Menu

A surdez é invisível, e os desafios que ela traz para a nossa vida também são invisíveis. Isso é complicado porque nos causa um desgaste físico e emocional que as outras pessoas não percebem.

Muitos de nós enfrentam os desafios listados abaixo todos os dias – e, em muitos casos, quase todos esses desafios todos os dias. O objetivo deste post é dar visibilidade aos desafios, além de mostrar que eles existem.

Cansaço auditivo

Quem ouve normalmente já fica estressado com a quantidade de ruídos e barulhos do dia a dia. Imagine uma pessoa que ouve mal, usa próteses auditivas e não consegue entender com facilidade a fala humana. Acrescente a isso o trabalho remoto, crianças gritando em casa, zumbido, obra do vizinho… A surdez causa um cansaço auditivo gigantesco que passa despercebido pelos outros.

Falta de acessibilidade

A pandemia mostrou como a maioria das pessoas jamais parou para pensar na importância da acessibilidade digital. Além disso, ficou claro que poucos são os que conhecem a diversidade da surdez. O resultado? Os conteúdos que se dizem “acessíveis a surdos” têm apenas Libras, em 90% dos casos. As plataformas que possibilitam o trabalho remoto não são acessíveis e a acessibilidade tem um custo que poucos estão dispostos – ou aptos – a pagar.

Ansiedade 

A surdez traz inúmeros tipos diferentes de ansiedade para a nossa vida. Seja ansiedade pela preocupação de não ter ouvido alguma coisa importante, ansiedade por causa de algum compromisso de trabalho (quando não há acessibilidade digital e todos falam ao mesmo tempo) ou até mesmo por ter que sair de casa para ir a algum lugar onde você não entenderá nada do que é dito porque todos estão de máscaras.

Zumbido

A surdez geralmente vem acompanhada de zumbido. Muitos se acostumam ao barulhinho que fica na nossa cabeça da manhã à noite, mas muitos padecem por causa disso, chegando a precisar de ansiolíticos e antidepressivos.

Uso de máscaras por causa da pandemia

A pandemia acabou com a nossa possibilidade de fazer leitura labial, e isso nos prejudicou demais. Esse tem sido um desafio gigantesco para todas as pessoas surdas, e não há a menor previsão de quando as pessoas poderão voltar a circular por aí sem máscara. Imagine o que é passar boa parte do seu dia sem entender o que as pessoas falam e lidando com o desespero que isso causa.

Auto-advocacia 24hs

Precisamos agir como educadores de ouvintes 24 horas, não tem jeito. Se não fizermos isso, ninguém mais fará, e nós somos os maiores interessados.

Excesso de equipamentos para cuidar e usar

Quando você é usuário de aparelho auditivo ou implante coclear, precisa dar conta de vários equipamentos que os acompanham. Seja um desumidificador, pilhas, carregadores, microfones remotos ou outras tecnologias assistivas. É muita coisa pra lembrar de guardar, desumidificar, cuidar, manter…

Capacitismo

Se você ainda não sabe o que é capacitismo, é todo tipo de preconceito e discriminação direcionados a pessoas com deficiência. Quando temos surdez, ouvimos constantemente coisas como: “Nem parece surdo!”, “Ué, esse aparelho não está funcionando?”, “Só ouve o que quer”, “Que voz estranha”, “Se faz de surdo pra passar bem”, “Tem surdez seletiva”, “Como assim é surdo e fala?”, “Como assim surdo que ouve? Surdo não ouve” e por aí vai.

Em muitos casos, é desconhecimento. Em tantos outros, é a mais pura maldade. De qualquer forma, é um desafio e tanto ter que lidar com o fato de que as pessoas nos reduzem à nossa deficiência auditiva.

Vale dar uma olhada no post Livros sobre Capacitismo e estudar um pouco este tema.

GRUPO SURDOS QUE OUVEM

Somos quase 20.000 com algum grau deficiência auditiva que são usuárias de tecnologias auditivas. Nos ajudamos mutuamente todos os dias neste grupo fechado. Torne-se membro clicando aqui e compartilhe os seus desafios conosco.

About Author

Moro no Rio de Janeiro e tenho 39 anos. Tenho Implante Coclear nos dois ouvidos. Sou autora dos Crônicas da Surdez e Novas Crônicas da Surdez.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Iniciar conversa
    Marque a sua consulta na Clínica Sonora