Menu
Aparelhos Auditivos / Deficiência Auditiva / Surdez / Surdos Que Ouvem

13 dicas para OUVIR MÚSICA com APARELHO AUDITIVO

Ouvir música com aparelho auditivo é um dos maiores prazeres que existem quando você é um surdo que ouve com próteses auditivas. Fazer isso foi o meu maior treinamento auditivo nos anos em que estava perdendo toda a minha audição antes de chegar à surdez neurosensorial profunda bilateral e fazer implante coclear. Ouvir música com aparelho auditivo me fazia esquecer completamente do zumbido no ouvido e também me ajudava demais a construir memória auditiva, especialmente em inglês.

Ouvir Música com aparelho auditivo: dicas!

Você precisa ter expectativas realistas a respeito de ouvir música quando usa aparelho auditivo e, para isso, a coisa mais importante de todas é COMPREENDER a sua surdez, ou seja, saber os detalhes técnicos da sua condição. Se você tem surdez severa ou profunda, por exemplo, não vai conseguir ouvir música com toda a riqueza de detalhes que uma pessoa com surdez moderada pode conseguir. Se você tem surdez em agudos – com a clássica audiometria que parece uma rampa – vai sentir muita dificuldade de entender a letra da música. Converse com o seu otorrinolaringologista e com seu fonoaudiólogo, faça perguntas, leia sobre o seu tipo e grau de surdez. Você tem responsabilidade moral de compreender a sua condição. Vejo muita gente por aí fazendo reclamações ferrenhas sobre seus aparelhos auditivos que sequer têm noção do impacto real do seu tipo e grau de surdez no dia-a-dia. Aí, não dá.

É aqui que vou dar o pitaco que funcionou para mim durante muitos anos: aprenda a gostar do que você consegue ouvir. Aprenda a se apaixonar pelos sons que entram e fazem sentido quando você é surdo, porque isso significa que seu cérebro está fazendo todo o esforço possível para te resgatar do silêncio. Ficar reclamando que não é igual a antes, que não é perfeito, que você não entende a letra ou outras reclamações não vai te levar a lugar nenhum. Ou melhor, vai: a um lugar isolamento desnecessário. Lembre-se sempre do Stephen Hawking, que dizia que ficar reclamando da própria deficiência era uma perda de tempo porque ninguém quer ficar perto de uma pessoa negativa que só fica se lamentando.

Aparelho Auditivos e Música

Era isso o que eu fazia: eu me deliciava ouvindo música com aparelhos auditivos do jeito como a música chegava até o meu cérebro. Usava a funcionalidade bluetooth dos aparelhos auditivos e passava todo o tempo possível escutando músicas em inglês para construir memória auditiva e aprender como era a pronúncia certa das palavras que eu conseguia ouvir. Lembre-se de que eu tinha surdez severa-profunda e poderia ter ido por outro caminho, pensando que era uma besteira tentar ouvir música àquela altura do campeonato. Eu não tinha nenhuma esperança de voltar a ouvir, mas queria dormir com a consciência tranquila de que tinha deixado meu cérebro preparado e estimulado caso a oportunidade surgisse. Ainda bem que fiz isso!!! Reclamar e me sentir uma coitada teria sido tão mais fácil…

Se você está aqui lendo este artigo, há chances de que você tenha percebido que seus aparelhos auditivos não estão atendendo às suas expectativas quando se trata de proporcionar uma experiência de audição musical de qualidade. Os sons das notas de um piano estão distorcidos? Ou as músicas que você conhece intimamente parecem estranhas, ou toda a música soa excessivamente metálica? Não se preocupe. Se você é músico ou entusiasta de música, tenho algumas ideias para compartilhar que podem melhorar significativamente sua experiência musical através de seus aparelhos auditivos.

Converse com seu fonoaudiólogo

O seu fonoaudiólogo precisa ter MUITA experiência com ajuste de aparelhos auditivos para te ajudar a ter a melhor experiência com música que a sua surdez permitir. Expectativas realistas (tanto quanto ao que é possível ouvir no seu grau-tipo de surdez quanto aos recursos e possibilidades que suas próteses auditivas oferecem) mais um fonoaudiólogo experiente são a receita da felicidade nesse caso.  Nem todos os fonoaudiólogos são especializados nas complexidades da música, mas devem compreender o básico das frequências fundamentais e harmônicas para conseguir te ajudar. Você pode pedir indicação de fonoaudiólogos para surdos que ouvem no Clube dos Surdos Que Ouvem.

Os aparelhos auditivos são projetados principalmente para amplificar a fala e costumam manipular sons não relacionados à fala com base em algoritmos programados. É por isso que a música merece uma configuração manual feita especialmente para esse propósito.

Ajustes Práticos nos Aparelhos Auditivos para Ouvir Música

Segundo o audiologista americano Matthew Allsop, para aproveitar ao máximo seus aparelhos auditivos ao ouvir música, há alguns ajustes básicos, porém essenciais, a serem considerados:

    1. Gerenciador de Feedback: Desative isso para evitar que o aparelho auditivo interprete erroneamente a música como ruído de feedback, o que pode distorcer o som.
    2. Configurações de Redução de Ruído: Essas também devem ser desativadas, pois podem alterar os sons ao redor, afetando a qualidade da música.
    3. Microfones Direcionais: Desabilitar essa função garante que seus aparelhos auditivos captem sons de todas as direções, não apenas da frente.
    4. Compressão: Os aparelhos auditivos modernos utilizam compressão de ampla faixa dinâmica para melhorar a audibilidade da fala e de outros sons. No entanto, a música pode parecer sem vida se a taxa de compressão for muito alta. Certifique-se de ter uma taxa de compressão mais baixa para manter os sons suaves suaves e os sons altos altos, mantendo a dinamicidade na música.
    5. Saída de Potência Máxima: Considere aumentar isso para aprimorar a experiência musical, levando em consideração o conforto.
    6. Compressão de Frequência: Desligue isso, pois altera o tom dos sons, o que é indesejável ao ouvir música.
    7. Controle de Volume: Ative essa função para ajustar o volume da música de acordo com seu gosto e ambiente.

As minhas dicas para ouvir música com aparelho auditivo

Aqui estão algumas dicas para para obter a melhor experiência musical possível se você é usuário de aparelhos auditivos:

  1. Contate o fabricante do seu aparelho auditivo e peça dicas sobre como otimizá-los para ouvir música (você pode ter a sorte de ter sua mensagem respondida por um expert da marca com muita experiência no assunto!)
  2. Se você for músico, leve seu instrumento musical quando for ao fonoaudiólogo e garanta que ele tenha alto-falantes de qualidade para monitorar os ajustes em tempo real
  3. Se for possível, busque um mapeamento da fala
  4. Alterne entre ouvir música com a função bluetooth e ouvir música normalmente
  5. Escolha músicas no estilo voz e violão para treinar o inglês (Jack Johson e Ben Harper são os meus favoritos)
  6. Crie o hábito de estimular seu cérebro com música todos os dias (isso também faz bem pra alma!)

Converse com pessoas que usam aparelhos auditivos de marcas como Phonak, Oticon, Resound, Widex, Signia, Rexton, Argosy, Starkey e Unitron no Clube dos Surdos Que Ouvem. E assista essas aulas ANTES de comprar um aparelho auditivo para conhecer todos os segredos da indústria da audição e não ser feito de bobo.

CLUBE DOS SURDOS QUE OUVEM: junte-se a nós!

grupo de surdos que ouvem deficiência auditiva surdez

A sua jornada da surdez não precisa ser solitária e desinformada! Para que ela seja mais leve, simples e cheia de amigos, torne-se MEMBRO do Clube dos Surdos Que Ouvem. No Clube, você terá acesso às nossas comunidades digitais (grupos no Facebook, Whatsapp e no Telegram), conteúdos exclusivos, descontos em produtos e acesso aos nossos cursos*.

São 21.700 usuários de aparelhos auditivos e implante coclear com os mais diferentes tipos e graus de surdez para você conversar e tirar suas dúvidas a respeito do universo da deficiência auditiva (direitos, aparelhos, médicos, fonos, implante, concursos, etc).

MOTIVOS para entrar para o Clube dos Surdos Que Ouvem:

  1. Estar em contato direto com quem já passou pelo que você está passando (isso faz toda a diferença!)
  2. Economizar milhares de reais na compra dos seus aparelhos auditivos
  3. Aprender a conseguir aparelho de audição gratuito pelo SUS
  4. Não cair em golpes (a internet está abarrotada de golpistas do zumbido, de aparelhos de surdez falsos e profissionais de saúde que não são especializados em perda auditiva!)
  5. Conversar com milhares de pessoas que têm surdez, otosclerose, síndromes e usam aparelhos para ouvir melhor
  6. Conhecer centenas de famílias de crianças com perda auditiva
  7. Fazer amigos, sair do isolamento e retomar sua qualidade de vida
  8. Pegar indicações de médico otorrino especialista em surdez e fonoaudiólogos do Brasil com pessoas de confiança

Se você for mãe ou pai de uma criança com perda auditiva, uma das comunidades digitais do Clube é um Grupo de Telegram com centenas de famílias se ajudando mutuamente todos os dias.

o melhor aparelho auditivo

Os erros que você NÃO PODE cometer ao comprar APARELHO AUDITIVO

Eu já passei pela saga da compra de aparelhos auditivos várias vezes. Já fui convencida a me endividar para comprar um aparelho auditivo “discreto e invisível” que sequer atendia a minha surdez. Já fui enganada ao levar um aparelho auditivo para o conserto na loja onde o comprei: a fonoaudióloga disse que ele não servia mais para mim sem sequer verificá-lo ou fazer uma nova audiometria. Já quase caí no conto do vigário de gastar uma fortuna num aparelho auditivo para surdez profunda “top de linha”, cujos recursos eu jamais poderia aproveitar devido à gravidade da minha surdez. Já fui pressionada a comprar um aparelho auditivo porque supostamente a “promoção imperdível” duraria apenas até o dia seguinte. E também quase cometi a burrada de comprar um aparelho de surdez que já estava quase saindo de linha por causa de um desconto estratosférico que ‘acabava amanhã’.

Mas VOCÊ não precisa passar por isso.

Criei um curso online rápido de 1h e 30min de duração que reúne tudo o que aprendi sobre comprar aparelho auditivo em 42 anos convivendo com a surdez 24hs por dia e que vai te fazer economizar muito dinheiro, tempo e energia para voltar a ouvir. Nele, você vai conhecer as PIORES PRÁTICAS da indústria da audição e tudo o que você precisa saber e perguntar ao profissional de saúde que estiver testando AASI com você.  Torne-se aluno AQUI.

CURSOS SURDOS QUE OUVEM

 

 


About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

No Comments

    Leave a Reply