Menu
Aparelhos Auditivos

Como proteger os aparelhos auditivos na praia, piscina, chuva – e do suor!

Praia, piscina, suor e aparelhos auditivos: quem usa conhece bem essa preocupação. Ainda não existem modelos de AASI que permitem nadar ou mergulhar, já que nenhum é totalmente à prova d’água. Mas temos várias dicas que podem facilitar o seu uso no verão, nos arredores de uma piscina, à beira da praia ou praticando esportes.

Quem usa implante coclear tem uma preocupação a menos, já que para eles existem capas à prova d´água que permitem mergulhos sem preocupação. Você pode ouvir debaixo dá água se tiver a capa específica para o seu modelo de IC.

E quem usa outras próteses auditivas que não possuem capas próprias para proteger da água, como faz? Trouxemos dicas para você cuidar dos seus aparelhos auditivos e aproveitar o verão com menos preocupação.

Mas atenção: nenhuma das dicas permite nadar e nem mergulhar com os aparelhos, ok? Servem para aumentar a proteção, mas não tornam os seus aparelhos à prova d´água!

Faixas esportivas

Ótimas para quem pratica esportes no verão, inclusive na praia, essas faixas absorvem o suor para que ele não escorra pelo rosto e orelhas, e assim evitam os respingos nos aparelhos auditivos. Existem de vários tamanhos e cores, podem ser encontradas em sites de artigos esportivos, como “faixa esportiva” ou “faixa de cabeça”, “testeira esportiva” ou “headband”. Você provavelmente já viu um tenista usando uma!

Dependendo de como for o seu cabelo, você pode deixá-las acima das orelhas, sem encostar no AASI, ou encaixada entre o aparelho auditivo e o cabelo, para que o aparelho não encoste diretamente na pele e sim na faixa, como você achar melhor. Algumas são de tecido duplo, onde é possível abrir um pequeno furo em cada lado para inserir os aparelhos dentro da própria faixa, entre os tecidos.

Lenços e chapéus

Os lenços fazem sucesso há décadas e ainda são super úteis na praia ou piscina, não só para proteger os aparelhos auditivos, mas também o couro cabeludo dos raios solares, e você pode usar somente ele ou completar com um chapéu.

Existem em várias cores, materiais e tamanhos, e os jeitos de usar e amarrar são muitos, use a criatividade e procure inspirações na internet – o Pinterest é o melhor lugar! Além de bonitos ainda protegem seus aparelhos de respingos de água e areia.

Capas de Tecido

Existem capinhas feitas especialmente para “vestir” os aparelhos auditivos, em neoprene ou tecidos semelhantes e elas ajudam muito na proteção!

Alguns modelos vêm junto com cordões para evitar a perda, com um clipe que você prende na roupa. Outros modelos são somente as capinhas individuais, em várias cores, para encaixar nos aparelhos auditivos.

No Facebook, peça indicações em nosso grupo de quem produz e vende essas capinhas, vários membros que são clientes poderão indicar para você! Algumas das pessoas que costuram as capinhas para AASI também fazem faixas elásticas com encaixe próprio para implante coclear e aparelho auditivo, dando mais segurança de que eles não vão cair durante uma atividade física.

 

Em caso de não ter capinha de tecido, você pode improvisar com bexigas, aquelas de aniversário, cortando e encaixando nos aparelhos, assim:

E na hora de entrar na água?

Proteja os seus aparelhos com capas impermeáveis e deixe-os em um lugar seguro, já que uma bobeira pode ser fatal para eles! Existem cases para guardar fones de ouvido que servem super bem para aparelhos auditivos, pesquise por “porta fone impermeável” e encontrará vários na internet, inclusive com capa rígida para proteger contra amassos.

Existem também as nécessaires impermeáveis, onde você pode colocar os aparelhos e celulares e relógios. E tem estojo personalizado #SurdosQueOuvem também! Envie um e-mail pra paula@cronicasdasurdez.com para saber como adquirir o seu (custa R$35 + frete).

Outra dica: sempre leve lenços umedecidos para a praia, pois servem tanto para limpar o rosto e reaplicar protetor solar como também para limpar bem as mãos antes de mexer em aparelhos auditivos, celulares e outros eletrônicos. São baratos e super úteis, e você se livra de ficar com as mãos grudentas de protetor solar e areia! 

E quando chegar em casa?

É hora de remover a umidade assim que possível! Limpe os aparelhos com um tecido seco, tire as pilhas e coloque os aparelhos no desumidificador, leia mais sobre eles nesse texto que explica a diferença entre os modelos de sílica e os elétricos.

O álcool isopropílico também é um ótimo produto para limpar os aparelhos, mas use somente esse tipo (isopropílico), que normalmente é encontrado em farmácias ou lojas de eletrônicos, pois serve para limpar os contatos elétricos de dispositivos. Outros tipos de álcool podem manchar os AASIs.

Mesmo cuidando, meu aparelho molhou, e agora?

Primeiro de tudo, desligue o aparelho ou implante! Por mais tentador que seja, não ligue para ver se ainda está funcionando! Tire a pilha ou bateria assim que possível, e se não estiver com nenhum desumidificador por perto, improvise com arroz: coloque arroz seco em um pote, coloque um guardanapo por cima, e os aparelhos em cima do guardanapo, com os compartimentos da bateria abertos.

Feche bem o pote, deixando até o outro dia, assim o arroz seco lá dentro irá absorver a umidade do aparelho. Não deixe em contato direto com o arroz, pois o pó que ele solta pode estragar o aparelho auditivo, por isso use o guardanapo. Segure a ansiedade e tente ligar somente no outro dia, quanto mais tempo deixar no desumidificador ou no arroz tirando a umidade, melhor!

Post escrito por Danielle Kraus Machado

LEIA MAIS:

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Iniciar conversa
    Marque a sua consulta na Clínica Sonora