Menu
Deficiência Auditiva / Histórias dos Leitores

O que é hiperacusia: relato de quem convive com isso

hiperacusia

Hiperacusia é uma tolerância colapsada ao som que torna virtualmente impossível as pessoas que sofrem desta doença perseguirem uma vida normal.

Consegue imaginar o som de um beijo causar dor e um zumbido crônico para o resto da vida? Pois isso é hiperacusia.

Uma condição ainda mal compreendida

Trata-se de uma condição ainda pouco estudada. Na maioria dos casos, ela é causada pelo excesso de barulho, o qual provoca um dano no nervo auditivo. Assim, o nervo perde a capacidade de lidar com o barulho.

As pessoas ouvem tudo muito mais alto. Por causa disso, sentem uma dor excruciante nos ouvidos, que, dependendo da intensidade do barulho, demora dias a passar.

Esse barulho também provoca zumbidos crônicos que vão aumentando com o dia a dia… Imagine que você está na rua. Nela, passa um carro, e o carro buzina.

Então você sente dor, ouve um zumbido, e desse modo perde a audição pelo resto da vida a vida.

Difícil de explicar e de compreender. Por exemplo, uma criança gritando é sentida como uma agulha furando o seu ouvido, e essa sensação permanece por dias.

Dificuldades trazidas pela hiperacusia

Cientistas afirmam que o mecanismo dessa dor é similar a ter uma ferida na pele. Se alguém encosta nela, você sente dor. No caso da hiperacusia, a dor é provocada pelo barulho, mas ninguém consegue controlar o barulho.

Sons como pessoas a falar alto, cães a latir, portas fechando, sons de talheres e de pratos causam todos esses sintomas. Por conseguinte, as pessoas com essa condição acabam por se isolar (o pior efeito da hiperacusia é o isolamento social). Afinal, quando tentam conviver no dia a dia, acabam ficando piores para sempre.

Existem muitos casos conhecidos em que pessoas em estados severos de sensibilidade ao som acabam se suicidando. Artigos interessantes no Buzz Feed e no The New York Times sobre a condição relatam casos reais.

Outro grave problema é falta de ajuda medica, porque os médicos otorrinos não estudam nos seus internatos sobre hiperacusia, mal diagnosticando os pacientes e dando conselhos errados que acabam por surtir efeitos negativos e piorar a doença.

Todos estão expostos ao aumento do barulho

Devido à evolução tecnológica do mundo, este está muito mais barulhento.

A Organização Mundial de Saúde estima que 30% da juventude mundial esteja em risco de perda de audição, tinnitus e hiperacusia por causa do extremo uso de smartphones, brinquedos barulhentos, telemóveis, aparelhos de música, idas a locais como concertos, festivais e discotecas.

Antigamente, esta era uma condição que acometia os mais velhos que tinham certo tipo de profissões com muita exposição ao barulho, músicos, trabalhadores de fabrica, militares.

Hoje em dia, como o mundo está muito mais barulhento, existem cada vez mais casos de pessoas com 20 anos que têm essa condição, a qual lhes vai impedir de viver normalmente para sempre.

Frederico Oliveira – Fundador da Associação Portuguesa de Tinnitus e Hiperacusia, cuja missão é criar sensibilização especialmente da hiperacusia.

E por último

Consulte um otorrinolaringologista!

Entre para o Grupo Surdos Que Ouvem

Clique aqui e torne-se membro.

Aceitamos apenas pessoas com deficiência auditiva.

REDES SOCIAIS CRÔNICAS DA SURDEZ – SURDOS QUE OUVEM

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER CRÔNICAS DA SURDEZ

Coloque seu email na lista

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

37 Comments

  • Alissan
    14/06/2021 at 12:06 am

    Eu escuto muito bem. Bem até demais como dizem as pessoas da minha família. Isso tem sido chato pq preciso ouvir tv, música em intensidade menor. No carro é sempre um dilema meu companheiro colocando música alta – eu me descompenso, sobretudo se estiver dirigindo. Nos últimos tempos passei a ter um zumbido no ouvido esquerdo. Tenho problemas com sons repetitivos desde que tive depressão há alguns anos atrás e desde lá é que venho percebendo problemas com alguns sons e músicas muito altas. Não são todas as músicas- em geral as de maior complexidade musical. É como se eu não pudesse fazer mais nada além de me concentrar naquela música. Se eu tiver que dividir atenção com outra coisa complexa – como dirigir, estudar- eu entro em um estresse mental… Pela primeira vez tô achando que pode ser realmente um problema médico.

    Reply
  • JORGE CAINDO
    09/04/2021 at 3:12 pm

    Olá a todos!
    Comigo tudo aconteceu a uma semana atrás. À noite quando dormia e estava com algumas toces e ao tossir tapei um pouco a boca e senti como se o ouvido tivesse abrido demais e comecei a ouvir o zumbido… no dia seguinte as passei a ter intolerância a mínimo barulho que ouvia e dava tontura… mas depois da toce passar, dois dias depois, já conseguia ouvir ou estar onde há mínimo e máximo barulho e as tonturas passaram mas com o ouvido direito a ouvir demais e a fazer zumbido. Hoje a situação continua… infelizmente no meu país (Angola) os serviços públicos de saúde estão uma lástima e sou obrigado a esperar até haver vagas no hospital para marcar a consulta. Faz 5 dias que vou perguntar sobre as vagas e dizem-me que não sabem quando terá vagas para consulta de otorrinolaringologia…

    Reply
  • Lourivaldo Ferreira da Silva
    30/01/2021 at 9:34 am

    Bom dia amigos bom dia doutora
    Eu também sou com essa mesma doença
    Há uns 10 anos eu fiz uma operação reconstrução do tímpano
    Eu tinha ouvido estourado
    Fiquei bom do escorrimento no ouvido
    Mas por outro lado eu fiquei com um zumbido e distorção até quando eu falo é muito horrível

    Reply
  • Reginaldo
    12/01/2021 at 9:38 am

    Olá! Estou com um problema ainda sem diagnóstico. Quando ouço som alto, ou canto, meu ouvido esquerdo distorce o som, eu passo a ouvir o som “rachando” e isso trouxe um zumbido permanente e sensação de inchaço interno. Minha passagem por especialistas ainda não trouxeram nenhuma conclusão. Em pesquisa na internet pude verificar que a Hiperacusia e a Hipersensibilidade são os diagnósticos mais próximos, mas para ainda não descrever perfeitamente sintomas. Alguém já ouviu esse tipo de ralato e/ou tem conhecimento do que se trata? Desde de já agradeço!

    Reply
    • Paula Pfeifer Moreira
      14/01/2021 at 12:55 pm

      Vc realmente consultou um otorrino especializado em surdez?

      Reply
    • Pryscilla Cricio
      26/01/2021 at 6:03 pm

      Olá Reginaldo,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 16.000 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • Eliane
    29/08/2020 at 12:23 pm

    Qual o especialista que trata dessa doença?

    Reply
    • Vinícius Webber
      20/10/2020 at 3:17 pm

      otorrinolaringologista

      Reply
  • Pelucio Peroni
    24/05/2020 at 3:01 am

    A vida de quem sofre com esse mal é um inferno. Eu por exemplo tenho que ligar o som na maior altura quando tem algum barulho que vem do vizinho. Parece estranho, mas parece que fazer mais barulho do que ele me traz um pouco de alívio. É como se eu estivesse pagando na mesma moeda, se ele me incomoda também vou incomodar ele. É estranho mas faz sentido. Só tenho sossego as duas da madrugada, isso se nenhum cachorro latir. Quando começa, é como se não fosse nuca mais parar.

    Reply
    • Pryscilla Cricio
      03/08/2020 at 3:42 pm

      Olá Pelucio,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • Ysa
    10/05/2020 at 11:44 pm

    Foi dificil, mas consegui descobrir que o remedio que usava para labirintite e zumbido é que causava a “superaudicao”. Foi só parar com o remedio e voltei a surdez. Betaistina nunca mais!

    Reply
    • ANA CRISTINA BENTES
      19/05/2020 at 4:07 pm

      No seu caso, a betaistina diminuiu o zumbido?

      Reply
      • Ysa
        02/06/2020 at 12:11 am

        A Betaistina provocou a hiperacusia (hiperaudicao), ela deveria tratar o zumbido, mas preferi parar e o zumbido continua, alem da surdez..

        Reply
        • Gabriel
          26/07/2020 at 1:40 am

          Sofro com alguns barulhos em específicos: musical (qualquer horário do dia), e de vizinhos a noite. É algo realmente insuportável, a ponto de usar protetor auricular de cera e abafador de som ao dormir e mesmo assim não conseguir dormir devido o incômodo que o barulho me gera. Algo que só fui perceber lendo seu texto é que eu tenho zumbido permanentemente.

          Reply
        • Pryscilla Cricio
          03/08/2020 at 3:29 pm

          Olá Ysa,

          Tudo bem?

          Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

          https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

          E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

          https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

          Estamos te esperando!

          Abraços,

          Equipe Surdos Que Ouvem

          Reply
      • Pryscilla Cricio
        03/08/2020 at 3:50 pm

        Olá Ana,

        Tudo bem?

        Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

        https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

        E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

        https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

        Estamos te esperando!

        Abraços,

        Equipe Surdos Que Ouvem

        Reply
  • Caroline Araújo
    03/12/2019 at 3:58 am

    Odeio vários sons juntos, tipo sair em um barzinho, som de risada, música, conversas, talheres batendo. Isso me causa muita angústia. Sofro com TAG e já tive crise de depressão. Festas em família também me incomoda pq muitas vezes ligam a televisão e conversam ao mesmo tempo. Fico muito irritada e acabo agindo com impulsividade. É muito ruim sentir isso. Fico muito irritada mesmo com vários barulhos. Eu amo música, mas somente o som da música, música com outras pessoas falando junto me deixa muito mal.

    Reply
    • Gabriel
      26/07/2020 at 1:43 am

      Sofro exatamente como você, pelos mesmos motivos. Como sou professor de ensino fundamental e médio, todos os dias em sala de aula são apavorantes.

      Reply
      • Pryscilla Cricio
        30/07/2020 at 4:22 pm

        Olá Gabriel,

        Tudo bem?

        Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

        https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

        E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

        https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

        Estamos te esperando!

        Abraços,

        Equipe Surdos Que Ouvem

        Reply
      • Charlene
        10/09/2020 at 10:11 am

        Gabriel, procure estudar também sobre Misofonia, os sintomas são parecidos porém a Misofonia sentimos raiva do som. Existe um grupo no Facebook sobre e vai achar informações também no site https://www.misofonia.com.br.
        O Misofonico tem os sons escolhidos pelo Cérebro e não pelo ouvido, geralmente ele vem acompanhado de algum transtorno, tipo ansiedade, Toc, TDAH… e é tratado através de terapias alternativas.

        Reply
    • Pryscilla Cricio
      05/08/2020 at 6:31 pm

      Olá Caroline,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • Fabiana Ferreira
    23/07/2019 at 9:43 am

    Olá. Tenho zumbido no ouvido já faz algum tempo e sensibilidade a sons corriqueiros parece q os ossos do ouvido estão moídos e se m exem quando alguém fala alto ou coisa assim e o zumbido está aumentando antes era só a noite agora é 24 horas por dia já não sei mais o q fazer .se puder me ajudar por favor

    Reply
    • Jean Pierre
      02/08/2020 at 1:06 pm

      Olá, Fabiana. Já faz um ano que adquiri, aos 47, uma condição muito parecida com a sua. Os sintomas são muito difíceis de explicar/traduzir, e é preciso recorrer a analogias como a que vc fez. Eu sinto como se houvesse uma esfera metálica solta dentro do crânio, que gira e produz um atrito angustiante contra o crânio quando ouço alguns sons. Passado todo esse tempo e dezenas de exames, nenhum diagnóstico concreto… Apenas suposições e recomendação de antidepressivos. Como os médicos não sabem do que se trata, assumem que deve ser um distúrbio mental e recomendam um antidepressivo para ver se “acaba com essa frescura”…
      Tenho procurado pessoas com casos semelhantes, para conversar e tentar ajudas mútuas.
      Se tiver interesse, sou de FLorianópolis/SC, e meu email é jeanpi@uol.com.br.

      Reply
    • Pryscilla Cricio
      17/08/2020 at 5:13 pm

      Olá Fabiana,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
    • Fabiana Ferreira
      23/07/2019 at 9:36 am

      Olá. Tenho zumbido no ouvido já faz algum tempo e sensibilidade a sons corriqueiros parece q os ossos do ouvido estão moídos e se enchem quando alguém fala alto ou coisa assim e o zumbido está aumentando antes era só a noite agora é 24 horas por dia já não sei mais o q fazer .se puder me ajudar por favor

      Reply
  • Ignácio Moura neto
    31/05/2019 at 6:59 pm

    Estou no inferno! Desejo hiperacusia aos charlatães que me roubaram milhares de reais prometendo cura com um aparelho auditivo!

    Reply
    • Pryscilla Cricio
      17/08/2020 at 6:08 pm

      Olá Ignácio,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • Márcia
    18/03/2019 at 7:18 am

    Bom dia
    Meu filho adquiriu Hiperacusia através de um grito de uma menina de escola. Fazem 2 anos, mês passado ele ficou internado um mês por conta de depressão, pois ele não tem vida social.
    Gostaria de trocar experiências .
    Através da internet procurei médicos ou medicamentos, vi que não tem especialistas para essa doença. Gostaria de trocar experiência.
    Já estamos no limite do desespero
    Obrigada
    Márcia

    Reply
    • Clara Craveiro
      21/11/2019 at 3:09 pm

      Bom meu nome é Clara, meu esposo sofre com isso a 10 anos, sendo q a 5 meses piorou muiito,não temos mais vida social,evitamos lugares cheios e ele não dirige muito, por conta do barulho do trânsito.Estou levando ele ao Psiquiatra e ele passou uma.medicacao onde ele relacha mais e consegue lidar melhor com barulho, mais o extress, correia, agito, piora muito! Acho q a saída é um psiquiatra q com medicação, tenta levar o paciente a relachar e te dar ter uma.vida melhor, ou seja digna.Estamos TB nesta luta e crendo em dias melhores. Deus aos abençoe!

      Reply
      • Pryscilla Cricio
        07/08/2020 at 2:14 pm

        Olá Clara,

        Tudo bem?

        Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

        https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

        E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

        https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

        Estamos te esperando!

        Abraços,

        Equipe Surdos Que Ouvem

        Reply
    • Pryscilla Cricio
      18/08/2020 at 6:30 pm

      Olá Márcia,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • […] Laranja também inclui o combate a outros dois tipos de incômodo no ouvido, a misofonia e a hiperacusia, com dias nacionais de conscientização em 12/11 e 13/11, […]

    Reply
  • Vera Lúcia V.Motta
    09/09/2018 at 1:11 am

    Olá, pesquisando cheguei até você. Muito bom o relato pois tenho percebido que parece que estou “ouvindo em excesso” mas isso só ocorre com certos sons, como música muito alta e gritos de crianças. Também alguns apitos que são bem irritantes. Bom poder falar disso, pois a nossa postura é ficar mais isolada.Tentarei buscar mais a respeito do assunto.
    Abraço.

    Reply
    • Pryscilla Cricio
      26/08/2020 at 4:10 pm

      Olá Vera,

      Tudo bem?

      Venha para o nosso grupo fechado no Facebook com mais de 15.300 pessoas com deficiência auditiva que usam aparelhos ou implantes. Para se tornar membro, é OBRIGATÓRIO responder às 3 perguntas de entrada.

      https://www.facebook.com/groups/CronicasDaSurdez/

      E para receber avisos sobre nossos eventos e cursos, por favor, clique e responda 4 perguntas (leva 30 segundos):

      https://forms.gle/MVnkNxctr1eahqR5A

      Estamos te esperando!

      Abraços,

      Equipe Surdos Que Ouvem

      Reply
  • Milena
    12/05/2018 at 4:28 pm

    Olá rcnp tenho este mesmo problema mais sou casada e tenho amigos, sei muito bem como é essa tortura que você sente. Meu nome é Milena, se quiser converssar meu email é: milena050315 @gmail.com.
    Paula me ajudou muito obrigada.

    Reply
  • Leo
    25/03/2018 at 2:47 am

    RCNP, eu gostaria muito de conversar contigo. Acabei de saber que um conhecido meu sofre de hyperacusia. E pesquisando o tema, cheguei ao seu relato.

    Reply
  • RCNP
    09/02/2018 at 4:41 pm

    Eu tenho isso desde os 13 anos e hoje estou com 30, certos sons feitos pelo meu pai e pelo passarinho Ben-Te-Vi me machucam de uma maneira insuportável, é horrível minha relação com meu pai fica prejudicada, as pessoas pensam que eu sou maluco, junto com isso veio o vitiligo, a obesidade, o medo, o pavor, a raiva e a desconfiança das pessoas, tenho 30 anos e sou virgem, nunca tive uma namorada sequer beijei uma moça na boca, minha vida é um tormento cotidiano que só irá terminar na minha morte. Não tenho ninguém que de fato possa chamar de amigo, apenas conhecidos que converso dia sim e dia não. Fico sempre isolado, e não me comunico com ninguém e as pessoas me acham ridículo ou mal-educado, zombam ou tem medo de mim. É um Inferno.

    Reply
    • AleValle
      16/03/2018 at 11:27 pm

      Olá RCNP.
      Eu estou fazendo uma pesquisa sobre um outro problema que eu tenho. É diferente desse. Eu tenho medo, e sinto ansiedade com barulhos específicos que estouram. Como por exemplo: fogos de artifício, bolas de aniversário estourando, ou qualquer outro som que vem de repente e vai embora. Numa fração de segundos sei lá, como um tiro mesmo.
      Enfim, deve ser difícil ter o que você tem, é diferente do meu problema, mas se quiser conversar, desabafar, manda um e-mail para mim: ale.valle93@gmail.com com o título : RCNP – Hiperacusia.

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Iniciar conversa
Marque a sua consulta na Clínica Sonora