Menu
Crônicas da Surdez / Deficiência Auditiva / Zumbido

Zumbido tem cura? A minha experiência com zumbido no ouvido

Se você chegou aqui porque quer saber se zumbido tem cura, peço que leia o post com calma. Para quem está chegando agora, vamos às apresentações: olá, meu nome é Paula e convivo com o zumbido no ouvido desde pequenininha. Ele é a lembrança mais antiga que tenho da minha infância. Aos 5 anos eu já reclamava em alto e bom som: “Mãe, tem um apito no meu ouvido!”

Escrevi esse post num dia em que estava com um zumbido infernal no ouvido direito. Quando acordei, ele estava assim: “uuuuuuuuuuu“. Depois, virou: “ihhhhhh“. Até se tornar uma mistura dos dois, e fazer parecer que eu estava no meio do mato numa convenção de cigarras histéricas. Terrível…

Só para vocês terem uma idéia, em 2010 estimava-se que o zumbido infernizava a vida de 278 MILHÕES de pessoas no mundo. 🙁

Como tudo começou

Como tenho zumbido desde que me entendo por gente, já estou mais do que acostumada com ele. Esse caso é muito diferente do caso de pessoas que subitamente se vêem acometidas por zumbido – lembro de um amigo que me procurou dizendo que achava que ia ficar louco por causa do barulho e estava entrando em depressão por isso.

Na minha época, ninguém sabia o que era esse ‘apito’ no ouvido. Lá pelos quinze anos descobri pesquisando na internet que em inglês isso tinha nome: tinnitus. Fui ao médico contar sobre minha descoberta, que ele desconhecia completamente. Voltei para casa e segui lendo tudo o que encontrava sobre o assunto.

No meu caso, o zumbido sempre foi um sintoma de perda auditiva – a grande maioria dos casos tem essa causa, aliás. Quando usava aparelhos auditivos, durante o dia eu costumava esquecer o barulhão interno mas, ao tirá-los à noite, o zumbido parecia estar dez vezes mais alto e mais irritante.

Lembro de dizer para minha mãe uma vez que eu nem me importava com a surdez (ó a negação rsrsrs), queria mesmo era me ver livre do zumbido.

Dizem por aí que hoje zumbido tem cura, mas nunca conheci pessoalmente alguém que tenha sido, de fato, curado. Acredito que o zumbido possa ser atenuado e que possamos fazer com que o cérebro tire o foco dele quando passamos a prestar atenção em outros sons.

Falar em “cura”, acho que só para casos em que ele tem uma causa simples (o que não é o caso quando falamos de uma surdez neurosensorial). Se alguém foi curado, não deixe de compartilhar tudo conosco nos comentários deste post, por favor! Queremos muito saber dos casos de sucesso que existem por aí 🙂

Tenho zumbido 24hs por dia nos dois ouvidos

Do lado direito, mais agudo, do lado esquerdo, mais grave – e tem dias que a ordem muda.

Quando fiz meu primeiro implante coclear, no ouvido direito em 2013, após a cirurgia conheci um zumbido que me deixou tão desesperada que precisei fazer uso de calmantes até a ativação. Chamo de ‘zumbido serra elétrica’, pois a sensação era essa mesmo, parecia que eu estava sentada ao lado de uma serra elétrica. Foi a primeira vez que achei que fosse enlouquecer de vez por causa do maldito zumbido. O barulho me deixava zonza.

Após a ativação do primeiro IC, o zumbido começou a melhorar. Melhorou muito, mas nunca desapareceu por completo. Ele continua aqui. Às vezes esqueço completamente dele pois enquanto uso meus IC’s o zumbido não existe na minha vida. Mas, ao desligá-los, ele está lá. Brinco que é o companheiro mais fiel que já tive, pois jamais me deixa só.

Algumas pessoas dão dicas como: ‘largue o álcool’, ‘largue o café’, ‘vinho tinto piora’, ‘tome ginko biloba’. Na minha experiência, nada disso mudou meu zumbido. Porém, quando estou com os nervos à flor da pele e estressada, percebo que ele piora consideravelmente – parece que acompanha o meu nervosismo e aumenta, diminui, aumenta, diminui.

Zumbido e o IC bilateral

Um dos motivos que me levaram a fazer a segunda cirurgia de implante coclear foi que o zumbido do lado esquerdo continuava super power, enquanto o do direito já tinha melhorado demais e eu sequer o percebia enquanto estava de IC. Era bem chato ter uma audição maravilhosa de um lado, e de outro um zumbido que mais parecia um motor de Opala Diplomata esfriando.

Após a ativação do segundo IC, aconteceu a mesma coisa: o zumbido foi melhorando devagarinho até chegar no nível de melhora do direito.

Eu não estou ‘curada’ e nunca vou estar, do mesmo modo como não deixarei de ser surda. A tecnologia me ajudou com as duas coisas, ainda bem! O implante coclear atenuou meu zumbido bilateral constante e eterno de um modo que jamais achei que fosse possível. Não é à toa que o IC hoje é indicado inclusive para casos de zumbido incapacitante.

A experiência mais bizarra que já tive com meu zumbido foram alucinações auditivas. Logo após a morte da minha mãe, talvez devido ao stress nunca antes experimentado (foi a primeira vez que alguém próximo morreu), tive meu primeiro episódio. Foi bem estranho. Senti como se alguém estivesse segurando meus pulsos enquanto dormia e depois gritasse nos meus ouvidos um “AHHHHHH” de 200dB! Foi tão assustador e desesperador que acordei com o coração saltando pela boca e passei duas noites em claro depois.

Tive outros episódios de alucinações auditivas durante o sono, mas meu cérebro já entendeu que são alucinações. Dormindo, ouço gritos que mais parecem de almas penadas, que começam baixinhos até chegarem num volume que sinto como se minha cabeça fosse explodir. É de arrepiar os cabelos, acordo tremendo. De vez em quando ainda tenho…

Minhas dicas

Não entre em desespero. Procure um otorrinolaringologista, de preferência um que tenha vasta experiência com essa questão. Busque tratamento antes de jogar a toalha, por favor! Investigue tudo a respeito do seu caso, dentro das suas possibilidades.

Converse com pessoas que sofrem deste mal e estão acostumadas a ele, pois esse é um exercício que você terá que fazer: acostumar-se, em maior ou menor grau. Caso seu zumbido desapareça com diagnóstico e tratamento, isso será maravilhoso. Mas, caso isso não aconteça, essa é a única alternativa.

Cuidado com promessas de cura milagrosa. Porque na maioria dos casos, é golpe.

Procure algo que lhe faça relaxar. Como meditação, ioga, aula de alongamento. Tudo é válido.

Siga a vida! Treine o seu cérebro para prestar atenção em outros sons, use seus aparelhos auditivos, ouça música e não fique pensando obsessivamente sobre o zumbido.

Não fique se lamentando o tempo todo! Milhões de pessoas padecem deste mal, você não é o único. Adotar uma atitude pessimista 24hs só vai piorar ainda mais as coisas.

As causas do zumbido

  • Perda auditiva (é a mais comum de todas!)
  • Uso de medicamentos como anti-inflamatórios e antibióticos
  • Doenças metabólicas
  • Alterações hormonais
  • Problemas cardiovasculares
  • Distúrbios psiquiátricos (ansiedade, depressão)
  • Distúrbios neurológicos
  • Problemas na musculatura e na coluna cervical
  • Maus hábitos alimentares
  • Disfunções temporomandibulares outros problemas dentários
  • Tumores da via auditiva

Leia mais sobre zumbido no Portal Otorrino.

Entre para o Grupo Surdos Que Ouvem

 

Sobre

Escrevo o Crônicas da Surdez desde 2010. Sou bacharel em Ciências Sociais pela UFSM, escritora e empresária. Moro no Rio de Janeiro e tenho 38 anos. Meu diagnóstico é de deficiência auditiva bilateral neurossensorial e progressiva. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Em 2013 lancei o livro Crônicas da Surdez (Ed. Plexus) e em 2015, Novas Crônicas da Surdez: epifanias do implante coclear (Ed. Plexus), que já foi traduzido para o inglês.

54 Comentários

  • PAULO DE OLIVEIRA ARRAES
    04/07/2020 at 12:08 pm

    Tenho 36 anos e tenho zumbido desde 24 anos, consegui conviver com ele ate agora pois mesmo estando ali 24h por dia ele não era atormentante e eu vivia bem, porém de um mês pra cá o zumbido como uma chiadeira bem aguda simplesmente dobrou sua altura de som e está bastante complicado de convier agora, tento me acalmar mais está bastante complicado, esta me deixando muito pra baixo, não consigo focar em nada não consigo estudar, realmente uma ansiedade e agonia muito ruim de pensar que será assim sempre, hoje eu só gostaria que o zumbido fosse como antes, que apenas melhorasse um pouco, mais pela experiência que tenho acho que estarei fadado a esta triste realidade. Que Deus possa noa amparar.

    Responder
  • Iedo gasparotto
    25/06/2020 at 10:47 pm

    Olá !!!! meu nome é IEDO sou mais um condenado deste zumbido cruel tudo começou lá por 2013 quando comecei a ter um leve zumbido na epoca nao dei importancia mas um ano depois tinha piorado entao procurei um otorrino fiz exames e nao deu nada os motivos podem ser muitos tomo varios remedios para pressao alta diabetes gota … nos ultimos cinco anos fui me acostumando com o tormento as vezes melhor depois pior e assim o tempo vai passando mas ultimamente o zumbido piorou muito vou tentar fazer acupuntura por algum tempo para ver se melhora
    eu imagino que o que provoca em parte o zumbido sao fazes de estresse e angustia
    Ok pessoal vamos em frente nao podemos ficar nos lamentando pois nao resolve como diz aquela musica gauchesca ( não podemos se entrega pros homem)

    Responder
  • Andrea Batista
    10/06/2020 at 1:52 pm

    Eu tenho zumbido há quase 3 anos. Começou do nada….estava dormindo e acordei com um barulho nos ouvidos. Durmo de fone de ouvido para atenuar o barulho….sonho com o dia que da mesma forma irei dormir e acordar livre!!!

    Responder
  • Claudia
    06/06/2020 at 3:38 pm

    oi Jorge, acredito que tenha cura sim. como vc esta? melhorou… começei com isso, depois do uso de cotonete. será que irei melhorar? e, não da para ir em medico nessa quarentena !!!

    Responder
  • Laísa Fernanda Müller
    05/06/2020 at 4:58 am

    Oi, meu nome é Laísa, tenho 20 anos e também tenho um zumbido no ouvido o tempo todo, desde que me entendo por gente. Não lembro exatamente como começou, ou se já tinha isso desde sempre, só sei que não sei como é viver com esse barulho constante, mesmo já estando acostumada. Quando falo com minha mãe sobre isso, ela culpa os fones de ouvido com música muito alta, só que eu sei que tenho isso desde criancinha. É um mistério.

    Responder
  • José Mauro Gomes
    01/06/2020 at 7:00 am

    Bom dia!eu,são 4:49 da madrugada, eu acabei de acordar após um passeio pelo um sonho estranho, minhas noites são só aventuras enquanto durmo,só sonho bobagens.isso começou acontecer de 3 anos para cá após começa o zumbido, certo dia me senti com uma leve tinteiro e daí emuito diante o zumbido e às visões noturmas raios trovões e gritos. Por várias vezes ouvi vozes altas de mulher me chamando, outras vezes de homem, por último sensações de outras presenças no quarto,sentia algum sentado em címa da minha cama,até o colchão abaixava ao lado,por noites a sensação de alguém puxar o lençol.passei a ver vultos no quarto, fumaça escura e outras coisas. Uma certa noite coloquei o colchão no chão e deixei a lameada acesa para me sentir seguro no sono,assim que comecei dormir senti alguma criatura andando no por cima do colchão.certo dia tive uma ideia, pensei em filma minhas noites de sono para observar o porquê disso? Filmei algumase vezes nos dias seguintes ficava olhando as filmagens por 1:00 hora, me mexia de mais todas às noites, foi que certo dia tive uma supresa desagradável em 48 minutos de viagem ali na filmagem subir do chão uma mulher como se fosse uma Índia de cabelosemana pretos e cor de pele branca, subiu e sentou ao lado da cama e ficou me observando. Nesse momento que vi isso meu corpo ficou todo trémulo, então pensei o que era e por quê isso Tava acontecendo? Eu, sempre fui uma pessoa honesta em meus costumes e não fiz mal à outros, então por quê?
    Três dias depois visitei uns parentes e levei a filmagem e mostrei a dois sobrinhos meu e pedi segredo,resolvi fiLda novamente,certa manhã meu celular amanheceu quebrado até o cartão de memória estragou. Assim pedi a filmagem, um dia me aborrecido coloquei um bastão ao lado de baixo do lençolado, na madrugada acordo repentinamente quando vejo algo um cogumelo de fumaça escura entre pela báscula e vi em minha direção na cama, nesse momento me levantei e partir pra címa daquela coisa nojenta,até que saiu pelo o mesão lugar por onde entrou.chegando dias depois minha esposa chegou de viagem, e em uma noite relatou que durante a madrugada alguma coisa tinha puxado o cabelo dela,eu não quis informar osobre ocorridos, porém depois de dias tive de tomar posição e relatar os fatos, porque ela Tava reclamando de algumasemana sensações desagradáveis durante às noites.

    Infelizmente ela tinha muitas amigas que visitava nossa casa, e por isso eu passei a desconfiar de tudo e todos, coitados não tinhá muito nada haver com elas, o problema era algo mais sério essa casa ela alugada morei nela 8 anos. Bom depois disso e outros eventos desagradáveis, passei a luta contra essa força estranha, graças a Deus isso não me incomoda mais,algumase vezes vejo visões com aranhas porém aprendi uma coisa o inseto morre com insecticidas e após coloca um frasco ao lado da cama,o tal fantasmilha de aranha bem esperto não quer aparece mais.

    Em relação ao zumbido e os estalos e às vozes estranhas começou acontecer juntos com esses eventos, estou lutando contra isso, já fiz exames e consultas, os médicos falamos que meus ouvidos não envelhecer am são ainda de criança de 6 anos de idade, estranho isso, todos falaram a mesma coisa? Eu ouço a energia eléctrica pasoando dentro da tomadas,sons mínimos que outras não ouvimos eu consIgor ouvir isso é ruim por causa da minha idda Defesa 45 anos, e esses sons mínimosão para outros são muito alto para mim. Agora meus ouvidos estão zumbidos, porém juntos com o zumbido ouço os sons dosão pássaros que estão no alvorecer.
    Moro dinstante do mar e ouço o som badulto das ondas, hoje umas duas horas atrás cheguei até me assustar com o barúltimo da onde do mar, o silêncio da noite deu pra ouvi o som das águas.

    Sou de Guarapari no Espírito Santo.

    Aqui meu Whattissapp: 27 999 83 52 48.
    Fiquem a vontade!

    Responder
  • Vitor Martins
    27/05/2020 at 6:22 am

    Olá Paula, o meu nome é Vítor moro em Lisboa, Portugal. Infelizmente sofro desse problema desde Maio de 2019! Apareceu repentinamente, de um dia para o outro, e nunca mais foi embora! Os primeiros meses foram muito complicados, só conseguia dormir quando tomava medicação para o sono e até mesmo durante o dia, enquanto trabalhava, escutava o ruído! Consultei um otorrinolaringologista e fiz alguns exames, entre eles, vários testes de audição e no meu caso ficou provado que não é surdez, a minha audição está perfeita! Na altura fui medicado com Audiovit 60 e atenuou um pouco, mas continua cá! Após os primeiros 2 meses, aos poucos, já fui conseguindo dormir sem ter que recorrer a medicação e até consegui deixar de ouvir o ruído quase por completo durante o dia. Ninguém até hoje conseguiu explicar a origem deste zumbido o que é estranho! Tem alturas que aumenta um pouco de intensidade, o médico explicou que esse aumento pode estar relacionado com o estado emocional ou cansaço.. Alguns dias depois acaba por voltar à intensidade habitual! Neste momento, estou a atravessar uma nova fase que nunca tinha acontecido antes e já faz 24h que aconteceu.. O ruído habitual mantém-se inalterado mas desde ontem que escuto uma nova frequência que não escutava antes.. Desde que apareceu sempre escutei aquele iihhhhh irritante muito agudo, mas agora consigo escutar também uma frequência média a qual não escutava antes. Ainda não falei com o médico porque é muito recente o acontecimento. Será que com o passar do tempo o zumbido tem a tendência de aumentar ou alterar? Obrigado

    Responder
    • Dilciane
      11/06/2020 at 9:54 pm

      Olá Vitor
      Comecei a sofrer com isso
      Esse audiovit 60 é comercializado no Brasil também?

      Responder
  • Jorge
    24/05/2020 at 2:15 am

    Caramba, fiquei triste em saber que isso não tem cura… Estou com este zumbido tem uns 5 dias e o pior é na hora de dormir… Fico sem sono, e só consigo dormir bem tarde mesmo… Acho que meu caso foi uso excessivo de fone de ouvido ( ouvindo músicas e tele aulas )… Vou procurar um médico pra saber realmente o que causou isso…

    Responder
    • Claudia
      06/06/2020 at 3:38 pm

      oi Jorge, acredito que tenha cura sim. como vc esta? melhorou… começei com isso, depois do uso de cotonete. será que irei melhorar? e, não da para ir em medico nessa quarentena !!!

      Responder
  • Fabricio
    22/05/2020 at 8:08 am

    Tenho 46 anos e a uma semana começou um barulho de cigarra nos dois ouvidos. 24 hrs por dia. Fui num otorrino q me passou um anti-inflamatorio. Já tem 3 dias q tô tomando ele e parece q tá piorando.

    Responder
    • Claudia
      06/06/2020 at 3:39 pm

      melhorou? tenho isso tb

      Responder
    • Any
      22/06/2020 at 12:12 pm

      Olá, fui no otorrino também e ela me passou anti inflamatório. Após 5 dias de uso piorei e novos sons de zumbido surgiram. Marquei consulta com outro otorrinolaringologista.

      Responder
  • joyce
    12/05/2020 at 11:40 am

    Tenho deficiência auditiva bilateral neurossensorial, tem dias q falto enlouquecer cm o zumbido q ouço no ouvido esquerdo. E o pior acredito q seja de familia, pois minha avo era surda. Acredito tbm q por causa da D-ATM, ou disfunção da articulação temporomandibular q tenho do lado esquerdo seja um dos causador do zumbido infernal. Agrava bastante tbm qnd estou nervosa, extressada e ansiosa, so Deus na causa…

    Responder
  • Jayne Martins
    11/05/2020 at 1:29 am

    Nunca tive esse problema , de 3 anos pra cá nunca mais foi embora , começou depois que tive depressão , e eu também andava muito em festas no passado , ficava perto de sons muito alto ! Então uma coisa levou a outra , só Deus pra nos livra , e nos dá muita paciência pra aguentar , o meu zumbido ele se agrava mais quando estou estressada , preocupada , ele melhora, piora , melhora piora , mais nunca vai embora , infelizmente acabei me a costumando com o zumbindo, mais tem dias que só falto entra em desespero, é muito chato muito ruim , por conta desse zumbido , sinto muita dor de cabeça sinto uma pressão muito forte na cabeça é terrível , que o senhor Deus poça ajudar todos nós que temos esse problema, pq é terrível viver com isso ??

    Responder
  • Adriano
    10/03/2020 at 8:56 pm

    Faço parte dessa estatística também .Na infância sofri um acidente que causou a minha perda auditiva do lado esquerdo. Hoje vivo com esse tormento ,que infelizmente não tem cura. Uso aparelho auditivo q ajuda e ameniza bastante. Só Deus pra me ajudar a manter a calma e ter paciência.

    Responder
  • Albert
    19/02/2020 at 9:10 pm

    Comecei com zumbido leve no lado esquerdo. Depois de alguns anos iniciei um tratamento na ATM por ter uma DTM. Na segunda semana usando o aparelho para DTM, iniciou o zumbindo também no lado direito, mas muito forte, 24h por dia, nunca mais parou. Já faz dois anos que só aumenta.. Fiz várias audiometrias e em todas mostrou que tenho a audição melhor que 90% das pessoas. Meu zumbido é ligado a outros fatores. Segundo a dentista, era pra melhorar com o tratamento da ATM o leve zumbido que tinha no esquerdo, mas piorou. Gastei uma fortuna pra tratar a ATM que incomodava e no fim das contas obtive um problema muito maior, zumbido nos dois lados e muito alto. É insuportável ter zumbido. Agora já consigo escutar o zumbido até em ambientes com sons mais altos, está muito forte. Não consigo dormir. Fico umas duas três noites com insônia, aí durmo uma noite bem por estar muito cansado, depois fico mais duas, três noites agonizando com o zumbido, depois uma durmo bem… Assim está sendo meus últimos anos. Da vontade de enfiar uma agulha de tricô dentro da orelha e acabar com tudo de vez. Fico feliz por quem consegue melhorar.

    Responder
  • Robson Correia
    17/01/2020 at 12:21 am

    Estou com o zumbido no ouvido direito a 2 anos já, confesso que mudou a minha rotina de vida, pois qdo está muito alto muda o humor, estressa, chega a dar desespero a ponto de pensar em coisas ruins, tenho que fazer uso de calmantes nesses dias de piora mas continuo em busca de melhora pois se temos problemas não podemos nos entregar e sim enfrenta-los, mas confesso que é horrível a sensação do zumbido slc.

    Responder
  • Vanessa
    31/08/2019 at 5:01 am

    Faça acupuntura… eletroacupuntura melhora muito… fiz 8 sessões e diminui 80%… Zumbido é uma condição de avisando q algo naonesta bem… tem q investigar… até fast food faz isso.

    Responder
    • Aline Maia
      27/11/2019 at 4:32 pm

      É normal ter zumbido só de um lado? Estou assim a 6 dias, e foi do nada!
      É horrível, principalmente na hora de dormir!
      Ja cheguei a chorar. Fui no clinico, ele me deu uma injeção de antiflamatorio, disse que por fora meu ouvido esta ok, e que dentro pode ter uma pequena inflamação. Sinto meu ouvido tampado em varios momentos. Ele me passou 3 tipos de antiflamatorio! Não vou perder a esperança. Fiquei muito assustada pq vi algumas coisas como tumores e tals. A gente entra em pânico mesmo.

      Responder
      • Maísa Beatriz Bernardo Borges
        27/02/2020 at 12:25 am

        Você melhorou?

        Responder
      • Claudia
        06/06/2020 at 3:41 pm

        melhorou? estou com isso tambem!

        Responder
    • Sharon Cagiali
      15/05/2020 at 10:01 am

      Bom dia!
      Onde vc faz acupuntura?

      Responder
    • Juju Delgado
      15/06/2020 at 4:07 pm

      O meu nome é Maria Delgado, pode por favor deixar o contacto onde fez os tratamentos de Acupunctura ou eletroacupuntura? por favor, posso enviar o meu mail.
      Estou a desesperar e a pontos de hoje pedir ao otorrino me fazer eutanásia.

      Responder
  • São
    17/10/2018 at 6:41 am

    Já conseguiu cura? Está melhor? Se sim, como conseguiu? Eu estou aflita com tanto zumbido à um ano e cada vez pior….

    Responder
    • Renato
      25/11/2019 at 7:39 pm

      Infelizmente, não tem cura sofro com isso a 15 anos fui diagnosticado, com otosclerose, as vezes esqueço desse maldito zumbido, confesso que eu me acostumei esses anos com esse barulho, só que já tem
      Dois meses está muito barulho aumentou muito, não consigo dormir sem remédios pois não me concentro, pesquisei na internet que se vc colar uma música bem baixa, tipo sim de flauta ou natureza, vc consegue confundir seu cérebro para ele esquecer esse maldito zumbido!

      Responder
  • Dayane
    11/10/2018 at 6:08 pm

    Gente tem 5 dias me deu um infecção do nada primeiro parecia que tinha alguem tampado meu ouvido direito depois ja comecou a doer a noite quando me deitei senti estralos e barulhos muito altos como se fosse um motor
    Zumbidos e um liquido saindo do meu ouvido era sangue aquoso e depois ja era pus fui no otorrino ele disse que tava tao inchado que não tinha como vê la dentro e me passou antibiótico e otociriax porem ate agora nada gente to ficando louca mesmo desesperada porque nunca consegui dormi nem com a tv ligada por conta do barulho nada me anima nesses dias nao tenho fome e a noite madru?ada piora demais ai levanto com vontade de morrer pensamentos suicidas to co. Medo de mim com to com medo do meu desespero ja nao sei oq eu faço.

    Responder
    • São
      17/10/2018 at 6:33 am

      Já conseguiu cura? Está melhor? Se sim, como conseguiu? Eu estou aflita com tanto zumbido à um ano e cada vez pior….

      Responder
    • Aline Maia
      27/11/2019 at 4:33 pm

      Tenha calma! E não perca a esperança. Estamos juntos nessa!

      Responder
  • imobiliaria em pelotas
    13/05/2018 at 11:53 am

    É algo terrível.

    Difícil conviver com esse problema.

    Responder
  • […] zumbido no ouvido melhora após o implante coclear? Essa é uma pergunta que frequentemente escuto das pessoas que […]

    Responder
  • Juliana
    14/04/2018 at 11:51 pm

    Faz 15 dias que comecei um zumbido no lado direito começou mais baixo agora tá insuportável, não durmo mais sem calmantes, já penso em trancar a faculdade, eu estou no tratamento para TB pulmonar tomando muitos antibióticos já fui na otorrinolaringologista uma disse que eu teria que conviver com isso a vida toda, o outro passou uns exames audiometria e ressonância . Eu já fiz algumas vezes o audiometria pq desse a infância eu falava e ainda falo muito alto mas sempre deu normal… Confesso que agora tô com medo de fazer, vc poderia me ajudar? Já conheceu alguém com esse zumbido pulsátil?

    Responder
    • Mayka
      08/06/2019 at 8:51 am

      Tenho a 2 anos… É horrivel…

      Responder
  • alex vargas
    07/04/2018 at 4:59 pm

    Alguma dica barata pra se livrar do zumbido?

    Responder
  • thamyres
    02/04/2018 at 11:44 pm

    a minha começou a dois meses só tenho 17 anos qnd fico estressada ele aumenta e eu não consigo me controlar!
    estou a flor da pele ?

    Responder
  • Maria Eloisa
    25/03/2018 at 2:09 pm

    Eu faço tratamento psicológico por conta do meu zumbido.

    É algo infernal e que atrapalha demais minha vida.

    Responder
  • ana santos
    28/02/2018 at 8:23 am

    Eu tenho esse zumbido.

    Agora fiquei preocupada

    Responder
  • joao vieira
    24/02/2018 at 7:27 pm

    Minha mãe teve essa doença.

    Responder
  • […] Outubro é o Mês de Proteger a Audição – dia 10/10 é o Dia Mundial da Saúde Mental, um momento para pensar em educação sobre saúde mental, conscientização e promoção. A perda auditiva e o zumbido podem aumentar o risco de desenvolver doenças mentais, incluindo depressão, ansiedade, esquizofrenia e demência, e também pode desencadear episódios de raiva extrema e idealizações suicidas. Proteger a audição não apenas previne a perda auditiva, mas também traz benefícios para a saúde mental. Entender os sinais de doenças mentais e ter acesso a recursos de saúde mental são duas coisas críticas – e podem salvar vidas – para todas as pessoas com deficiência auditiva e zumbido. […]

    Responder
  • Amaury
    08/10/2017 at 4:27 am

    Otimo post. Estou sofrendo com esse maldito zumbido aos 32 anos, e o mesmo veio me atormentar a mais ou menos 3 meses, eu não pretendo perder a esperança e tão pouco a fé. O meu zumbido é mais aterrorizante do lado esquerdo, pois é exatamente como vc disse, é um “uuuuuuuuuuuu” e do lado direito é uma cigarra maldita sem fim. Tem dias que está calmo, mas tem dias como hoje 08/10, exatamente as 03:13 da madrugada, que parece que meus ouvidos vão explodir, junto vem uma pressão tanto nos ouvidos quanto na cabeça, e eu sinto como se meu cérebro fosse explodir, misturado com enjoos, vertigens e um pouco de tontura. Até o momento fui diagnosticado com otosclerose, mas pretendo fazer mais exames para ter mais resultados e procurar talvez uma cura ou mesmo uma melhoria equivalente. Foi recomendado o uso de aparelhos, pois segundo o exame de audiometria, tenho uma perda moderada de audição, os aparelhos já foram comprados, mas confesso que não acredito muito que os aparelhos farão diferença perante esse maldito zumbido. Quando está muito forte, como agora, eu simplesmente entro em panico, fico extremamente desesperado, e varias e varias coisas me vem a mente, incluindo pensamentos tenebrosos, logo, me vem a tristeza e depressão. Confesso que no momento atual, não tenho condições de fazer mais exames, pois os mesmo são caros, mas a partir do ano que vem pretendo contratar um plano de saúde que cubra absolutamente tudo, incluindo cirurgias.

    Responder
    • Mariana
      08/10/2018 at 4:34 pm

      Ola Amaury! estou passando pela mesma situaçao… Pode me passar seu contato pra gente conversar!

      Responder
    • Vanessa
      31/08/2019 at 5:00 am

      Faça acupuntura… eletroacupuntura melhora muito.

      Responder
  • Rita
    01/10/2017 at 8:38 pm

    Oie estou com um zumbido no ouvido, começou com uma dor e inflamação e agora esse som, às vezes mais intenso outras vezes menos.
    Vou fazer os exames amanhã para saber o que est acontecendo. Mas pelo exame da internet não tenho perda de audição.

    Responder
    • Darci Cunha
      01/06/2020 at 10:12 am

      Como exame pela internet sofro com isso desde mocinha agora com 68 anos agora estou uzando Traumavit 10 gotas debaixo da língua fica um minuto ai consigo ficar melhor mas tira tristeza fadiga deprecao mas o zumbido continua mas me sinto melhor.

      Responder
  • Paulo
    25/09/2017 at 11:49 am

    Muito interessante esse assunto. Tenho um tio que sofre com esse problema e indiquei a leitura do seu artigo pra ele. Obrigado viu!

    Abraços!

    Responder
  • […] Essa é uma discussão muito importante e válida entre as pessoas que têm deficiência auditiva e zumbido pois nem todos possuem as ferramentas necessárias para enfrentar estes desafios. A boa notícia é […]

    Responder
  • FLAVIO FEITOSA
    17/09/2017 at 9:05 pm

    Ola Paula, creio ja ter lido essas informaçoes alguns meses atras quando comecei a pesquisar sobre zumbido. Sou mais um nas estatisticas.. lendo experiencias como a sua entendi que o melhor a fazer é viver em harmonia com este imparavel e incontrolavel apito, cigarra,enfim zumbido. Fiz uma peregrinaçao a postos de saude, hospitais e tendo os resultados dos exames tudo em ordem ouvi que estou tendo uma degeneração nos nervos auditivos por exposiçao a barulhos e me foi dito que nao tem cura…. tenho uma esperança que sao os suplementos Omnilife, kenyan que é um alimento pro cerebro… vamos ver o que acontece. Agradeço seus relatos que sao extremamente importantes para aqueles que buscam ajuda. Flavio Feitosa.

    Responder
  • Fernando
    10/08/2017 at 5:23 pm

    Conheço pessoas que tem isso e deve ser muito agoniante, Deus me livre!

    Responder
  • O som do mar
    07/08/2017 at 5:12 pm

    […] cirurgia precisei esperar nada menos do que 47 longos dias até ativar, bem como enfrentei o pior zumbido da minha vida ao mesmo tempo em que precisava segurar todas as minhas expectativas. O resultado? […]

    Responder
  • Katia
    22/06/2017 at 8:03 pm

    O seu zumbido apareceu do nada? Ou começou a partir de uma inflamação no ouvido?

    Responder
    • Paula Pfeifer Moreira
      27/06/2017 at 3:24 am

      Não sei te dizer, começou quando eu tinha uns 5 anos de idade…

      Responder
      • Jéssica Monteiro
        05/09/2017 at 1:29 am

        Meu zumbido apareceu agora aos 36 anos, estou ficando deprimida já.
        Acabei de descobrir minha perca de audição está muito difícil para entender

        Responder
  • Joana Maria
    30/05/2017 at 3:41 pm

    Ótimo Artigo !
    Realmente tem muita Gente sofrendo Por causa de zumbido no ouvido, que ficam desesperadas para aliviar a dor e restauração auditiva e Obrigado Pelas cidas passadas .

    Responder
  • Maria
    25/05/2017 at 10:55 am

    Ótimo Artigo !
    Realmente tem muita Gente sofrendo Por causa de zumbido no ouvido, que ficam desesperadas para aliviar a dor e restauração auditiva.

    Responder
  • Valdirene Silva
    09/05/2017 at 12:48 pm

    Tenho zumbido desde que me entendo por gente. Mas confesso que depois da cirurgia do IC achei que fosse enlouquecer. Passei 2 semanas com uma serra elétrica na cabeça que não parava nunca e que as vezes conseguia ficar pior…. Depois da ativação só percebo quando tiro o IC ou quando estou estressada. Até do OE que não é implantado não percebo muito durante o dia.

    Responder
  • Michele
    04/05/2017 at 1:52 pm

    Achei seu post corajoso, você expôs o problema de forma franca e prática.
    Não sou deficiente auditiva, mas sempre estou por aqui aprendendo como viver com coragem, apesar dos obstáculos.

    Responder
  • Delaís
    04/05/2017 at 1:00 am

    Amei seu posto, Obrigada por compartilhar com a gente. Eu tenho zumbido tbem, mais e quando não durmo direito que incomoda muito. Sou deficiente auditiva desde dos meus 7 anos e comecei a usar aparelho com 11 anos. Continua nos explicando sobre a surdez estarei acompanhando.

    Responder
  • Valéria Costa
    01/05/2017 at 7:45 pm

    Muito bom,como fico feliz com pessoas solidárias,que dividem seus problemas,me sinto elas,bom saber que não estamos sós,hj por exemplo o meu zumbido do ouvido direito está a 1000,tem hr que dá vontade de sumir até o barulho passar,mas tem hr que lembro que tenho esse zumbido.Existem males piores,acho que cada um tem que acostumar com sua cruz e seguir em frente!

    Responder

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.