você for mãe ou pai de uma criança com perda auditiva, uma das comunidades digitais do Clube é um Grupo de Telegram com centenas de famílias se ajudando mutuamente todos os dias.

  como comprar aparelho auditivo

OS ERROS QUE EU JÁ COMETI ao comprar aparelho auditivo

Eu já passei pela saga da compra de aparelhos auditivos várias vezes. Já fui convencida a me endividar para comprar um aparelho auditivo “discreto e invisível” que sequer atendia a minha surdez. Já fui enganada ao levar um aparelho auditivo para o conserto na loja onde o comprei: a fonoaudióloga disse que ele não servia mais para mim sem sequer verificá-lo ou fazer uma nova audiometria. Já quase caí no conto do vigário de gastar uma fortuna num aparelho auditivo para surdez profunda “top de linha”, cujos recursos eu jamais poderia aproveitar devido à gravidade da minha surdez. Já fui pressionada a comprar um aparelho auditivo porque supostamente a “promoção imperdível” duraria apenas até o dia seguinte. E também quase cometi a burrada de comprar um aparelho de surdez que já estava quase saindo de linha por causa de um desconto estratosférico.

Mas VOCÊ não precisa passar por isso.

Crieir um curso online rápido de 1h e 30min de duração que reúne tudo o que aprendi em 41 anos convivendo com a surdez 24hs por dia e que vai te fazer economizar muito dinheiro, tempo e energia para voltar a ouvir. Torne-se aluno AQUI.

CURSOS SURDOS QUE OUVEM

 

 




About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

6 Comments

  • Denise Guedes Souza
    05/10/2019 at 16:49

    Olá eu fazia parte do grupo mas meu face foi hakeado, não sei se o nome ainda consta como Denise Guedes Souza. Peço por favor que excluam. O nome da pessoa que invadiu meu face é Vinh Khac

    Reply
  • Elaine Andrade Peres Fernandes
    24/07/2019 at 11:15

    A humanidade é diversa e isso é positivo. Eu trabalhei 14 anos com surdos sinalizadores e surdos oralizados. Foi uma experiência muito rica.

    Reply
  • Genivaldo José Vieira
    10/10/2018 at 11:31

    Oi meu nome é genivaldo sofri uma qUE da de umais altura de 3 MT. E por isso perfurou o tipano.tenho perca profunda. Mas não tenho condições de comprar um aparelho de audição. .VC poderia me ajudar a diquir ir. Um aparelho auditivo. Que Deus lhe abençoe muito. Me tl.041997015361

    Reply
    • Maria Christina de Freitas Klafke
      24/07/2019 at 22:48

      Caro Genivaldo sou surda e acho os aparelhos caros demais. O SUS atende uma parcela de deficientes mas não funcionam bem pois não tem o acompanhamento necessário. Sugiro que vc descubra se em tua cidade encontra COMUNICARE que trabalha com a reabilitação oral. Muitas pessoas doam os aparelhos antigos quando adquirem novos e a pessoa que recebe continua tendo o acompanhamento que é estendido pelo doador sem custo nenhum.

      Boa sorte

      Reply
  • Cleide Marcondes
    13/08/2018 at 17:28

    Gostei muito deste seu artigo. Infelizmente,a grande maioria das pessoas não entende como funciona o ouvido e os diferentes tipos e graus de surdez…
    Quero aproveitar para,mais uma vez,comentar sobre a necessidade de legendas.
    É primordial que elas estejam em TODOS os filmes,series,tanto dos canais pagos ou não!!!
    Deveria haver um sistema opcional a todos eles assim: um botão do controle que vc usa para acionar se quer com legenda ou não.Não seria ótimo ?!
    Quanto ao cinema,antes dessa novidade(?) TODOS os filmes estrangeiros eram legendados e nunca vi ninguém reclamar…
    Tenho surdez neurosensorial desde os 4 anos(sarampo)(e há mães que não querem vacinar seus filhos…),grave no ouvido D e severa no E. Uso AASI no D há 33 anos.
    E – acho que poucos conhecem – uso fone de ouvido sem fio para ouvir a TV. Maravilha! Pq o AASI ajuda,mas não resolve tudo…então,com ele não perco UMA palavra!
    Mas,qual foi minha surpresa qdo adquiri uma tv nova e ( descobri q a maioria) não possui mais a entrada de áudio para conectar o fone de ouvido!!! Só pode por bluetooth!!! Perguntei então se tenho que adquirir 2 tvs: 1 para mim e outra para as pessoas da família…!! Arff
    Nós somos os “deficientes” mais ignorados!…bjs

    Reply
    • Pryscilla Cricio
      26/08/2020 at 17:07

      Olá Cleide,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply

Leave a Reply