Aparelhos Auditivos

Como escolher um desumidificador para aparelho auditivo

O desumidificador é a cama do seu aparelho auditivo! Você deseja que seus aparelhos durem por longos anos, não é? Para isso, é preciso ter uma rotina de cuidados! É preciso limpá-los diariamente, enviar para revisão anual e fazer ajustes frequentes no fonoaudiólogo .

O processo de retirar a umidade todos os dias também tem um papel importante no prolongamento da vida útil dos seus aparelhos auditivos. Todos os dias estamos expostos à umidade, respingos e suor. Quem mora no literal também está exposto à maresia. 

Desumidificador

O desumidificador é um acessório que prolonga a duração dos seus AASI e IC pois evita a oxidação das pecinhas internas deles. A oxidação na maioria das vezes não é visível para nós, mas acredite, ela ocorre com frequência quando não tomamos cuidado com a umidade. Conheça os modelos de desumidificadores que existem e procure um para você! 

Tipos de Desumidificadores

Sílica 

A sílica gel (em bolinhas) é um material que absorve a umidade, que você já deve ter visto naqueles pequenos pacotinhos ao comprar bolsas ou mochilas. Ele é um potinho, geralmente de plástico, com a sílica no fundo e uma esponja/espuma em cima para evitar o contato direto da sílica com os aparelhos.

Como esse desumidificador funciona: de noite, na hora de dormir, o usuário tira os aparelhos auditivos, deixa o compartimento das pilhas aberto (sem as pilhas) e os coloca dentro do pote, fechando bem. De manhã, a umidade de dentro dos aparelhos terá sido absorvida pela sílica e o aparelho estará pronto para uso. 

Com o tempo, como a sílica vai absorvendo água, precisa ser trocada por uma nova, que pode ser comprada pela internet ou em lojas de aparelhos auditivos. Se você utilizar corretamente o desumidificador (todas as noites e sempre fechando bem), a sílica será trocada a cada 3 meses em média, ou, no caso da sílica azul, sempre que ela mudar para a cor rosa. 

Se você utiliza a sílica azul, também é possível aquecê-la no forno para secagem e reutilização. Como? Coloque as bolinhas de sílica em um recipiente seco no forno acima de 100ºC, e fique observando até que ela deixe de ser rosa e volte a ser azul, e então deixe esfriar em um recipiente bem fechado! Recomenda-se fazer esse procedimento no máximo 4 vezes, e então descartar a sílica e comprar uma nova.

Se um dia você esquecer o pote aberto a sílica absorverá toda a umidade do ambiente, portanto fique atento sempre se está vedando bem ao fechar.

PS: as bolinhas de sílica são inimigas da natureza, pois vão parar nos rios e mares e podem asfixiar e matar animais marinhos…

Elétrico (recomendamos!)

Outro tipo de desumidificador é o elétrico – uma caixinha que funciona conectada à tomada. Além de tirar a umidade, vários modelos ainda matam as bactérias e outros microorganismos com luz ultravioleta, o que ajuda muito a diminuir coceiras e inflamações no canal auditivo!

O usuário tira os aparelhos e os coloca lá dentro do desumidificador, abertos e sem as pilhas. Quando ligado, ele absorve a umidade e suor rapidamente, com uma média de ciclo de 30 minutos, podendo variar com a marca. Nós recomendamos desumidificador elétrico pelo excelente custo-benefício e porque ele também esteriliza suas próteses.

Existem também modelos que além da eletricidade ainda necessitam de uma pastilha de sílica para funcionar, que deve ser trocada a cada 2 meses, ou conforme orientação de cada fabricante. O custo-benefício e a praticidade deste modelo não são atraentes.

Quando falamos em implante coclear, cada marca costuma enviar com o kit do IC o seu próprio modelo, mas isso não impede que você adquira outro. Enquanto o seu estiver na garantia, por via das dúvidas, é melhor usar o fornecido pela sua marca, para evitar problemas de descumprimento de regras de “bom uso”.

Preste atenção ao tamanho

Pergunte quais são as dimensões do espaço interno do desumidificador que deseja comprar, para saber com antecedência se as suas próteses auditivas caberão nele. Com aparelhos auditivos é muito raro ocorrer esse problema, pois eles são menores, mas com implantes cocleares fique atento para não passar aperto (literalmente) depois! 

Analise a sua necessidade

Todos nós corremos risco de molhar os aparelhos ou implantes, e esse risco é multiplicado por 100 pra quem tem crianças! Além disso, quem faz atividade física ou mora em locais muito quentes, expõe os aparelhos a mais suor, respingos e umidade. Em todos os casos, com criança ou não, recomendo fortemente que utilizem um desumidificador elétrico.

Você sai da academia, e no tempo de tomar um banho os aparelhos já estão secos e limpos para continuar o uso, pois o ciclo é rápido. E se você mora perto de praia ou piscina, ter um dispositivo que tira a umidade rapidamente é uma ajuda e tanto. E a maioria dos modelos ainda tem o plus da luz UV que mata microorganismos – ponto para o desumidificador elétrico! 

Quem acabou de comprar o de sílica, claro que não precisa se desfazer e correr para comprar um elétrico. Use-o, mas lembre-se de tomar os cuidados necessários para garantir que a sílica está absorvendo a umidade, trocando-a ou aquecendo conforme orientações.

Custo

Os desumidificadores serão utilizados durante toda a vida útil dos seus aparelhos, portanto, faça as contas: comprar um elétrico, que é um pouco mais caro, mas pensando como um investimento único, ou comprar o tradicional de sílica, mais barato, mas ter que repor a sílica frequentemente. Pesquise os preços, as marcas e faça suas contas – pra mim o elétrico é mais barato a longo prazo, além do benefício de esterilizar os aparelhos. E diversos sites parcelam as compras sem juros.

Onde comprar

Hoje a internet é o lugar mais prático para compras, você pode pesquisar o preço em diversas lojas ao mesmo tempo, escolher o melhor custo-benefício e receber o produto em casa. Faça sua pesquisa em sites como Mercado Livre e AliExpress, sempre verificando os vendedores que possuem boa reputação, a descrição de cada produto e os comentários de quem já comprou.

Embora aparelhos auditivos chineses sejam um perigo enorme para a audição, desumidificadores chineses não são perigo algum pois TODOS são fabricados lá! São dispositivos relativamente simples do ponto de vista eletrônico, só retiram a umidade e esterilizam com luz violeta, então só tenha cuidado em verificar a tensão do equipamento (110v / 220v), o formato da tomada e as condições de frete, se for comprar online de outro país.

Lojas de aparelhos auditivos também vendem os desumidificadores, geralmente apenas um modelo em cada loja. Se deseja comprar, fique de olho nas promoções de datas especiais (natal, páscoa, dia dos pais ou mães) em que pode conseguir bons descontos.

Dicas:

 

Os planos de saúde cobrem um desumidificador? Para aparelhos auditivos, não. No caso de quem usa implante coclear (IC), os planos devem cobrir tudo que é necessário para o bom funcionamento da prótese, e portanto, o desumidificador também. Na maioria das vezes, ele já vem no kit quando a pessoa faz a cirurgia do IC, se não vier, solicite ao seu fonoaudiólogo ou médico otorrinolaringologista. 

Cuidado com a temperatura: os modelos elétricos elevam a temperatura dos aparelhos, portanto, evite retirá-los do desumidificador no meio do ciclo e ligá-los imediatamente, pois nesse caso, podem estar um pouco quentes. Deixe um minutinho fora para esfriar e então ligue-os. 

 

E se meu aparelho caiu na água?” Não tente ligá-los! Seque rapidamente por fora com uma toalha, tire as pilhas, e se for implante, desmonte a bateria, a antena e o cabo, e coloque tudo no desumidificador o quanto antes, por uns 2 ou 3 ciclos seguidos (se for elétrico) ou pelo menos 24 horas (se for de sílica). Feito isso, já entre em contato com o fabricante ou fonoaudiólogo para maiores instruções. Quando estiver bem seco, então limpe ele com álcool isopropílico, principalmente as partes metálicas e compartimento de pilha/bateria. 

Meu desumidificador elétrico está funcionando? Faça um teste com uma bolinha de algodão levemente umedecida, e ligue durante um ciclo completo, para ver se o algodão fica mais seco. Mas não precisa fazer esse teste sempre, somente caso desconfie que não está funcionando mesmo. No desumidificador de sílica, não faça isso, pois estará fazendo a sílica absorver água desnecessariamente.

Sobre a Autora

Paula Pfeifer Moreira

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 38 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

1 Comentário

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.