Menu
Deficiência Auditiva / Surdos Que Ouvem

Como ajudar seu filho a responder perguntas sobre a sua deficiência auditiva

filho deficiência auditiva

A deficiência auditiva não é algo que deva ser escondido. Os pais de crianças surdas precisam ensiná-las, desde cedo, sobre as perguntas que as pessoas farão a respeito da sua surdez. É questão de franqueza, de honestidade e de dar as ferramentas que suas crianças precisam.

A partir do momento que uma criança entra na escola ela invariavelmente irá se deparar com perguntas, tanto de outras crianças quanto de adultos. É assim mesmo, e não há nada de errado com isso. Afinal, as pessoas fazem perguntas umas às outras o tempo todo. Especialmente as crianças, que são curiosas por natureza!

A idade da criança

Dependendo da idade do seu filho, ele já é capaz de compreender algumas informações sobre a surdez.

O meu filho já sabia que a mamãe não conseguia ouvir sem o implante coclear aos 2 anos. Aqui em casa, esse compartilhamento de informações começou bem cedo.

Assim que Lucas começou a falar eu comecei a explicar para ela todos os detalhes possíveis sobre a minha deficiência auditiva, numa linguagem bem simples que tornava possível o seu entendimento.

A única coisa que você NÃO deve fazer é deixar de tocar nesse assunto com o seu filho. A surdez é uma característica dele, e ele não pode ser privado do acesso a essas informações. Quanto antes, melhor e mais fácil o aprendizado.

Seu filho precisa entender

Lembre-se: as crianças aprendem através do exemplo. Se o seu filho aprender em casa que a surdez é um tabu, motivo de vergonha ou deve ser escondida, é isso que ele vai levar para o resto da vida. E essa é a última coisa que ele precisa.

Perguntas que o seu filho precisa ser capaz de responder sobre a surdez

  • O que é isso no seu ouvido?
  • Por que você não escuta (bem)?
  • Qual é o grau da sua surdez?
  • Qual é o tipo da sua surdez?
  • Você vai precisar usar esse aparelho para sempre?
  • O que você escuta com o aparelho?
  • O que acontece se você tira o aparelho?
  • Por que a sua voz é diferente?
  • Se você está de aparelho, por que não me ouviu?
  • Por que o seu aparelho não pode entrar na água?
  • Por que você precisa de acessibilidade se usa aparelho?
  • Por que você pede para a gente repetir o que falou?
  • Por que você usa (ou não usa) língua de sinais?

Outras coisas que você deve ensinar ao seu filho

Sabemos como as tecnologias auditivas são caras e necessitam de cuidado frequente.

Por isso, você deve ensinar a sua criança desde muito cedo a cuidar dos seus aparelhos auditivos ou implantes cocleares. Ele precisa saber que não pode tirá-los e colocá-los em qualquer lugar, que não devem ser usados para brincar, que não devem ser deixados perto do cachorro, que não podem ser colocados na água, e por aí vai.

Seu filho precisa ser responsável pelas suas próteses o mais cedo possível. Ensine-o a colocá-las no desumidificador. A avisar quando a bateria der o aviso de que está chegando ao fim.

Ele também precisa ser capaz de explicar aos professores e cuidadores a respeito dos cuidados necessários com as próteses auditivas. E deve ser ensinado sobre como não colocá-las em risco desnecessariamente.

A criança precisa ser ensinada que todas as pessoas – inclusive as que não têm perda auditiva – sentem dificuldade para entender o que é dito em ambientes barulhentos. Caso contrário, vai pensar que isso é exclusividade de pessoas surdas, o que está longe de ser verdade.

Converse e explique que não há nada de errado em pedir para repetir o que ele não entendeu. Explique também que ele não precisa ter vergonha alguma de tentar se comunicar, da forma que for.

Como ensinar sobre capacitismo?

Para ensinar sobre capacitismo ao seu filho surdo, você deve estudar o assunto e estar em contato com pais que estão há mais tempo do que você nessa jornada. Acompanhar adultos que foram crianças com deficiência auditiva também pode fazer toda a diferença na sua jornada.

Seu filho não é “anjo”, “herói”, “exemplo de superação”, “ser iluminado enviado pelos céus” ou “criança especial”. Ele é apenas uma criança que, por acaso, não escuta ou escuta mal.

Muito cuidado com expressões e piadas capacitistas. Ouça o que pessoas com deficiência têm a dizer sobre o assunto. Acompanhe pessoas que são referência no tema. “Nada sobre nós sem nós” é o lema do movimento global das pessoas com deficiência.

E a escola da criança surda?

É muito bom quando a família se envolve com a comunidade escolar. Que tal marcar o Dia Mundial da Audição com uma palestra sobre saúde auditiva, dada por você para outros pais ou pelo seu filho para os coleguinhas? A autoadvocacia salva vidas!

Os professores e diretores devem ser conscientizados sobre acessibilidade – não apenas para alunos surdos – e devem aprender sobre capacitismo.

Ensine sua criança a lembrar os demais quando eles esquecem que há uma pessoa surda na sala. Ensine que ele tem direito a acessibilidade na sala de aula. Ensine a se posicionar quando for vítima de algum tipo de capacitismo ou bullying.

Não faça da surdez da criança um tabu

A conversa franca e o acesso à informação sem frescura desde sempre fazem a diferença no futuro do seu filho. Ensine-o sobre quem ele é, do que ele precisa para ouvir melhor e como a surdez funciona. O resto, ele será capaz de enfrentar sozinho!

Grupo SURDOS QUE OUVEM

Você se sente sozinho? Solitário? Não tem com quem conversar sobre a sua surdez? Gostaria de tirar mil dúvidas sobre os seus aparelhos auditivos? Gostaria de conversar com pessoas que já usam implante coclear há bastante tempo? Precisa de indicação de otorrino especializado em surdez e fonoaudiólogo de confiança?

Somos 22.000 pessoas com algum grau de deficiência auditiva no Grupo SURDOS QUE OUVEM. Para ganhar acesso a ele, basta se tornar Apoiador Mensal do Crônicas da Surdez a partir de R$5.




NOSSAS REDES SOCIAIS

LIVROS CRÔNICAS DA SURDEZ

Neste link você encontra os seguintes livros:

  1. Crônicas da Surdez: Aparelhos Auditivos
  2. Crônicas da Surdez: Implante Coclear
  3. Saia do Armário da Surdez

RECEBA NOSSAS NOVIDADES NO SEU EMAIL

Clique aqui para receber.

LEIA MAIS SOBRE DEFICIÊNCIA AUDITIVA

LEIA MAIS SOBRE APARELHO AUDITIVO

 

About Author

Paula Pfeifer é uma surda que ouve com dois implantes cocleares. Ela é autora dos livros Crônicas da Surdez, Novas Crônicas da Surdez e Saia do Armário da Surdez e lidera a maior comunidade digital do Brasil de pessoas com perda auditiva que são usuárias de próteses auditivas.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
    Iniciar conversa
    Clube dos Surdos Que Ouvem
    Grupo SURDOS QUE OUVEM