Ícone do site Crônicas da Surdez + Surdos Que Ouvem – por Paula Pfeifer

Preço de aparelho auditivo: os preços em 2019

preço aparelho auditivo 2021

Descobrir o preço de um aparelho auditivo é uma saga chata e desagradável – os marinheiros de primeira viagem precisam se informar melhor antes de sair fechando uma compra por pressa ou preguiça.

Todo ano, fazemos uma pesquisa de preços entre os leitores que compraram seus aparelhos no ano corrente e no ano anterior.

Lançamos o formulário e deixamos alguns meses no ar para que todos que quisessem responder tivessem tempo suficiente para fazê-lo.

Eles servem de base para você ter uma ideia de qual será o preço do seu aparelho auditivo, de que tipo de atendimento irá encontrar, de quais são as marcas mais procuradas pelos nossos leitores… E ainda terá outros insights interessantes!

Aparelhos Auditivos Gratuitos via SUS

Aparelho Auditivo no SUS: como conseguir o seu

DICA DE OURO

Para saber preço de aparelho auditivo em 2021 basta se tornar membro do Grupo Surdos Que Ouvem no Facebook.

Lá, somos mais de 20.200 pessoas prontas para compartilhar conhecimento e informações com você. Atenção: aceitamos como membros apenas pessoas com deficiência auditiva.

O mais importante na hora de fechar a compra

Fiquei feliz com a resposta vencedora dessa categoria, porque a qualidade sonora realmente faz toda a diferença na hora de bater o martelo.

Porém, é claro que poder pagar pela qualidade sonora que preferimos precisa ser algo viável… Como a surdez de cada pessoa é como uma impressão digital, única, é preciso sim gastar um tempinho experimentando aparelhos diferentes.

Onde você compra pilha para aparelho auditivo?

Aqui há um insight interessante: as pessoas acham que precisam comprar pilha “da mesma marca do aparelho auditivo“, mas isso é uma grande bobagem.

Aliás, como os fabricantes mundiais de pilhas de aparelhos auditivos são sempre os mesmos, as marcas costumam mandar fazer lotes de pilha com suas logomarcas/nomes com eles.

Se alguém lhe disser que você só pode usar a pilha X no seu aparelho, saiba que isso é mentira.

E como em pleno mundo digital ninguém precisa ser refém de loja física ou de horário comercial e dia da semana para comprar qualquer coisa, a internet está aí para isso! 😉

Onde você buscou informações?

Em 2021, nada mais natural do que as pessoas buscarem informações sobre qualquer produto que vão comprar online.

Alguém que já usa o produto que lhe interessa ou já é cliente da loja à qual você está saindo é a pessoa mais indicada para dar uma opinião sobre isso.

Assim, quem entende de aparelho auditivo são os fonoaudiólogos e os usuários de aparelhos.

Quantas marcas de aparelhos auditivos você testou?

A pressa é inimiga da perfeição, gente. Por isso, não recomendo a ninguém comprar um aparelho auditivo sem testar pelo menos três marcas e suas respectivas qualidade sonora e funcionalidades.

Mas fiquei feliz que 33% das pessoas que responderam nossa pesquisa testaram mais de uma marca! 🙂

Quanto você pagou?

Existem aparelhos auditivos dos mais variados preços, mas eu diria que o padrão é entre R$5.000 a R$10.000 por cada aparelho. Aqui, mais uma vez: a pressa é inimiga da perfeição.

Portanto, pesquise muito, peça desconto – e saiba que você NÃO pode deduzir a compra de aparelhos auditivo do imposto de renda.

São três categorias: top, intermediário e básico.

Nesse sentido, um fonoaudiólogo de confiança vai saber conduzi-lo nesse processo e descobrir de quais funcionalidades você realmente precisa.

Uma dica: faça questão de que seu aparelho seja compatível com aro magnético – você ainda vai usar esse recurso de acessibilidade para surdos e se apaixonar por ele. Para saber mais acuradamente quanto nossos membros pagaram pelos seus aparelhos, entre no nosso Grupo no Facebook.

As frases mais ditas por fonoaudiólogos…

Essa parte da pesquisa sempre me deixa decepcionada, especialmente porque eu já ouvi essas frases todas – e olha que meu último aparelho auditivo deve ter sido em 2012.

Só quem já ouviu essas coisas ao vivo e a cores sabe como é péssimo. Você está se sentindo nu na frente de um profissional, super vulnerável e assustado, e se sente ainda mais constrangido com técnicas de venda ultrapassadas e nada éticas.

Todo mundo gostaria de ter poder aquisitivo suficiente para pagar R$20.000 num par de aparelhos, mas a maioria das pessoas não tem.

Estimular a vergonha que as pessoas sentem da deficiência auditiva para fechar uma venda é algo que deveria ser punido pelos órgãos competentes – embora eu ache que reviews e grupos de usuários são muito mais poderosos para isso, hoje em dia!

E por último…

Outro dado interessante da pesquisa: as pessoas estão cada vez mais e mais buscando fonoaudiólogos independentes que trabalham com várias marcas diferentes.

Por quê? Economia de tempo (testar marcas diferentes significa precisar perambular de loja em loja) e busca por profissionais altamente qualificados na regulagem de aparelhos.

Isso já é uma realidade há muito tempo lá fora (Europa e Estados Unidos), mas um modelo de negócios ainda recente por aqui.

Entre para o Grupo Crônicas da Surdez no Facebook

Leia mais:

REDES SOCIAIS CRÔNICAS DA SURDEZ – SURDOS QUE OUVEM

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER CRÔNICAS DA SURDEZ

Coloque seu email na lista