Menu
Deficiência Auditiva / Saúde auditiva / Surdos Que Ouvem

Quantos surdos há no mundo: 1,5 bilhão de pessoas têm algum grau de surdez

quantos surdos no mundo

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 1,5 bilhão de pessoas têm algum grau de deficiência auditiva (surdez) hoje no mundo. O Relatório Mundial da Audição, lançado dia 3 de março de 2021 – e disponível aqui – trouxe dados oficiais e atualizados sobre a população global com perda auditiva.

Muitos usam os dados do Censo de 2010 (mal feito no que diz respeito à PCDs, aliás) para tentar fazer com que as pessoas acreditem que “a maioria dos surdos é analfabeta“, “a maioria dos surdos usa Libras” e  “‘10% da população brasileira é de surdos usuários de língua de sinais“.

A intenção por trás disso é, em geral, a de vender alguma ferramenta de acessibilidade que, como os dados vão mostrar, não ajudam a maioria da população com deficiência auditiva.

Em tempos de big data, trazemos, então, dados confiáveis e atualizados sobre o tema.

OS DADOS DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE

A OMS considera a audição um sentido fundamental em todos os estágios da vida, e diz que a perda auditiva não tratada impacta a sociedade como um todo.

quantos surdos no mundo

 

QUANTOS SURDOS HÁ NO MUNDO?

quantos surdos no mundo

1,5 bilhões de pessoas no mundo têm algum grau de surdez. Aqui os dados já começam a ficar interessantes porque a OMS considera todos os graus de perda auditiva: leve, moderado, severo e profundo (em ambos os ouvidos). O relatório traz outros dados sobre surdez unilateral.

Caso você não saiba, surdo não é só quem não “ouve nada”.

A surdez tem graus, e “pessoas surdas” são todas aquelas que possuem algum grau de deficiência auditiva – embora exista quem se sinta ofendido com o termo e também quem considere a surdez apenas uma questão de identidade e cultura.

Não cometa o erro de achar que o termo “surdos” diz respeito apenas às pessoas surdas que usam língua de sinais. A DIVERSIDADE DA SURDEZ é gigante, e ela engloba TODOS aqueles com deficiência auditiva.

QUANTAS PESSOAS NO MUNDO TÊM SURDEZ LEVE?

Quantas pessoas tem surdez leve

1,1 bilhão de pessoas no mundo têm surdez de grau leve.

QUANTAS PESSOAS NO MUNDO TÊM SURDEZ MODERADA?

Surdez moderada

266 milhões de pessoas no mundo têm surdez de grau moderado (surdez moderada).

QUANTAS PESSOAS NO MUNDO TÊM SURDEZ SEVERA?

surdez severa

103 milhões de pessoas no mundo têm surdez de grau severo (surdez severa).

QUANTAS PESSOAS TÊM SURDEZ PROFUNDA?

surdez profunda

17,2 milhões de pessoas no mundo têm surdez profunda.

Esse dado é o que mais impacta quando pensamos em como os dados do Censo de 2010 são usados no Brasil: alardeiam por aí que há mais de 10 milhões de pessoas com surdez profunda no país, sendo que, segundo a OMS, há 17,2 milhões de pessoas com surdez profunda no MUNDO INTEIRO.

Há um ditado que diz: “In God we trust. All the rest must bring data!”. Pois é!

QUANTAS PESSOAS NO MUNDO SÃO COMPLETAMENTE SURDAS?

completamente surda

Por último, a OMS informa que 12,6 milhões pessoas no mundo inteiro são completamente surdas, incapazes de ouvir qualquer som.

Eu me incluo neste grupo. Porém, graças à reabilitação auditiva, posso ouvir todos os sons através de dois implantes cocleares – conhecidos como ouvidos biônicos e considerados uma das maiores maravilhas da tecnologias do último século. 🙂

O mundo já caminha para o número de 1 milhão de pessoas implantadas, e esse número, graças ao acesso à informação de qualidade, só vai crescer. Segundo o National Institute on Deafness and Other Communications Disorders, dos Estados Unidos, em 2019 já haviam mais de 739.000 pessoas com implante coclear no mundo.

JOVENS SOB RISCO DE PERDER A AUDIÇÃO

jovens surdez

A Organização Mundial de Saúde também divulgou um dado alarmante sobre surdez: 1 bilhão de jovens estão sob risco de perda auditiva em função da exposição constante a sons muito altos.

Tradução: diminua o volume dos fones de ouvido e, se possível, dê um tempo neles.

CUSTO GLOBAL DA SURDEZ NÃO TRATADA

surdez não tratada

A surdez não tratada impacta negativamente a vida das pessoas de inúmeras formas: na comunicação, no desenvolvimento da linguagem das crianças, nas conquistas educacionais, no acesso ao mercado de trabalho, na saúde mental e nas relações interpessoais.

A maioria das pessoas com deficiência auditiva vive em países pobres ou em desenvolvimento, e muita gente não tem acesso ao diagnóstico e intervenção precoces, nem à reabilitação auditiva adequada.

980 bilhões de dólares é o custo global anual dos impactos da perda auditiva não tratada.

O valor inclui principalmente os gastos com a perda da capacidade produtiva (que garante a independência financeira dos cidadãos). Além disso, custos com suporte educacional, acessibilidade, saúde, benefícios sociais (BPC, etc) entre outros.

O SUS FORNECE APARELHOS AUDITIVOS?

Sim, e são de ótima qualidade! Os mesmos que você compraria numa loja.

A boa notícia é que o Brasil possui uma das melhores políticas públicas de saúde auditiva do mundo. A má notícia é que isso não é divulgado por motivos puramente políticos.

No Brasil, vemos que o Ministério da Educação trabalha em dissonância com o Ministério da Saúde. O primeiro quer promover apenas a língua de sinais e os surdos sinalizados. O segundo tenta promover a saúde auditiva, mas é difícil competir com tanto lobby pró-Libras e anti-tecnologia.

No post “Números e Análises sobre Saúde Auditiva no Brasil“, em 2019, após coletar dados junto ao Portal da Transparência, nós mostramos, com dados fornecidos pelo portal, que apenas uma única escola especial para surdos no Brasil recebe todo ano o equivalente a mais de 60% do orçamento destinado ao país inteiro para reabilitação auditiva. Na época, a referida escola possuía menos de 600 alunos, e muitos deles eram ouvintes.

Temos políticas públicas e projetos de lei absolutamente tendenciosos. Eles deixam os surdos oralizados (surdos que ouvem) de fora e sem acessibilidade.

A repartição das verbas públicas destinadas a pessoas com deficiência auditiva não corresponde à proporcionalidade dos dados: a maioria das verbas é destinada à minoria das pessoas surdas (aquelas que são usuárias de língua de sinais).

A maioria dos casos de deficiência auditiva poderia ser prevenida, por isso, não deixe de ler o Relatório Mundial da Audição com toda calma e atenção. Você vai se surpreender com a riqueza das informações e dos dados.

COMO FAZER IMPLANTE COCLEAR PELO SUS?

O SUS também possui inúmeros Centros de Implante Coclear espalhados pelo Brasil. Clique aqui e saiba tudo sobre como conseguir fazer implante coclear pelo SUS.

COMO CONSEGUIR APARELHOS AUDITIVOS PELO SUS?

É mais simples do que parece. Clique aqui para saber mais.

LEIA MAIS:

O Relatório Mundial da Audição, da World Health Organisation (OMS) é uma ferramenta para advocacia e para colocar a saúde auditiva nas agendas dos governos dos países.

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Iniciar conversa
    Marque a sua consulta na Clínica Sonora